Um episódio com altos e baixos…

Bem, mais uma vez um episódio cheio de flashbacks, e mais uma vez o recurso é bem usado. Um episódio quase que inteiro focado na relação de amizade entre Matt e Foggy. No episódio anterior Foggy descobre o segredo de Matt, o que leva a tensão deste episódio. Inconformado com a quantidade de segredos que o então melhor amigo teve escondendo Foggy parece totalmente confuso quanto ao que sente em relação a tudo que Matt tem feito. Bem, o próprio nome do episódio, Nelson X Murdock, define bem o que teremos.

Outra parte interessante e muito cativante desse episódio, é o drama que Bem passa com a esposa. O passado dele tinha sido muito pouco explorado até então, e temos agora um pouco mais de profundidade para o personagem, o que fez muito bem ao personagem.

2

Meio que manipulado por Karen, que o faz pensar que estão indo a um possível lugar para o tratamento de sua esposa, Ben é levado até a mãe de Fisk, que acaba revelando fatos importantes, como o fato de Fisk ter matado o próprio pai.  Tal descoberta parece deixar Karen e Bem , um passo mais perto de desmascarar o Rei do crime de Hell’s Kitchen.

Conforme vamos acompanhando os flashbacks que conta a historia da amizade entre Matt e Foggy, vemos que o laço entre os dois foi bem desenvolvido, e que toda a confiança que Foggy tinha (e parecer não ter mais) por Matt, além da preocupação excessiva era justificável. Os flashbacks são leves, contando o passado deles na faculdade, no começo da carreira de advogado. Histórias vão desde pós-festas na faculdade, até oportunidades de emprego.

 De volta ao presente, Foggy faz uma série de questionamentos para Matt, tais como quais são de fato são suas habilidades, e como passou de estudante de Direito a “justiceiro” mascarado. Enquanto Matt vai revelando ao amigo, seus dons, e o motivo pelo qual começou a combater o crime em Hell’s Kitchen, percebemos que a ideia dos roteiristas era exatamente de nos dar um tipo de prologo a cerca de como Matt se tornou o que é hoje.  Se considerarmos que essa primeira temporada de é um prologo da história do “Demolidor”, podemos considerar que temos nesse episódio, um prologo do prologo (hein?), se é que isso é possível 😀

O episódio que por mais que seja interessante parece não ter a carga de tensão que os episódio anteriores tem, isso até um a festa dada por Fisk, onde temos um chocante acontecimento.

4

Não que tenha sido um episódio ruim (longe disso), Nelson X Murdock, peca um pouco pela irregularidade, e falta de ação característica da série. Ainda sim o episódio serviu para entendermos melhor o passado dos personagens, e nos aprofundarmos melhor no protagonista. Uma vez que Foggy agora sabe tudo sobre o seu (ex?) amigo, devemos ver nos próximos episódios o quanto a amizade de ambos ficará abalada.

leandro

Leandro Andrade
Leandro Andrade

Formado em Produção Áudio Visual e viciado em séries, Leandro é DCnauta de carteirinha, além de fã de lambada e cantor de karaokê de buteco nas horas vagas. E ainda tentando achar uma maneira de ficar rico.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: