Posts Populares

Altered Carbon – S01E04 – Force of Evil

É agora que Altered Carbon começou a ficar realmente bom.

Devo admitir que eu dormi nos dois primeiros episódios e que, por isso, não tava dando muita bola pra série. O enredo parecia ser previsível demais, e não dava mostras de que ia abordar tudo aquilo que tavam prometendo nos trailers e promos. E a duração do episódio… Alguém tem que chegar pro pessoal da Netflix e falar que tá complicado essas séries com quase uma hora de duração. Sabe quando tu tá vendo o episódio e percebe que o episódio podia (e deveria) acabar naquela hora mas por algum motivo totalmente desconhecido ele segue? Pois então, Altered Carbon é sofre desse mal.

O Kovacz é capturado e meio que acorda em uma clínica especializada em torturar a mente das pessoas. E lá querem descobrir quem ele é, já que todo mundo acredita que ele seja outra pessoa. A ideia dessa clínica é um lance meio Inception, porque a mente do torturador é inserida na mente do torturado e a partir daí ele pode fazer basicamente o que quiser com a projeção do corpo da vítima. A ideia é bem interessante, já que dá pra fazer basicamente qualquer coisa com aquela parte da mente, já que a dor é totalmente real, e se a pessoa morrer, é só começar tudo de novo.

Mas a mente é esperta e pode aprontar várias peças com a gente, pro bem e pro mal. Enquanto a tortura acontece, mais ou menos depois de ter as unhas arrancadas, o Takeshi começa a lembrar do treinamento dele pra Envoy com a Quellcrist, exatamente pra aguentar esse tipo de tortura. E é um lance bem digno do filme do Nolan, já que a moral é treinar a mente pra possibilidade de algo assim acontecer, porque num futuro como esse, algo assim pode acontecer. E a gente precisa falar sobre como Altered Carbon vem falhando nessa coisa de utilizar plenamente todo o universo que a série tá criando. Eu entendo que eles não querem tratar o público como burro e ficar mastigando e explicando tudo que aparece, mas isso é diferente de não abordar tudo aquilo que poderiam abordar. Mas né, pode ser só minha opinião.

No outro nicho do episódio, tem o que realmente importa. A reunião de família da Ortega. E a eterna discussão de ressuscitar ou não alguém ganha ainda mais peso quando a policial leva a avó pro jantar em uma outra capa, de um criminoso que tava dando sopa lá na delegacia. Imagina, uma avó em um corpo de um cara alto, forte, cheio de tatuagens e piercings. Podia ser mais divertido? Certamente não poderia.

E o Kovacz sobre basicamente todos os tipos de tortura possíveis, desde a ser incinerado vivo, a ter partes do corpo queimadas com um maçarico (mas a gente aprendeu vendo o filme do Justiceiro, aquele com o John Travolta de vilão, que depois de uma certa temperatura a gente nem sente mais dor). E enquanto isso, na mente dele, a gente descobre que de fato tem uma relação entre ele e a treinadora, indo mais do que a coisa de mentor – aluno. Rola um sentimento ali.

E colocando o treinamento em prática, o Kovacz consegue fugir da tortura e consegue convencer os funcionários do lugar a liberar ele das amarras e daí começa a matança. Ele mata todo mundo no prédio, TODO MUNDO, e tenho a impressão de que ele atirou no disco da consciência de algumas pessoas de propósito. Mas quem consegue culpar ele?

Aí, no fim do episódio, a gente finalmente descobre a relação entre a Ortega e a capa que o Kovacz tá usando, já que ficou bem claro desde o primeiro momento que havia algo. Ele era o antigo parceiro dela, e assim como aconteceu com a Quellcrist, o sentimento também existe. Mas, de qualquer forma, esse foi o melhor episódio da série até agora, inclusive contando com a segunda melhor nota da série no IMDb.

E O EQUIPAMENTO QUE POSSIBILITOU A TROCA DE CAPAS E A VIDA ETERNA VEIO DE OUTRO PLANETA. OLHA OS ALIENS.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Rafael Augusto

Um hiperativo que não sabe viver sem ler, escrever, ouvir música, ver séries e filmes, geralmente tudo ao mesmo tempo. Fã de ficção científica, suspense, Stephen King e histórias em quadrinhos.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu