Panela de Séries » Arquivos Dear White People - S02E10 - Chapter X [SEASON FINALE] - Panela de Séries

Posts Populares

Dear White People – S02E10 – Chapter X [SEASON FINALE]

Aquele episódio em que a Sam confrontou a Sam.

Essa primeira cena é uma representação muito precisa de como boa parte dos jovens brancos vivem: tem um negócio mega sério rolando e a preocupação deles é com as provas, não com o racismo sistêmico e fortemente presente na faculdade; quando tem alguém dizendo verdades que contrariam as coisas em que eles acreditam, é mais fácil criticar e não prestar atenção; a capacidade de acreditar em qualquer coisa que leem – fake news – e ter uma seletividade imensa na hora de se importar com os problemas, já que a opressão sistêmica da quinoa é mais importante do que o resto; fora a coisa de achar que todos os negros são iguais.

De volta à faculdade, a Sam e o Lionel tão na busca pela Ordem do X, o que ficou mais fácil com os livros que o pai dela deixou pra ela. E como a suposta data pra encontrar a Ordem pra fazer parte dela é naquele mesmo dia, eles precisam fazer algo de uma vez se quiserem participar. E, com a morte do pai, e com todas as coisas ruins que vêm acontecendo, a Sam precisa de algo bom pra fazer tudo valer a pena.

Aí tem a polícia estudantil. Tal qual a polícia do mundo exterior, ela vê as pessoas negras de uma forma diferente, com um olhar muito mais… crítico. E levando em conta todos os pronunciamentos durante o Dear White People, o cancelamento da palestra do Carson e a palestra da Ricki sendo colocada no lugar, o chefe dos policiais já diz pros agentes tomarem cuidado com essa molecada. E bem nessa hora, o reitor chega e pergunta quem seria essa molecada. Mas ele tá lá pra falar com um policial específico, com o policial que apontou a arma pro Reggie. E ele chega lá cheio de moral, já que tá demitindo o tal Ames. Só que a vida é mais fácil quando se é branco, então o agente até já tem outro emprego, como policial rodoviário. Até quando eles caem, eles caem pra cima.

Aí, enquanto a Coco organizando um plano com o Kurt, o Al e os amigos dele tão buscando um jeito de conseguir as fitas, o Lionel tá transando com o boy dele, o Reggie e a Noelle tão conversando sobre a relação deles, da percepção que ela sempre teve que tava em segundo plano da Sam. Mas aí ele diz que ela sempre foi a mulher dos sonhos dele, que ele só não tinha admitido até ver ela com o Hotep Harry. E daí eles começam a se pegar. Forte. E daí, a Sam entra no quarto, só pra pegar eles no meio do negócio. E daí ela vai transar com o Gabe.

O plano da Sam é confrontar a Rikki e falar altas verdades pra ela, e, utilizando umas caminhos diferentes, ela consegue chegar no camarim dela. E aí começa o ponto alto do episódio. Achando que não era conhecida, a Sam já foi surpreendida quando a Rikki disse que escutava o programa dela e era uma fã. Além disso, ela diz que a personagem que a Sam interpreta no programa é demais. E aí que vem o lance mais complicado. Por mais que a Sam do DWP não seja uma personagem ainda, a Rikki insiste que ela vai ser, e que a única diferença entre as duas é o tempo. E qual é o entretenimento mais popular dos Estados Unidos além da pornografia? Zombaria racista. Os brancos nunca pararam de colocar negros no palco pra brigar, o que mudou foi a forma como isso aconteceu. Dá audiência, tem influência cultural, então no fim das contas não importa o que a Sam faça, o que importa é que a atuação dela continue a permitir que os poderosos continuem se escondendo.

A ideia da Rikki de futuro é pegar todo o dinheiro que ela tá ganhando pra construir um reino próprio, um reino dela. E o discurso só fica mais pesado, já que a Sam se diz cheia de honra mas “entrou” em uma faculdade de brancos e tem todo um discurso que seria mais interessante se fosse feito em uma universidade de negros (ah os Estados Unidos e o apartheid). Ou seja, no fim das contas, a ‘discussão’ que a Sam imaginou não chegou nem perto de acontecer, já que a Rikki se mostrou algo completamente diferente do que ela imaginava. Mas uma curiosidade: a atriz que faz a Rikki fez a Sam no filme Dear White People e o ator que fez Carson interpretou o Lionel no filme.

Só que aí vem a volta por cima da AP. No plano que a Coco e o Kurt montaram, os negros e os grupos de afinidade da faculdade compraram todos os ingressos pra palestra da Rikki e ela tem o público mais difícil da vida.

E enquanto a Sam e o Lionel descobriram onde vai ser o ponto de encontro da Ordem do X, o Al e os amigos conseguiram pegar as fitas do incêndio que integrou tudo. Só que, num primeiro momento, não tem nada no ponto de encontro, só uma sala vazia. Mas aí, depois de uns momentos de reflexão dos dois, a Sorbet aparece e logo em seguida, O NARRADOR DA SÉRIE SE PERSONIFICA E APARECE LÁ. E assim termina a temporada.

Ah, foi o Clifton que fez merda, colocando papel-alumínio dentro do microondas.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Rafael Augusto

Um hiperativo que não sabe viver sem ler, escrever, ouvir música, ver séries e filmes, geralmente tudo ao mesmo tempo. Fã de ficção científica, suspense, Stephen King e histórias em quadrinhos.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu