Uma história tão legal, mas algumas( quase todas) atuações tão fracas

A cada episódio que se passa de Between eu fico mais curioso com a história e menos empolgado devido as atuações dessa série.

O terceiro episódio vinha com a expectativa de nos mostrar os acontecimentos após a cremação de todos os corpos de pessoas mortas pelo vírus, como eles sobreviveriam e se sentiriam algo, pois quase ninguém passa emoção alguma.  Também gostaríamos de saber da morte da Lana e da história do Art Carey.

O Episódio já começou mostrando a dificuldade de uma cidade que não tem adultos nela, pois criança estava cuidando de animais no zoológico, a criança na inocência ao perceber que um tigre estava sem se mexer abre a jaula para saber o que estava acontecendo, mas ele não estava morto.

300086

A Ministra Miller diz que a quarentena não pode acabar ainda, pois há algo no ar que pode ser a causa das mortes, e o Adam a ouve o anúncio com muita atenção ao lado da Wiley. Depois de ouvirem o anúncio a Wiley agrade o Adam por ter salvado ela, e ainda toma iniciativa e consegue o beijar, mas como sempre ele não demonstrou reação alguma, mesmo esperando isso da garota que gosta por dois anos.

O Chuck ao ver uma mensagem no celular da Lana descobre que ela iria se encontrar com o Ronnie na floresta, então o Chuck vai até o Gord para tentar convencer ele a ir a casa dele para tentar fazer algo e ele aceita a ir para evitar uma pancadaria. Ao chegar à casa dos Ronnie, o Chuck liga para a casa dele e pede para que ele saia e se entrega, mas ele não sai e quem sai é o seu irmão, o Pet que tenta saber do que se trata, mas durante a discussão a cidade toda fica sem luz e eles pensam que é uma cilada e começam a atirar e fogem de lá, sendo que um dos atingidos por tiros foi o Gord.


300154

O Gord vai até a farmácia tentar fazer algo com o tiro que levou, e chegando lá acaba caindo, mas a Mel chega logo em seguida para tentar ajudá-lo, mas mal sabe ele que a sua irmã Franny está em maus lençóis e o tigre que fugiu está cercando a sua casa. O Chuck tenta bolar mais um plano para tentar pegar o Ronnie, mas como eles são da minha geração em que comunicação por meios eletrônicos é tudo e lá nada está funcionando, ficando com um problema nas mãos.

Adam e Wiley enquanto observam as circunstâncias percebem que o melhor momento para fugir é esse que está sem energia (dois personagens tão bons e com atuações tão fracas). Depois de fugir de casa o Ronnie vai até a casa do Chuck, para encontrar com a Stancy (namorada do Chuck), pois ela é o seu álibi do dia da morte da Lana. O Gord (Um personagem que está me conquistando) depois da ajuda da Mel com seu ferimento descobre que a cidade está sendo patrulhada por jovens armados, que são os amigos do Chuck. Depois que descobre isso ele vai tirar satisfação com o Chuck, que responde para ele que não vai receber ordens nenhuma dele.

O Adam vai até a professora Symonds tentando a convencer de ir embora, mas ela diz que não parece o certo, mas ela também disse que estava tentando descobrir coisas sobre as mudanças fisiológicas de pessoas de idades acima de 21 para as abaixo.  Fiquei muito supreso com a inocência, ou não, do Ronnie com o plano da Stancy, não sei como ele topou encontrar com o Chuck sabendo que ele está o odiando e sabendo que ele estava ficando com a mulher dele, podia piorar a situação. Depois só confirmou o que eu suspeitava, ela o traiu e o Ronnie ficou mais sozinho ainda.

Já vi muitas cenas ridículas na minha vida de apaixonado por série, mas aquela cena onde a Franny joga feno no tigre para proteger as galinhas foi vergonhoso, sim eu sei que são crianças e tem inocência, mas aquilo não tem como, mesmo para criança. Um das partes que gosto da série é quando tem a Mel e Gord, pois estou shippando eles e acho extremamente fofo eles se preocupando com as crianças mais novas.

Wiley depois de ir ao orfanato tentar pegar o bebê e não sentir nada decide fugir com o Adam sem a criança. O Vicent ao olhar um local atrás do Ronnie encontra a Amanda que inventa uma desculpa qualquer, pois estava sendo coagida pelo Ronnie e logo depois disso ele decidem fugir da cidade, sim ele vai fugir com a sonsa da Amanda.

300156

Quando eu penso que o Adam e Wiley finalmente vão fugir, pois já estavam do lado de fora da cerca, eles deparam com um campo minado, mas seria muito bom livrar de ambos de uma vez só. A Wiley achando que era um blefe do governo queria atravessar o campo, mas para provar o Adam pega a bolsa dela com dinheiro e joga e uma bomba explode, mostrando que não era blefe.  O Chuck ao procurar a Amanda acaba deparando ela na mira de uma faca do Ronnie.

A Franny é muito sonsa, ela daquele tamanho pegou uma carabina e vai atrás do tigre, sim ela virou caçadora, mas tudo dar errado ao atirar e ela acaba caindo e o tigre indo a sua direção. Muito boa a sequência em que a Amanda revela que tacou fogo no supermercado, mas  mesmo assim não convencia o Chuck sobre a morte da Lana e depois de entregar a Amanda para o irmão, ambos começam a lutar, na verdade ambos não, só o Chuck que bateu muito no Ronnie, mas o Gord chegou para separar e revelar que o Ronnie ficou o tempo com a Stacy, mas antes de sair o Ronnie jurou vingança pela surra.

300161

A Wiley depois de tudo resolve ir pegar o seu bebê com a Mel que estava cuidando e ainda jogou tudo na cara dela, onde a atriz que interpreta a Mel agradou na interpretação e a nossa eterna Sam foi um fracasso. Amei a cara de fracasso da Stacy quando o Chuck terminou com ela, pois não confiava nela, sim ela já é uma das que odeio.

Nas cenas finais do episódio nos tiraram uma dúvida onde mostrava o tigre morto e a Franny viva.  Fiquei muito intrigado com o Mark chegando com um caminhão de cerveja, outra coisa que me intrigou foi a a amizade a Wiley com o Ronnie.

Essa série tem uma história muito bacana, mas o problema dela são as atuações, principalmente dos protagonistas que são bem fracos. Nesse episódio a melhor atuação foi do tigre.

O que acharam desse episódio? Essa série ainda tem salvação com essas atuações?

Phelipe
Phelipe

Bacharel em Direito, Cruzeirense, polêmico quando deve ser, além de muito confuso, autêntico e um pouco louco. Começou o seu amor por série com Prision Break e depois disso virou vício.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: