Posts Populares

Arrow – S05E19 – Dangerous Liaisons

Team Oliver X Team Felicity

Arrow está poderosíssima, ela está cada vez mais maravilhosa. Essa temporada de Arrow está muito incrível e caminha pra ser uma das melhores da série como um todo, eu realmente estou amando FORTE e vejo pelos comentários por aí que não sou só eu, os outros fãs estão na mesma vibe que eu e isso se deve não somente ao vilão, mas a forma como os escritores/produtores estão conduzindo essa temporada porque afinal Prometheus nem deu as caras nesse episódio e o episódio manteve seu nível altíssimo.
Nesse episódio, vimos praticamente um embate entre o Team Oliver e o Team Felicity. Eu digo que foi entre um Team versus o outro porque tanto Oliver quanto Felicity tinham seus companheiros ao seu lado, Felicity tinha o apoio da Helix e Oliver tinha o Team Arrow todo ao seu lado mais a ARGUS e foi difícil escolher um lado viu? Porque cada um tinha seus problemas e também qualidades, eu acabei cedendo pro lado do Oliver porque é bem difícil eu ficar contra ele, mas mesmo assim eu entendi o lado da Felicity apesar de ter um odiozinho básico pela Felicity. Se eu já não confiava na Helix antes, agora confio menos ainda porque ou esse Cayden James vai ser resultado de problemas para os nosso heróis ou com ou sem ele, a Helix ta aprontando com o Chase, algo está cheirando cada vez mais mal. Sei não…
Olha gente, mas uma chama Olicity se reacendeu forte nesse episódio pra mim, desde quando o John diz pro Oliver que ele será o único que a Felicity vai escutar e joga aquela bomba de “Não fui eu que quase casei com ela” e deixa o Oliver sem ação e deu pra ver nos olhos dele o quanto esse assunto ainda é delicado pra ele e o quanto ele tenta evitar não lidar com isso. Nessa hora que o capitão do ship diz isso, vulgo John Diggle, eu já tive pequenos infartos, aí veio uma cena que eu achei maravilhosa que foi o Oliver tentando convencer a Felicity a não seguir em frente com o plano da Helix de libertar o tal do Cayden James e ela dando um discurso claramente disfarçadamente apaixonado onde praticamente disse que está disposta se sacrificar por ele e carregar o fardo junto com ele das m*rdas da vida. AI SOS ESSE CASAL ME DESTRÓI! E como nesse episódio teve bem muito Olicity interagindo pra acabar com as minhas estruturas, teve aquele final dela claramente chateada com ele e ele dizendo que sentia muito de verdade pela Helix ter abandonado ela porque claramente foi o único lugar que ela se sentiu parte da equipe, rolou aquele silêncio… e aí foi quando descobrimos que Chase tava lá no esconderijo sabe Deus onde e a explosão acontece e fim! SOS, que final da porra!!!!! Eu precisava falar logo dele porque foi muito COMO ESPERAR ATÉ SEMANA QUE VEM? E foi Olicity… momentos tensíssimos!
Mas tenho que confessar que apesar de ter minhas críticas e às vezes revirar meus olhos pra Felicity nesse episódio, principalmente porque não confio na Helix, eu adorei vê-la badass enfrentando tudo e todos inclusive Oliver. HAZO VIADO! Inclusive, muito eu que quer proteger Oliver a qualquer custo <3

Todos os núcleos funcionaram perfeitamente bem nesse episódio e cativaram a gente da sua maneira e não foi diferente com Lance e Rene. Gente, esse episódio e o que o Lance fez pelo rene me fez perceber a real função dele na série, é a figura paterna que ele exerce pra todos. Vocês já notaram o quanto ele sempre foi importante pro Oliver, pra Thea, claro que pra Sara e Laurel também e agora pro Rene? Muito maravilhoso, sigo amando muito. O encontro do Rene com a Zoe foi muito fofo e decisivo pra finalmente ele tomar coragem, aceitar o advogado amigo de Curtis e abrir o processo para ficar com a guarda da filha. A cena dele agradecendo pro Lance depois foi super fofa e também de partir o coração né? Quando ele falou que todo pai merece ter a filha por perto e focou na foto da Laurel </3
Mas principalmente naquela cena ficou bem claro que já que ele não tem mais uma filha em sua vida e a outra quase nunca está por perto, ele vai sendo o paizão da galera nas horas vagas. Um lindo não é mesmo?
E por falar em paizão, vamos falar do momento triste do episódio que é a crise que Diggle e Lyla estão vivendo por conta das atitudes erradas que Lyla tomou em relação a Cayden James e a forma como vem lidando com a ARGUS. É muito doido, mas eu entendo o lado do Diggle tanto quanto entendo o da Lyla, inclusive acho que é um ótimo retrato do que estamos vivendo na atualidade que o certo se confunde com o errado pra muitas pessoas porque aparentemente, os fins acabam tendo que justificar os meios e em vez de buscarmos outra forma mais trabalhosa, deixamos daquele jeito mais fácil. Eu identifiquei demais isso na conversa entre Lyla e Diggle e me deu uma dorzinha bem forte no coração por achar que esse é o começo do fim do casal 🙁
E como esse episódio foi bem dominado pelas mulheres, Dinah não fez por menos e mais uma vez mostrou que é um mulherão da p*rra, sem medo do que ta enfrentando e acabando com a raça dos machos por aí, adorei. Eu gosto do Curtis, acho ele bem divertido, mas nesse episódio é como se ele estivesse forçando uma barra pra ser engraçado, passou um bocadinho do limite, migo, menos é mais rs.

Então foi isso, meus amigos. Eu mal posso esperar pelo próximo episódio que promete mais Olicity mas em momentos bem angustiantes e muita ação e drama. SOCORRO! Inclusive, aguardo ansiosa o sexo naquele esconderijo que eu sei que vai rolar, não sei quando, mas vai, eitaaa! Deixem seus comentários aí embaixo que quero compartilhar essa angústia com vocês 😛

Está no ar o 2º recrutamento de reviewers do Panela de Séries! Venha se juntar a nós paneleiros! Saiba mais clicando AQUI.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Caroline Azevedo

Seriadora de carteirinha. Shipper de plantão. Friendsmaníaca. Viciada em música. Feminista. Meu sonho é ser uma Sense8 e me dividir em várias partes para conhecer esse mundão afora, tudo ao mesmo tempo, agora.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu