No quarto episódio de Daredevil somos apresentados aos vilões desta primeira temporada, ou melhor dizendo ao vilão: Wilson Fisk. Antes de falar do nosso vilão, vamos percorrer um pouco sobre os acontecimentos de “In The Blood” que trouxe mais luta, ação e um destaque para a bela Claire e para o misterioso jornalista Urich.

O episódio começa de forma bem sinistra, mostrando um pouco dos russos que fazem parte de uma das gangues que atuam em Hell’s Kitchen. Temos uma cena antiga que mostra os dois russos presos em seu país natal e logo de cara percebemos que Vladimir é o mais esquentado, enquanto Anatoly é mais calmo, os dois fogem utilizando um artefato que estava dentro do corpo de homem deixado na cela e vão para os Estados Unidos.

E com um salto temporal chegamos a Hell’s Kitchen, em mais um dia de ação do Matt, que termina com a fuga de um dos russos enquanto Matt acaba com todos os outros. Logo a interferência de Matt nos negócios dos russos começa a interferir em toda a máfia que ronda Hell’s Kitchen, onde temos uma reunião dos irmãos russos com o advogado de Fisk.  Percebemos a arrogância de Vladimir, desafiando o advogado e afirmando que Fisk séria apenas um homem comum, ele é extremamente orgulhoso e acredita que pode dar conta do mascarado.

daredevil v1

Porém a gana por descobrir quem é o mascarado, faz com que os dois russos acordem Semyon. O sobrevivente que deu informações a Matt e Claire dois episódios atrás sobre o paradeiro da criança, enquanto era ameaçado de ser jogado do alto do prédio. Semyon acorda e fornece informações sobre o paradeiro de Claire, e nossa linda enfermeira fica em perigo.

Paralelo aos acontecimentos envolvendo Matt, temos avanços na trama de Karen Page e a Union Allied, a garota recebe uma proposta de “Cale a Boca” da empresa, ela não está satisfeita e vai conversar com o jornalista Bem Urich, conhecido por casos polêmicos no passado. Bem Urich, inicialmente se mostra resistente, mas quando vê que Karen não tem muito jeito para investigações, interfere salvando a moça e a fazendo comprar algumas bugigangas em um leilão.

Acredito que esse vínculo de Claire com Urich será interessante para a trama, pouco sabemos do passado dela, mas algo me diz que podemos ter histórias interessantes. Quem sumiu neste episódio foi Foggy, tivemos poucas cenas onde ele apareceu quase como figurante, espero que o personagem dele seja mais aproveitado.

Voltando ao que interessa, os russos descobriram sobre Claire e a sequestram, surram ela e quase a matam, porém, ela foi salva nos últimos segundos e ainda deu uma debochada linda dos russos! Obviamente, mas uma vez a Netflix acertou nas cenas de luta, todas bem feitas e executadas, e no fim Matt salva Claire.

daredevil v2

E chegamos ao momento mais interessante do episódio, depois de ver tudo perdido, o irmão de Vladimir decide pedir ajuda a Wilson Fisk (bad idea). Wilson Fisk tenta conseguir se aproximar de alguém, de uma garota, arrumar uma companheira, percebe-se claramente que o vilão é solitário, e extremamente nervoso e inexperiente, quando se trata de relacionamentos, a forma como ele anda, a forma como fala e até os dedos trêmulos mostram isso. Aliás um show de Vincent D’Onofrio em cena.

Após encontrar sua pretendente Vanessa, que se mostra extremamente misteriosa, em uma galeria de arte, e depois convida a garota para um jantar romântico. Percebemos claramente como aquele momento com ela, é importante para Fisk, e quando o Russo o interrompe a frustação e raivas o consomem.

Frustação e raiva que deram lugar a uma pessoa extremamente fria, extremamente sem escrúpulos e limites, a forma como ele mata o russo, por simplesmente perturbar o jantar dele, é incrível. Ele bate a porta do carro, até os miolos e sangue escorrerem pelo chão e não sobrar nada, nada! E finalmente temos o Rei do Crime, e vimos do que Wilson Fisk é capaz.

daredevil v3

Enfim, término aqui esta review e espero vocês queridos leitores nos comentários, nas próximas reviews o Rick (Ricardo) vai me ajudar, pois está bem complicado dar conta de todos os seriados que eu cubro e as atividades do Mestrado.

 

Lindomar Albuquerque
Lindomar Albuquerque

Canceriano com ascendente em Sagitário, ou seja UMA ÓTIMA PESSOA! Atualmente um louco que faz Doutorado e que já se formou em Química. Viciado em The Voice, séries e Indie Rock. Gosta de gastar o tempo que não tem para escrever sobre The Voice, The Flash, Bates Motel, Orphan Black, The Vampire Diaries e Westworld.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: