Posts Populares

Dancing Brasil – S02E05 – Musicais da Broadway

Que venham os musicais!

Boa noite meus queridos amantes de dança, no episódio desta segunda do #DancingBrasil temos como tema do programa #Musicais #ClássicosDaBroadway. A moleza acabou, hoje terá eliminação de novo e os candidatos estão sempre atentos e conscientes que se pecarem no ritmo, na coreografia ou na sincronia e finalizações poderão ser eliminados mesmo indo bem na semana anterior.

O que eu gosto também no Dancing Brasil, em relação ao Dança dos Famosos, como já comentamos nas reviews anteriores comparando os dois realities, é que aqui no Dancing Brasil todos candidatos, homens e mulheres, dançam todos episódios. Assim, nossos queridinhos sempre estarão na telinha toda semana, ao contrário do DF, que as mulheres (cujo adoro), só se apresentam a cada 15 dias agora nesta primeira etapa.

ABERTURA: Gosto da versão brasileira pois a apresentadora entra no clima do tema da semana e faz uma performance, mesmo que não dançando nada, toda durinha, mas isso não é feito nas versões lá fora. A Xuxa arrasou no look Moulin Rouge, bem lindo, mas a coreografia foi… não teve, uns movimentos de braços uns poucos de pernas, mas sem a amplitude necessária. Mas é lindo a abertura assim, pode continuar, mesmo sem dançar.

Bem, vamos aos comentários, conto com os comentários da ilustre jurada técnica Clarice me acompanhando desde o Dança dos Famosos e do também jurado Técnico, recente aqui nas reviews do DB, o Carlos. Vamos lá, e hoje temos a banda do Dancing Brasil ao vivo.

*

*

*

THÉO BECKER: Théo não se recuperou da sua lesão e assim deixa o cast da 2ª temporada do DB.

*
*
*

CARLOS BONOW & DANI
RITMO: FOXTROTE (Musical: O Fantasma da Ópera)

JEAN: Carlos estava totalmente entregue à musica, cujo musical é o que ele mais gosta, dado que ele cantou a musica inteira durante a dança, o que trouxe intensidade, adorei o barco fantasma na introdução (curta, ótimo). Sobre o foxtrote, esteve em dia, sem nenhuma complexidade, coreografia simples, poucos giros. A música não foi aproveitada, os falsetes poderiam ter sido o auge da dança e não foi. Adorei quando ela rodou no braço do Carlos, gosto de movimentos assim, inesperados e de efeito.

CLARICE: Antes de tudo, AMEEEEI A MÚSICA SENDO CANTADA AO VIVO! Dá uma outra graça ao musical e um TCHAM a mais, ainda mais nessa música que amo tanto! Se tem algo que o DB arrasa são nos cenários, a parte do barquinho entrando no palco foi incrível, combinou demais com o tema e deu um charme a mais. Tempos atrás vi Alinne ser criticada por cantar a música, será que o mesmo não vale pra Bonow hoje? No entanto, ele estava tão dentro do personagem que fiquei na dúvida se gostei ou não de vê-lo cantar. Dani é maravilhosa quando mescla a dança com esse lado mais teatral, ela arrasava com Leo e está trabalhando isso com Bonow, mas não achei a coreografia de hoje tão boa. Nos clímax da música, eles poderiam ter feito coisas mais impactantes, trabalhado mais o palco com giros clássicos do foxtrote, entre outras coisas.

CARLOS: Bonow evoluiu muito. Postura melhor, pisadas mais leves, gostei bastante. De Lova fez uma boa coreô. Simples, mas eficiente. Gosto muito dos dois. Ótima química. E a encenação foi bacana. Não foi over.

(8-8-8)

*
*
*

ALINNE ROSA & YGOR
RITMO: JIVE (Musical: Dreamgirls)

JEAN: Eita que a Alinne arrasou na agilidade, ela estava empolgada hoje que só. E gente, eu vi Jive. Adorei os movimentos de Jive, em casal e em solo, os chutes foram ótimos, sincronizados, o acabamento dos braços também estavam em ordem. Várias pegadas, algumas desnecessárias que não se encaixavam na coreografia, eu tiraria algumas. E ela estava linda, no começo eu quase que não a diferenciei das outras meninas.

CLARICE: Amo Dreamgirls mas não reconheci a música, eu já fiquei pensando em qual música seria e fui surpreendida… de uma forma boa, pois a música encaixou super para o Jive. E foi ótimo ver quanto Alinne melhorou nas últimas semanas, ela mostra que de fato está querendo seguir na competição pois faz suas pesquisas pra saber como se portar no palco. Amei isso! E teve Jive! A performance foi super ágil, gostei da parte solo e também nas que estiveram juntos, foi uma coreografia bem feita e divertida.

CARLOS: Música massa. FINALMENTE uma música com ritmo adequado pra ela. Vestido não tá bom pra Jive, seria ótimo pra um standart. Mas o número foi muito bom. Melhor dança dela, de longe. A coreografia tava muito boa com muito conteúdo de Jive.

(9-9-9)

*
*
*

CARLA PRATA & BRUNO
RITMO: VALSA (Musical: Mary Poppins)

JEAN: E não é que colocaram a Carla no alto, como se tivesse sido trazida pelo vento, como no musical, adorei. Eu vi o banqueiro, eu vi a governanta, que embora eu não tenha assistido o musical eu identifiquei muita coisa do que eu li sobre. A Valsa foi bonita, teve giros, concêntricos e em casal, teve braços, mãos, a Carla e o professor evoluíram bastante nesta semana. O olhar dos dois na valsa foi essencial. Acho que poderia ter trabalhado mais as pernas, ter levado elas pro ar, mexido mais esse vestido.

CLARICE: Que diferença do casal da semana passada pra essa… melhoraram demais, até a química entre eles, que até então era inexistente! hahahaha Achei a nota um tanto quanto alta! Houveram falhas e por vários momentos o casal adicional me distraiu. Eu já comentei antes que me incomoda quando os bailarinos surgem no palco e interagem com o casal principal, ficando em 2º plano tudo bem, mas interagindo junto eu já não gosto muito…. e na apresentação de Carla e Bruno fiquei incomodada. A parte dos giros ficou bonita, achei diferente o apoio ser pelo pescoço e não na posição original da valsa. O final foi super bonitinho, mostrando quão cênica foi a performance pois Carla saiu voandooo… 😉

PS. Tá irritante a produção do Dancing Brasil querendo deixar claro o tempo todo que Carla Prata não é dançarina profissional. Tá chato, tá repetitivo e tá cansativo! Ela dançou no Faustão, foi professora no Dança dos Famosos, agora a Record e a produção do DB que segurem a marimba das críticas por ter Carla como aluna no DB! #ProntoFalei

CARLOS: Foi uma ótima produção, mas o casal extra me distraiu um pouco. Acho que a Carla hesitou em algumas partes. A coreô e a referência estavam boas.

(9-9-9)

*
*
*

JAQUELINE CARVALHO & MARCELO
RITMO: TANGO (Musical: Cabaret)

JEAN: Estreia do tango no programa, aiai. Gostei de como introduziram esse musical dentro tango, mas não gostei da coreografia. Faltou alguma coisa, talvez uma postura, ou porque eu gosto de tango mais ágil, com entrelaçar de pernas, que não teve. Estranhei porque o Marcelo disse que traria uma coreografia de competição. O final, quando eles caminharam em casal atravessando o palco, eu achei fraco, faltou interpretação e mais força no pé ai. Concordo que a roupa não tenha favorecido a Jaque. Fiquei levemente decepcionado nesta semana com Jaque.

CLARICE: Estou em cima do muro com Jaque! Vendo pela 1ª vez eu amei, vendo pela 2ª passei a não gostar de algumas coisas… na 3ª vez notar as falhas! hahahaha Concordo com Jean que faltou algo, acho que criei expectativas altas demais pro Tango de Jaque, talvez pelos pernões dela… e foi justamente isso que senti falta. Em alguns momentos ela ficou pequena no palco, faltou trabalhar os acabamentos das pernas, o entrelaçar pernas do tango, o caminhar com a intensidade que o tango exige. Ela trabalhou o carão, entrou no personagem, mas deixou a desejar um pouco na dança! Espero do fundo do coração que Marcelo reencontre a Jaque do início da competição e a traga de volta porque eles não merecem sair! 🙁

CARLOS: Ela chora muito, né… Rs mas gosto dela. Achei arriscado misturar tango esportivo com o argentino. Mas ficou bom. Teve alguns errinhos, mas ela foi muito intensa, as caras e bocas. Foi a melhor atuação da noite.

(7-7-8)

*
*
*

MILENE DOMINGUES & RAFAEL
RITMO: VALSA (Musical: Cats)

JEAN: Ah eu esperava mais, a música permitia muita coisa e fiquei um pouco frustrado. Adoro essa música. Bem, a valsa faltou giros, giros de casal e giros dela, é bom abusar disso na valsa, chama a atenção e embeleza, nunca no Brasil que giros irão prejudicar, só se forem mal feitos. Poderia ser trabalhado mais equilíbrio. No auge da música o professor girou a dama com ela parada, não gostei, o auge era pra ela aparecer fazendo algo, combinando efeitos. Achei que alguns movimentos não tiveram fluência. Concordo com os jurados que faltou maior interpretação e transparecer isso nos movimentos, deixarem mais delicados e espontâneos.

CLARICE: Essa música é tão linda e permite que saia uma valsa tão linda dela… Eu noto o crescimento de Milene, mas ele vem em ritmos de tartaruga! hahahaha Se ela realmente se emocionou com a Valsa (como foi dito no vídeo), porque esteve com a cara blasé durante toda performance? Eu mesma que sou apenas fã de dança, quando me arrisco na valsa já me emociono! Hahahaha Rafael usou o clímax da música de uma forma que destacou Milene com suas limitações, mas eu queria ver mais. Eu queria ver giros pelo palco, aqueles giros infinitos e estonteantes, não esse giro no mesmo eixo.

CARLOS: Milene foi bem suave, finalizou bem as linhas. Me incomodou um pouco só a expressão facial. Mas a dança foi bem redondinha, coreografia boa, técnica ok.

(8-8-8)

*
*
*

YUDI & BÁRBARA
RITMO: QUICKSTEP (Musical: Crazy For You)

JEAN: Wow, que sincronia, que perfeição coreográfica estes dois tem. Esse é o nível de candidatos que eu adoro ver, adoro apreciar. Foi lindo esse quickstep, os saltinhos foram incríveis, a sincronia com a professora, o começo achei muito musical, o musical foi lembrado a performance inteira. Achei a introdução na bateria exagerada e mesmo embora aquela parte dele no chão rolando não tenha muito sentido com o ritmo, adorei que foi cenográfico e estava totalmente no ritmo. As mãos, pernas, todas no lugar certo, amplitude ótima, ele é muito bom sozinho e em junto.

CLARICE: Eu fiquei tentando entender aquela introdução com Yudi na bateria, não entendi e preferia ver aquele tempinho perdido com eles no palco arrasando. Porque né… foi isso que Yudi e Barbara fizeram hoje: ARRASARAM! ♥ Tudo muito ágil, suuuuper sincronizado e com acabamento incrível. Adoro que Bárbara sempre inclui movimentos que dão graça a coreografia e que sequer são da dança. São coisas que combinam tanto com Yudi! hahahaa E apenas pra manter minha coerência com algo que disse ali em cima sobre bailarinos de apoio: nessa coreografia tivemos meninas no palco, que interagiram com eles mas ficaram nitidamente em 2º plano. Apenas no momento que Yudi saiu rolando elas ficaram em 1º plano, nos demais momentos não… tudo na medida certa! Segue pra final, seus lindos!

CARLOS: Yudi não tem o que falar, botou pra lascar. Um ótimo quick. Coreografia excelente, usou muito bem o palco. O passo do rolo compressor ficou legal. O encerramento também. A única coisa negativa, de tudo, de tudo, mesmo foi a peruca da Bárbara hehehe mas ela compensou tudo com essa coreografia fodida.

(10-10-10)
Finalmente saíram os 10 dele

*
*
*

LEXA & LUCAS
RITMO: TANGO (Musical: Wicked)

JEAN: Socorro, amo esse musical, amo com todas as forças, OMG, vou cantar ele inteiro, e socorro que será no tango. Ah ela está verdeeee, mas as vezes me lembrou um pouco Fiona, acho que pela forma que o cabelo foi arrumado). Ela também usou o treco que sobe para voar com a vassoura. Cantei inteira a música, mas a música não foi aproveitada, o auge não foi aproveitado. A atuação de bruxa eu estava aguardando, ela veio na parte solo de Lexa, mas queria ver na parte de casal, no rosto dela, na forma de pegar no professor. O tango esteve presente na agilidade (em alguns momentos), no entrelaçar das pernas (poderia ter mais) e na amplitude dos movimentos (foi bom, mas poderia ter mais perna). Ainda acredito que a meia ou o salto preto prejudicou um pouco visualizar alguns movimentos.

CLARICE: Essa música me lembra tanto de Glee! hahaha Quem acompanha nossas reviews desde a 1ª temporada sabem que eu tenho esse dificuldade com músicas que não coincidem com os ritmos. Blablabla, é o formato do programa, mas euuuuu, Clarice, me incomodo com isso sim! Em alguns casos essa coisa inusitada vinga, em outras não. Teve tango, teve entrelaçar de pernas, teve intensidade, mas ficou tudo muito estranho. A música não foi bem aproveitada, seu clímax não ficou com algo do tango e sim com o teatrinho de Lexa. Achei repetitivo usarem o negócio de voar, poderiam ter inovado com ela usando o caldeirão ou dado uma vassourada no Téo. E nesse caso, também achei a nota alta demais.

CARLOS: Ela é um ótimo material. Quer muito, você percebe. A postura do Téo melhorou muito em relação à dança com a Jade… Outra coisa evoluiu muito. O tango não foi muito bom não. Alguns relâmpagos de coisas boas, umas partes ruins e tal. Achei interessante, mas não curti muito não…

(8-9-9)

*
*
*

SUZANA ALVES & TUTU
RITMO: PASO DOBLE (Musical: Os Miseráveis)

JEAN: Outro musical muito esperado para ver uma performance de dança, melhor casal para interpretar, impossível. Gente, mais miserável que isso, impossível, no bom sentido, porque foi muito fiel, socorro, a roupa, cabelo, parece sujo, precário, foi ótimo, me lembrou a Viviane Pasmanter da novela das 6 da Globo, Novo Mundo (Veja a foto). A entrega da Suzana foi ótima, a interpretação dela, o rosto percebemos um pouco de sujeira. #Nojinho Sobre o Paso Doble, achei forte, importante, um leve desencontro de mãos no início e talvez um escorregãozinho indesejado mas facilmente superado. Os giros eu gostei, a introdução eu adorei. Não foi o melhor Paso Doble, mas me marcou bastante essa coreografia. Claro que haverá muita cobrança para este casal, semana passada eles foram os melhores, com 29 pontos, logo, agora o juri está analisando os detalhes.

CLARICE: Um dos cenários mais bonitos de hoje, tudo belíssimo… ou seria miserável? hahaha Amando a caracterização e cenário do programa de hoje! Foi um Paso Doble inusitado, parecia mais uma briga do que algo touro-toureiro. Estou chocada com a intensidade dessa coreografia, discordo um pouco do juro sobre ter sido exagerado porém eu os entendo. Suzana exalava a raiva, era uma luta, o Paso Doble tem essa intensidade, porém antes assim do que faltando a força, não é? Pode não ter sido o melhor Paso Doble, mas certamente será um dos mais marcantes. Houve sim o escorregão dela, mas sequer prejudicou o andamento da apresentação. Arrasaram!

CARLOS: Ótima música, ótimo uso dos bailarinos. Pena o errinho no final. Número foi quase perfeito. Gostei do cabelo e do figurino dela. Boa coreografia. Achei tudo muito intenso mas num lado bom. Mas realmente deveria ter dosado um pouco mais a dinâmica.

(9-9-9)

*
*
*

E assim, o ranking desta noite segue conforme a imagem abaixo:

*
*
*
*
*

E a #ZonaDeRisco ficou entre os casais:

CARLOS BONOW & DANI

MILENE DOMINGUES & RAFAEL

JAQUELINE CARVALHO & MARCELO

*
*
*

OBS: A Zona de Risco está totalmente justa, os três casais foram os piores da noite. Falta de interpretação, falta de finalização de pernas e principalmente o não aproveitamento da música na coreografia foram alguns dos motivos para as piores notas. Dos três acho que Carlos é o que menos pode agregar ao cast, Milene mostrou semana passada que pode sim arrasar e Jaqueline passou por uma semana não muito boa e pegando um tango ainda com pouca afinidade com o professor, acredito muito nela que pode arrasar com suas pernas.

*
*
*

O Casal eliminado foi:

*
*
*

CARLOS BONOW & DANI

E desta forma, Yudi fica como sendo o único candidato homem da competição, o restante foram todos eliminados. Isso me lembra Sophia Abrahão no DF ano passado, a única mulher tombando tudo e todos.

*
*
*

Terminamos a review por aqui meus amores, até semana que vem, forte beijo e abraço a todos.

*
*
*

RITMO DA PRÓXIMA SEMANA: MAGIA DO CIRCO

gostou da matéria? deixe um comentário!

  • Cecília Novaes

    não me conformo com a milene continuar. Ela não capta as dicas dos jurados, toda dança tá com ar blasé, ela não tem vida própria, é o Rafael professor dela que se destaca.

    Ah Jean, já que vc citou a Viviane Pasmanter, vou complementar: o casal Germana e Licurgo de Novo Mundo ao meu ver é explicitamente inspirado no casal Thérnadier de Les Miserables. Além de serem da mesma época, são casais asquerosos, donos de uma taberna e que tentam levar vantagem em tudo, mas ao mesmo tempo são o alívio cômico da história. Até a “adoção” por interesse do menino Quinzinho, obrigando-o a fazer trabalhos domésticos, remete à “adoção” de Cosette em LesMis.

    • Jean César Marinozi

      Nossa, não sabia que era inspirado não, haha obrigado, que legal essas relações.

  • Alice

    Ótimas apresentações, destaque pra Alinne, que arrasou e pro Yudi, que sempre faz tudo perfeito. O rolo compressor me lembrou uma dança do DWTS: https://youtu.be/v-1p8_0P2XQ por sinal, uma dos melhores freestyles q já vi…não canso de assistir. Triste pela saída do Bonow, foi tudo tão legal ontem q por mim não sairia ninguém, mas a dança que menos gostei foi a da Jaque, o Bonow estava crescendo, enquanto q a Jaque desde a semana passada está regredindo…tomara que ela se encontre na dança novamente.

    • Jean César Marinozi

      hahaha eu já tinha visto essa apresentação, mas no dia do Yudi não me recordei

  • Leo

    Muita gente reclamando da eliminação mas achei justa. Bonow estava no mesmo nível da Milene, o pior cenário seria a eliminação da Jaque.
    Como já havia dito Yudi vai ser o único homem restante e vai quebrar tudo. Alinne vem crescendo e pode despontar como a terceira finalista.
    Jaque e Lexa vem de duas semanas ruins, não entendi a nota alta da segunda. Suzana exagerou na interpretação e Yudi o melhor da noite de longe.

    • Cecília Novaes

      eu discordo. O Bonow ainda tava muito limitado corporalmente, mas ele tinha tesão no que fazia. Ela tava lá pra dar o máximo (mesmo que o máximo dele não fosse lá essas coisas), ele se entregava, ele tava a fim.
      Já a embustilene TODA.SANTA.DANÇA fica com ar blasé, parece que ela tá em outra dimensão. Meu, ela dançou Memory, uma música intensa e maravilhosa, com cara de quem tava pensando nos boletos pra pagar. Sério, achei ofensivo à música uma performance dessa.

      • Jean César Marinozi

        Concordo que Milene fica em outra dimensão, me parece que a interpretação dela em todas as musicas ate agora foi a mesma, a mesma energia também, não diferenciando pros ritmos. Mas, por outro lado, acredito que ela pode mostrar mais no quadro. Sei que este pensamento é errado e o certo seria avaliar o momento, a evolução.

  • Tatiana

    DB e DF são muito diferentes, mas no final acho a Dança dos Famosos mais justa. Ou você dança ou dança literalmente, porque não tem essas enrolações de cenário, balé etc, sem esquecer que o critério de escolha não fica só na mão do público, o que para mim é ótimo (se o júri do DB tivesse participação na escolha final de quem fica e quem sai Maytê não teria ganho a última edição). Mas o DB é um show, mais bonito de se ver e tal. Enfim, gosto dos 2 realityes mas acho que um pouquinho mais do Dança dos Famosos.

    • Leo

      O Dança dos Famosos não tem critério, o júri vai para o palco dar 10 para qualquer coreografia. E fora que sempre tem o arrastado em toda edição com a ajuda do público.

    • Jean César Marinozi

      Concordo com Tati e Léo. DB poderia ter participação do Juri, que é um juri mais justo. DF tem participação do publico e juri, mas o juri artistico só da 10 pra nível de amizade.

Jean Marinozi

Maringaense, 25 anos, pisciano. Amo refletir, observar, abraçar e rebolar. Acompanho e adoro com muita força competições de música e dança. Tenho paixão por Drag queens e meu sonho é abrir um espacate.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu