Panela de Séries » Arquivos Black Mirror - S01E03 - The Entire History Of You [SEASON FINALE] - Panela de Séries

Posts Populares

Black Mirror – S01E03 – The Entire History Of You [SEASON FINALE]

O que os olhos veem o coração também sente.

Vamos imaginar como seria nossa vida, se daqui a alguns anos todos nós tivéssemos implantados no cérebro um microchip que registrasse tudo o que vemos durante os dias, como se fosse câmeras de segurança, e quando você quisesse, poderia acessar e rever todas as imagens gravadas. Seria muito bom não é mesmo? Mas, e se você encontrasse detalhes nas gravações que poderiam representar algo ruim para você, como algum princípio de traição…? É disso que o terceiro episódio de Black Mirror trata, e mostra que nem tudo poderia ser bom como imaginamos que seria.

Liam é um jovem advogado que no inicio do episódio se encontra em uma entrevista de emprego. Entretanto, ele percebe que não foi muito bem durante essa entrevista, e conclui usando os recursos do aparelho implantado que permite ele voltar suas memórias, que mentiram para ele sobre uma possível contratação. Com isso, Liam acaba indo para uma festa na casa de uma conhecida chamada Lucy, sua mulher Ffion também estava lá, mas quando ele chega, sua recepção não foi nada calorosa. Ffion conversava com Jonas, um home esbelto e que logo chamou a atenção de Liam por estar conversando com sua esposa de forma tão ‘intima’ assim podemos dizer.

A partir desse momento, uma enorme desconfiança cresce no interior de Liam, pois ele acha que Fi e Jonas poderiam ter tido algum tipo de envolvimento. O clima começa a esquentar no jantar, quando todos se reúnem e mais uma convidada surge, Hallam, que curiosamente não possui o aparelho de memórias porque foi assaltada há 12 meses, o que acabou chocando a todos, principalmente uma das mulheres na mesa que era desenvolvedora do aparelho. Jonas inicia um papo bem estranho, e faz algumas piadas que somente Fi ri, o que deixa Liam cada vez mais incomodado com toda a situação.

Voltando para casa, Liam e Fi acabam dispensando Jonas de um drinque, e é a partir daí que as coisas começam a piorar, quando Liam incessantemente começa a investigar e falar sobre Jonas trazendo memórias antigas e contradizendo o que Fi disse. Em um momento de exaltação, Liam acaba a chamando de vadia, o que acaba com o resto da noite para eles, ou quase, já que em um momento de reconciliação, eles usam as memórias para transarem de forma bem estranha e perturbadora.

Liam, entretanto não consegue parar de pensar nas memórias da noite passada, e com isso ele vira a noite revendo as memórias do jantar e acaba até mesmo usando sua babá para pedir uma opinião sobre uma piada que Jonas contou e somente Fi riu. E a partir daí Liam fica extremamente obcecado com o que poderia ter acontecido. Ele descobre sutilmente na memória, uma imagem de Fi e Jonas se beijando em uma festa, e Fi revela que eles ficaram juntos por 6 meses. Agora que Liam sabe que suas suposições são reais, ele resolve acabar com tudo de uma vez e vai até a casa de Jonas, que lá inicia uma briga com ele e logo em seguida acorda em seu carro que está batido em uma árvore. Liam então usa as memórias para ver o que aconteceu lá, e vê que ele quase matou Jonas e o fez apagar todas as memórias que ele tinha com Fi.

Entretanto, revendo a imagem novamente, Liam percebe algum detalhe que o perturba… Ele chega até a sua casa e novamente interroga Fi, questionando se ela usou camisinha quando ela transou com Jonas e questionando se ele é realmente o pai de Jody. Ela afirma tudo, mas o detalhe que Liam viu na memória de Jonas faz com que a verdade finalmente aparecesse, já que Fi e Jonas na verdade estiveram juntos em vários momentos, inclusive 18 meses atrás, em que eles transaram na própria casa de Liam. Ele então faz com que ela mostrasse a memória em que eles transavam, e a cena em que Jonas coloca a camisinha, tudo isso com o fim de ter a certeza que Jody é filha de Liam. Fi hesita e tenta até mesmo apagar rapidamente as memórias desse momento, mas Liam a impede e a faz mostrar elas para ele até que a verdade é finalmente revelada.

Por fim, Liam apaga todas as suas memórias de Fi, e em uma atitude bem drástica, ele arranca sozinho seu aparelho implantado.

Esse episódio mostra um medo que pode ser real. Como eu disse no inicio da review, ter acesso a todas as suas memórias poderia ser uma coisa boa sim, imagine você reviver todos os seus melhores momentos? Mas, a questão principal é nós não podemos nos esconder dos maus momentos, vivemos para o bom e o ruim, então no caso de Liam, uma traição poderia não ser descoberta com esse recurso. Não louvo essa atitude, e é até bem estranho defender que seria melhor Liam viver como um ‘corno’ do que ter descoberto a verdade dessa forma, mas o final disso tudo foi drástico, o que nos enche de repúdio e medo. Podemos ainda dizer que esse episódio aflora de certa forma as relações abusivas, pois mesmo Fi estando errada, caso ela estivesse dizendo a verdade desde o inicio, Liam seria um claro exemplo de marido abusivo, então imaginem o que essa tecnologia poderia fazer em mãos erradas nos dias de hoje?

Podemos ainda colocar em evidência o ‘espetáculo’ que essa função poderia se tornar… Em um mundo utópico como o de Black Mirror, não seria novidade pessoas quererem lucrar com isso, então assim como no episódio passado, em que cria-se um reality para o entretenimento e sobrevivência das pessoas, elas poderiam explorar os recursos da memória para lucrar em cima de outras pessoas. Vai-se muito além ainda sobre o que essa tecnologia poderia causar as pessoas, como por exemplo algo que li em um dos fóruns, ela poderia propiciar o aumento de suicídios já que os usuários ficariam se martirizando constantemente vendo suas memórias passadas que causam dor. Um assunto complexo e que pode ser ainda mais explorado, mas por hora ficamos por aqui.

Enfim amigos, terminamos assim mais um episódio. Fiquem ligados que logo sairão mais reviews. Nos vemos na próxima, até mais 🙂

gostou da matéria? deixe um comentário!

Ricardo Souza

Tem gente que diz que sou um amorzinho, eu digo que sou um trouxa. Viciado em maratonar séries e ficar na bad depois de assistir tudo em um dia. Amo muito música indie, quando quiser me chamar pra ouvir Florence já sabe onde procurar. Mineiro do interior que não puxa o 'r' quando fala, mas adora um pão de queijo.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu