Panela de Séries » Arquivos American Crime Story: The Assassination of Gianni Versace - S02E05 - Don't Ask, Don't Tell - Panela de Séries

Posts Populares

American Crime Story: The Assassination of Gianni Versace – S02E05 – Don’t Ask, Don’t Tell

Pra onde vamos?

Mais um episódio e mais da sensação de tempo perdido em tela. ACS estaria seguindo mesmo caminho de sua irmã American Horror Story? Espero que não!

Em mais um episódio com muito foco nas peripécias de Andrew Cunanan antes de matar Versace, ainda tivemos uma crítica de Ryan Murphy em relação ao tratamento que os homossexuais tinham nos anos 90. Algumas pessoas no post da review anterior falaram que esse foco em Andrew é justificável, principalmente pra mostrar outras vítimas do psicopata e tal… E olha, eu não discordo não. É muito importante mostrar que o assassinato de Gianni Versace não foi um caso isolado. Mostrar que cada assassinato cometido por Andrew tinha uma justificativa diferente, um motivo diferente. Mas daí ficar um episódio inteiro pra mostrar coisas que praticamente já vimos e que não acrescentam em nada no enredo principal é problemático.

Baseada na premissa do “Don’t Ask, Don’t Tell”, uma portaria do governo de Bill Clinton que proibia comportamentos homossexuais nas forças armadas americanas, o episódio mostrou muito do porquê Cunanan assassinou Jeff e David, e de onde eles se conheceram. O que tivemos foi muito tempo focado em Jeff Trail, mostrando tudo o que ele passou enquanto ainda estava na marinha, como ele conheceu Andrew e como ele acabou morto no apartamento de David. O que isso traz pra história do assassinato de Gianni, não sabemos.

A parte mais legal do episódio foi o contraponto entre a entrevista de Gianni Versace assumindo sua homossexualidade em uma capa de revista, enquanto a entrevista de Jeff Trail assumindo sua orientação sexual foi feita como se ele fosse um bandido, com o rosto no escuro e a voz distorcida. Duas faces da mesma moeda, a diferença é que Jeff era um zé ninguém e Gianni estava no auge de sua carreira na moda. E isso mostra como temos setores muito machistas, que existem ainda nos dias de hoje.

 

Aliás, nesse episódio vimos mais da relação de Gianni, Donatella e Antonio. Muitas vezes Gianni e Donatella batiam de frente, buscando coisas diferentes pra empresa. Mas a briga mais forte ali acontecia entre Donatella e Antonio, mostrando que a irmã Versace não aceitava aquele ser como membro de sua família, mesmo que há tanto tempo junto do irmão. Podia mostrar mais dessas interações e menos das histórias das vítimas de Cunanan.

Pra encerrar, na minha opinião (apesar de existir contrárias), a cronologia da temporada ainda está problemática. Pra quê passar num episódio a morte de Jeff e David, e no outro passar os momentos antes de isso acontecer? Por quê não seguir uma ordem cronológica que seja lógica e faça sentido?

Cabe lembrar que à essa altura na primeira temporada a gente já tinha visto ao menos 1 episódio épico do julgamento de O.J. Simpson…

gostou da matéria? deixe um comentário!

Gerson Elesbão

Um @gerson incomoda muita gente, um @gersonrealoficial incomoda incomoda incomoda muito mais! É DC, é Marvel, é Netflix, é reality. Se a série for boa, chama no probleminha, bebê!

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu