Cause baby, now we’ve got bad blood, hey!

Em primeiro lugar peço desculpas pelo atraso nas reviews de BM, ocorreram imprevistos comigo nessas três semanas e está tudo bem corrido, mas prometo tentar liberar sempre o mais cedo possível as reviews dessa série maravilhosa que amo muito.

Relembrando os acontecimentos do segundo episódio tivemos finalmente a chegada de Caleb até o Bates Motel, lá ele se depara com o cadáver de sua irmã todo preservado em uma cadeira e acaba sendo derrubado pelo Norman/Norma. Apenas esse pequeno enredo deixou as expectativas de qualquer fã da série nas alturas, então todos foram esperando muito de Bad Blood.

O episódio começa de forma sinistra nós levando aos ‘finalmente’ dos últimos acontecimentos, Caleb foi preso por Norman no porão e por fim, Norma e Chick compartilham um segredo e ela o deixa passar a noite na casa, não sei se é apenas em mim, mas todos esses momentos onde Norman usa a peruca loira são simplesmente de arrepiar, a forma como Freddie tenta passar a firmeza que sua mãe tinha é incrível, apesar da Norma recriada na mente dele ser mais rigorosa e bruta do que a Norma doce e gentil que conhecemos. Ao amanhecer vemos um Norman aceitando que teve mais um ‘blackout’ e simplesmente deixando isso de lado sendo confortado por sua mãe, sua conversa com Chick sobre tudo deixa claro que o jovem está transtornando mais do que nunca e acredita demais nessa visão de vida real que ele tem.

O episódio em si vai passando de forma lenta e explorando muito bem todos seus personagens, com a saída de Norman e de Dylan/Emma do eixo central da série, temos outros ganhando mais importância como Chick e Caleb. Os momentos de Caleb do episódio foram o que posso dizer, os melhores momentos dele na série. Sabendo da história do personagem e do estupro que ele cometeu, eu ficava a todo pensando em como odiar ele, mas hoje senti pena dele em alguns momentos, ver o cara definhando meu deu uns segundos de pena tenho que assumir. Os momentos de alucinação completa, onde ele acha que encontrou Norma são profundos e o choque daquela cena toda colorida e quente para uma cena onde ele está entrelaçado com o corpo gelado de sua irmã é incrível.

Já Chick tem se mostrado o personagem mais intrigante durante toda história de Bates Motel, até o momento não descobrimos o que o personagem quer, as vezes penso ser apenas algo sobre a curiosidade ou como ele mesmo disse o fato de o mesmo ter sido apanhado no drama familiar, mas algo me diz que existe um algo a mais, talvez próprias experiências que o mesmo viveu. O jantar entre ele, o fantasma Norma e Norman foi bizarro. A forma como ele atua em todo episódio na tentativa de compreender ou parecer uma figura paterna para Norman foi estranha.

Indo aos finalmente do episódio, aquele momento que Norman desce a escada e de repente virá Norma foi meio assustador, o dialogo com Caleb foi fodástico, a forma como a cena foi levemente conduzida alternando de Freddie para Vera foi incrível, Bates Motel está se superando ainda mais nessa sua última temporada. As cenas finais levavam a crer na morte de Caleb, como momento que Norma fala para Caleb que terá que pedir a Norman que mate ele, já que a mesma não é capaz. A cena onde Norman se da conta que dessa vez ele terá que cometer o assassinato em sã consciência, ou seja, sem culpar o seu lado B foi incrível, ele parecia meio perdido, incapaz de aceitar o fato de que ele tiraria uma vida. E como pudemos prever, ele não foi capaz de segurar a marimba e mandou Caleb fugir.

E que fim trágico Caleb aparentemente teve hein? Atropelado acidentalmente por Chick após ser perseguido por uma Norma insana e um desesperado Norman! hahaha. O outro plot do episódio envolveu o Xerife Romero e seu fuga da polícia, após conseguir finalmente mostrar que o ambiente em que se encontrava era inseguro para ele, ele conseguiu uma transferência e após enrolar dois policiais bananas, ele fugiu, mas imprevistos ocorrem e ele acabou levando um tiro de um desconhecido em uma pequena fazenda, o que acontecera? Vamos aguardar.

Outra pequena história que avançou foi a aproximação de Norman com Madeline Loomis, está na cara que ela será o envolvimento romântico de Norman nessa temporada. Acredito que teremos nos próximos episódios avanços na história envolvendo Madeleine, Sam e Marion, já que aparentemente essa linha de Caleb chegou ao fim. Fiquem ligados no nosso site que logo mais sairam os reviews dos próximos episódios, vou correr aqui para assistir eles!

P.S. E o que dizer sobre Chick querer capturar toda história de Norman/Norma para um livro o que achei simplesmente genial e que explica um pouco toda essa fissura do mesmo em Norman e sua família. Será que esse livro seria o mesmo que baseou o filme a série? Vamos ver.

Está no ar o 2º recrutamento de reviewers do Panela de Séries! Venha se juntar a nós paneleiros! Saiba mais clicando AQUI.

Lindomar Albuquerque
Lindomar Albuquerque

Canceriano com ascendente em Sagitário, ou seja UMA ÓTIMA PESSOA! Atualmente um louco que faz Doutorado e que já se formou em Química. Viciado em The Voice, séries e Indie Rock. Gosta de gastar o tempo que não tem para escrever sobre The Voice, The Flash, Bates Motel, Orphan Black, The Vampire Diaries e Westworld.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: