Posts Populares

Bates Motel – S05E02 – The Convergence of the Twain

“Oh, now you know, Chick. I’m still alive.”

Bates Motel segue fazendo sua melhor temporada até aqui, dois episódios grandiosos e de alta qualidade, ótimas atuações e roteiros impecáveis, esperando pelo próximo Emmy que tem que parar de ser louco e fazer justiça indicando Freddie Highmore como Melhor Ator, Vera Farmiga como Melhor Atriz e Bates Motel como Melhor Série de Drama! Deixando meu desabafo de lado vamos falar deste episódio maravilhoso chamado The Convergence of The Twain que trouxe mais desenvolvimento a relação entre Norman e a Norma que ele projeta em sua mente, como esse Norman pode viver em sociedade?

Ficou evidente no último episódio que Norman acredita que sua mãe está vivíssima, mas como um plano para conquistar a jovem Madeleine ele fala para a garota que Norma está morta… Nesse episódio ficou mais evidente que a extrema semelhança com Norma, é o principal motivo por essa atração que Norman sente pela garota. Dado isto, o episódio começa com o encontro entre Norman e Romero, o garoto vai até a prisão provocar o Xerife, e que ato de extrema coragem não é mesmo?

O deboche envolvido na cena e a tensão criada pelos dois personagens dão uma outra magnitude a intensidade da cena, Romero nutre ódio pelo garoto que acabou com o amor de sua vida e para Norman ele é apenas o cara que o manteve afastado de sua mãe que agora vive com ele em regime exclusivo de dedicação. A cena deixa claro que Romero vai se vingar, ou ao menos tentar e o encontro acabou ajudando o Xerife que agora está mais próximo de sair da prisão.

Seguindo a narrativa o episódio que foi cheio de situação perigosas para Norman, temos o segundo encontro que colocou ele de frente com o marido de Madeleine, que é ninguém menos que David Davidson… que na verdade se chama Sam Loomis, ele e sua esposa se mudaram recentemente para White Pine Bay e já podemos deixar claro que existem inimizades feitas…

A cena foi cheia de deboche e vimos um lado mais engraçadinho de Norman ao se dirigir a Sam, hahaha… O episódio deixou evidente também que em algum momento Sam deve ser vítima de Norman, aliás temos uma mudança de perspectiva nas temporadas anteriores ficávamos esperando por o momento onde Norman iria ser pego, agora olhamos para suas potenciais vítimas e ficamos nos perguntando quando elas vão partir para a próxima.

O encontro duplo até foi bacana, mas vimos um Norman a todo momento ameaçador para o lado de Sam, a outra moça que estava ali para preencher a cena teve quase zero destaque, mas tivemos alguns momentos incríveis como a conversa entre Norman e Norma no banheiro e depois aquela cena maravilhosa onde Norma questiona Norman: Norma, do you still like me? , fica claro a confusão criada por essa mãe extremamente ciumenta e ríspida que Norman criou em sua mente, a cena do bar quando ela/ele contam ao garçom que trabalham cuidando de uma pessoa com doença mental é simplesmente maravilhosa, fiquei esperando ela dar uma cantada no garçom, mas pena que não rolou.

Depois de falar desses dois outros encontros vamos ao mais importante, o encontro com Caleb. Caleb foi praticamente despejado por Emma da casa de seu filho, com muita razão, a cena entre Dylan e Emma ficou bem curta neste episódio e acho que veremos muito pouco deles durante toda temporada. Caleb chega a White Pine Bay e encontra uma casa bem bagunçada, vemos desde o pote para ração de Juno meio cheio, a pia com louças, coisas fora do lugar, com certeza indicativos que algo estava errado, Norma era extremamente organizada…

Ele não encontra nada e se dirige a cidade onde descobre sobre a morte de sua irmã, as cenas seguintes são as melhores de Caleb em toda série, o choro dele de certa forma me comove um pouco, mas bem pouco.. O que mais me assustou foi a lapide com o nome de Norman gravado ao lado de sua mãe! Assustador!

Caleb vai a um bar afogar as magoas e quem ele encontra lá? Seu maior inimigo em White Pine Bay, Chick! Os dois não se matam e acaba que Caleb no fundo sabe que Norma jamais se mataria e dado as observações que ele fez em sua última passagem na cidade, logo ele conclui que é tudo culpa de Norman.

Na cena final vemos um Caleb inconsequente chegando ao hotel, ele busca por Norman e grita por todos os lados e acaba se deparando com o corpo de sua irmã, uma cena chocante para qualquer pessoa não é mesmo? Mas a cena seguinte é ainda mais louca, vemos um Norman com peruca, incorporando a Norma e calando o irmão e virando para Chick e diz a seguinte frase…

“Oh, now you know, Chick. I’m still alive.”

Arrepiei demais meus amigos! O episódio foi maravilhoso e agora veremos Caleb sofrer um pouco na mão de Chick antes de ser morto por Norman/Norma, ao menos acredito muito nisso. A relação com Sam Loomis não acaba por aqui, desconfio muito que sua amante era a Rihanna/Marion Crane e veremos isso ser aprofundado mais nos próximos episódios! E vocês o que acharam deste segundo episódio? O que esperam daqui pro final?

Está no ar o 2º recrutamento de reviewers do Panela de Séries! Venha se juntar a nós paneleiros! Saiba mais clicando AQUI.

gostou da matéria? deixe um comentário!

  • Bruno D Rangel

    QUE EPISÓDIO! EU QUERO EMMYS! MUITOS EMMYS!
    Fora isso, o Chick é quase tão louco quanto o Norman.
    E uma coisa que me incomoda é o fato de a cidade toda saber que Norma morreu e o pai da Emma que ainda mora lá não saber, ou então apenas ignorar e não contar para a filha sobre a morte de sua sogra. Estranho.

    • Lindomar Albuquerque

      Mas o pai dela não tinha se mudado com eles na época que eles foram fazer a cirurgia em Seattle? Eu achei que tinha se mudado com eles também, depois vou voltar no final da s4 pra conferir, mas se ele ficou em White Pine Bay isso é um puto furo na história hahaha…

      Nos próximos dias saem as reviews dos dois próximos episódios, acabei ficando sem tempo nessas ultimas semanas e vai atrasar um pouco.

      • Bruno D Rangel

        Lindomar, dei uma pesquisada na wiki de Bates Motel e realmente aparece que ele vive atualmente em Seattle. Erro meu.

        Além disso, descobri que o personagem sofreu recast da primeira para a segunda temporada, mas são atores bem parecidos e lá na primeira temporada ele não era muito significativo.

Lindomar Albuquerque

Canceriano com ascendente em Sagitário, ou seja UMA ÓTIMA PESSOA! Atualmente um louco que faz Doutorado e que já se formou em Química. Viciado em The Voice, séries e Indie Rock. Gosta de gastar o tempo que não tem para escrever sobre The Voice, The Flash, Bates Motel, Orphan Black, The Vampire Diaries e Westworld.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu