Posts Populares

Bates Motel – S03E10 – Unconscious (Season Finale)

Bates Motel nós apresentou um grandioso e de certa forma previsível season finale. “Unconscious” trouxe finalmente o que esperávamos de Bates Motel e deixou aquela sensação de ‘quero mais’. Todos sabemos que Bates Motel é um seriado com o fim definido, sabemos o que irá ocorrer nas linhas gerais com o personagem de Norman, mas um seriado não vive apenas de um plot, e por isso trazer tramas como o esperado Dyleema, os casos de assasinato em White Pine Bay, o Xerife Romero e Bob Paris enriquecem o enredo.

Neste season finale tivemos basicamente três plots sendo fechados, vou tratar um por um, e deixarei o melhor e mais esperado para o final.

A primeira trama que teve fim foi a de Bob Paris. Bob Paris. Ele chegou para ser o chefão da terceira temporada (em outras tivemos outros personagens com papéis semelhantes) e o mais interessante no personagem de Bob é a forma como ele manipulava tudo e todos a seu favor, e não media meios para esse fim. Ele acreditava estar seguro, com Norma comendo em sua mão e em consequência disso o Xerife Romero. Porém, Romero tem se tornando um dos melhores personagens de Bates Motel, essa sua paixão e admiração por Norma fazem ele sair de sua zona de conforto, se tornar enigmático e perigoso. Quando Romero percebe que sua amada está em pedaços e vulnerável, ele muda seus planos e decide dar um fim em toda a história envolvendo o maldito pen drive e Bob Paris.

Ele denunciou tudo para a Narcóticos, porém impediu que Bob Paris fosse preso, fornecendo a Bob uma outra saída, o que Bob não esperava era que esta saída foi para o Inferno. Adorei a cena de Bob Paris esfregando algumas verdades em Romero, mas curti ainda mais a sequencia de tiros, inclusive o tiro na garganta e foi assim que a primeira morte do Season Finale ocorreu.

293474

O segundo plot resolvido do episódio foi o mais pedido de toda esta temporada o Dylema, inserir um casal romântico nesta série de Serial Killer pode não ser uma boa ideia, mas adorei as escolhas dos produtores para desenvolver Dylan e Emma, foi tão natural, tão sincero, uma relação que veio crescendo e teve um final feliz para a terceira temporada. Os dois personagens vem crescendo na trama e se tornando importante. Aliás Bates Motel costumava funcionar ao redor de Norma e Norman, mas Dylan, Emma e Romero já fazem parte deste grupo. #Dylemma

dylema

Mas vamos ao plot mais interessante e esperado por todos os fãs de Psicose, finalmente tivemos uma vítima CLARA do PSICHO! Bradley que estava morta para quase todos da cidade, menos para os filhos de Norma. Ela resolveu voltar, fez uma ceninha, achou ruim a mãe dela prosseguir a vida, fez uns furtos e resolveu chamar Norman Bates para fugir com ela.

O que ela não esperava, e que Norman estivesse no seu ápice de loucura. E tudo começou por conta de Norma finalmente decidir buscar ajuda, ela estava realmente desesperada, recorreu a clínicas, admitiu para Romero toda a história, ela tentou prender o filho usado uns fiapos de pano, mas nada o impediu. Norman decidiu fugir com Bradley e todos sabíamos no que ia dar, só não esperávamos que fosse daquela maneira.

Freedie Highmore está de parabéns. É incrível a forma como ele interpreta sua própria mãe com todos os trejeitos e as falas, é assustador o talento desse garoto. Ele para o carro e desce, e do nada virou Norma, arranca Bradley do carro e persegue a garota na floresta, depois começa a utilizar a cabeça dela como se fosse um martelo contra uma pedra, até o sangue espirar, enfim foi assustador de certa forma. E após alguns segundos volta a ser o doce Norman e culpa sua mãe por isso.

Psico

Esta terceira temporada passou voando, fechou a maioria de suas sub tramas e podemos esperar uma quarta temporada com mortes, sangue e muito sangue e um pouco de romance, torcendo por Romero e Norma e também por Dylan e Emma.

Enfim, se puderem comente abaixo sobre o episódio e o que vocês esperam para a próxima temporada.

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

  • Guilherme

    Apesar do autor nem comentar da questão que ficou em aberto com o futuro de Norma e Dylan em meio a situação que o Norman está, achei uma boa review. Mas poderiam dar uma revisada nos textos antes de publicá-los, várias possuem erros, e com essa não foi diferente.

    Emma está escrito corretamente sempre, exceto em Dylemma, xerife além de não estar escrito certo em português ou em inglês, não precisa ser escrito em maiúsculo, não faz parte do nome do Alex. Dylan não é filho do pai do Norman, então ele não é um Bates. E há a palavra mãe onde acredito que seria mão.

    • Oi Guilherme, realmente tem alguns erros em todos os textos, faço as reviews correndo no meio de um outro turbilhão de coisas que estou fazendo e acabo muitas vezes não revisando os textos. Arrumei todos os erros apontados por você e alguns outros de concordância que encontrei.

      Sobre o futuro de Norma e Dylan, não sei muito o que esperar. Acredito que Norma não deve ter um final feliz, já para Dylan espero que ele consiga sair de toda essa sujeira e consiga algo para si no final, mas não sei o que esperar de Bates Motel.

      Obrigado pelo comentário.

Lindomar Albuquerque

Canceriano com ascendente em Sagitário, ou seja UMA ÓTIMA PESSOA! Atualmente um louco que faz Doutorado e que já se formou em Química. Viciado em The Voice, séries e Indie Rock. Gosta de gastar o tempo que não tem para escrever sobre The Voice, The Flash, Bates Motel, Orphan Black, The Vampire Diaries e Westworld.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu