Posts Populares

Atypical – S02E09 – Ritual-licious

Ah, os meus dezesseis anos..

Palmas para Casey, a aniversariante do dia, que não tem muito o que comemorar, convenhamos:

  1. Ela teve problemas com Izzy, por culpa do embuste do Nate, e agora elas não se falam mais;
  2. Como consequência desse desentendimento, o time todo não fala com ela;
  3. E ainda praticam bullying;
  4. As coisas não parecem muito bem entre ela e Evan;
  5. Há a crise dos pais e a constante lembrança de ter visto a mãe beijando outro cara;

Eu poderia listar mais, mas acho suficiente. Só que eu achei fofo nesse episódio, foi o fato do Sam ir até o quarto dela no exato momento em que ela faria aniversário (o horário que ela nasceu), para lhe dar parabéns. Sendo ou não algo que faça parte de um ritual importante pra ele, achei uma linda forma de demonstrar amor pela irmã.
ps. Mais fofo ainda desejar “feliz aniversário” dezesseis vezes.

Para completar, Casey queria uma comemoração simples, só o Evan, Sharice e a família, vendo um filme. Mas Elsa decide fazer uma festa enorme, cheia de gente, para tentar recompensar alguma coisa. Claro que não é a melhor ideia, mas Casey parecia se divertir. Bem… até Izzy e as meninas da Clayton Prep chegarem.


Izzy parecia disposta a continuar com o bullying, mas vendo que Casey não estava nada contente, vai até o quarto para conversarem. E num diálogo bem franco, ela confessa que se afastou por ciúme. Não de Nate, mas de Casey mesmo. Ela não queria perder a pessoa que ela mais gostava no momento. Elas fazem as pazes, mas as coisas ficam um tanto… confusas. Porque enquanto elas estão se entendendo, um clima rola no ar e elas quase se beijam. Estávamos preocupadas com o Nate acabar com o nosso casal Casevan, que nem pensamos na Izzy.
O que eu acho irônico é a Casey recriminar tanto a mãe, jogar tanto na cara que ela traiu o marido e tudo mais, e fazer a mesma coisa. São atitudes assim que me fizeram ficar tão decepcionada com a Casey nessa temporada. Evan é um cara tão legal, bacana, que a entende, a respeita, se preocupa com o bem-estar e até tenta ajudar na relação confusa que ela tem com a mãe. Enfim, Casey não merece o Evan. EVAN DESERVED BETTER!

Voltando ao ritual do aniversário de Casey, Sam passou o dia todo preocupado em fazer cada item de sua lista, preocupado com o que aconteceria com Edson, seu jabuti. Porque da vez que eles não fizeram tudo, o jabuti antigo morreu. Só que, além da saúde do bem-estar do Edson, o problema de Sam em fazer todas as coisas, é a sua dificuldade de não seguir regras e rotinas. Ele tem em sua mente que precisa fazer todas aquelas coisas naquele dia, então ele precisa fazer. O ritual que era para Sam entender que aquele dia seria para Casey, tornou aquele dia para ele também, pois a partir do momento em que as coisas deixaram de ser feitas para agradar a irmã e se tornaram algo para agradá-lo, perdeu o sentido.
Percebendo isso, Elsa tem uma conversa com o filmo e fala sobre isso, sobre como ele precisa começar a se acostumar com mudanças, já que ele está prestes a encarar a maior de sua vida (mesmo que ela ainda não saiba).

Sam foi aceito na universidade que se inscreveu, mas não contou pra ninguém. A carta chegou na tarde do dia do aniversário de Casey, mas ele resolveu não falar, porque era o dia da irmã.

O que eu acho incrível nessa série como conseguem mostrar todos os lados dos personagens, os bons e os ruins, os que agradam e não agradam. Sam tende a ter toda a atenção da família para ele e percebe isso. Só o fato dele ter pensado em respeitar o aniversário de Casey, mostra como ele cresceu e desenvolveu sua empatia. Como ele mesmo disse em um dos primeiros episódios, quando usou seu dinheiro para comprar uma lapiseira (acho) para ela: ele ainda é o irmão mais velho, ele pode cuidar dela. E esse tipo de pensamento, de carinho, já é um cuidado.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Thais Pereira

Feminista, leonina com ascendente em gêmeos e lua em virgem, viciada em memes, em Friends e problematizar na internet. Formada em História da Arte, mas consciente que nunca vai trabalhar com isso na vida. Normalmente eu escrevo e falo mais do que deveria. Eu mesma, Thais Mello.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu