Posts Populares

Elite – S01E04 – Episode 4

Marcelino Pão e Vinho

No episódio passado vimos a festa do subúrbio, e aqui, tivemos a festa da #Elite! E gente, eu preciso dizer que estou adorando a série, ela é muito instigante, divertida e chocante de ver. Esse episódio mais uma vez me surpreendeu, e vejo alguns personagens caminhando para um caminho de redenção louvável, que eu espero que se concretize até o final da temporada. 

Vamos começar pelo casalzinho que FINALMENTE decidiu tomar uma atitude com relação a esse amor reprimido. Samuel finalmente, após uma fucking semana, decidiu ir até Marina e reparar o erro que ele cometeu ao final do episódio anterior. Fiquei de certo modo surpreso com Marina por ter aceitado tão facilmente esse pedido de desculpas, mas enfim, eles estão apaixonados né? Fazer o que. Marina convida Samuel para uma festa beneficente que seu pai está organizando, essa que é uma festa de gala e que só os mais ricos da Espanha vão. Eu morri de rir do momento em que Samuel chegou na festa, e a embuste da Lu virou e falou “Que é isso? Marcelino Pão e Vinho?” AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA O BERRO QUE EU DEI!

Além disso, finalmente tivemos o primeiro beijo dos dois, já que após um breve desentendimento causado pelo Guzmán, eles se acertaram, e se declararam um para o outro, dando finalmente o primeiro beijo (demorou em?). 

E por falar em Guzmán, o boy magia nesse episódio novamente nos apresentou momentos de altos e baixos, com uma hora sendo um amor e fazendo a coisa certa, e em outros sendo um belo de um escroto. Vamos começar pelo lado escroto, que felizmente foi menor aqui. No momento que Samuel tinha chegado na festa, ele acabou propositalmente rasgando a roupa do rapaz, além de caçoar pelo fato de ser uma roupa alugada, menos um ponto para Guz. Lado positivo: Além de ter se desculpado com a família de Nadia, ele conseguiu recuperar a confiança dela, a tratando muito bem durante o episódio. Além disso, ele defendeu sua irmã quando seu pai e sua mãe a atacavam como de costume, isso foi depois ele descobrir a farsa que seu pai é. Fora isso, ele deu suporte para Ander, após descobrir que o mesmo é gay. Parabéns Guzmán, seu saldo aqui foi de 3 a 1 hahahaha. Obs: Gente, eu estou shipando horrores Guzmán e Nadia, que casal improvável, mas eles combinam taaanto! Quero beijo sim <3 

O que dizer também do trisal mais amado do Brasil e da Espanha? Christian mostrou para Carla que ele não é só um pedaço de carne, e fez com que ela valorizasse a sua pessoa, o que acabou gerando gratidão por parte dela e também de Pólo. Ambos estão muito mais felizes com o seu relacionamento, e Christian começa a aceitar a situação. Além disso, O MOMENTO CHEGOU, E ELE E PÓLO FINALMENTE SE BEIJARAM TAMBÉM AAAAAAA ESSE MOMENTO É NOSSO!

E temos por fim o casalzão da porra, que está fazendo um jogo comigo! Podem entrar Omar e Ander. Nesse episódio eles nem quiseram pensar duas vezes, se pegaram muito na festa, e para nossa surpresa, Samuel e Guzmán viram. A reação de Ander quando Guz contou foi bem “tranquila”, na verdade ele aparentou não se importar com o fato de ele ser gay, e sim com o fato de ele querer cuidar muito da vida de Ander, assim como querer controlar cada passo que as pessoas ao seu redor dão. Omar, ao contrário de Ander, fez a sonsa com Samuel, e disfarçou quando começou o assunto, o que acabou fazendo com que Samuel descobrisse sobre ele ser traficante (gente, como assim ele não sabia?). 

O episódio termina novamente levantando a possível suspeita de Guzmán ter matado sua própria irmã. Eu estou começando a ficar muito confuso com o andar das coisas, principalmente agora, que vimos Ander defendendo Guzmán de não ter feito nada contra Pablo, ex de Marina, quando na verdade ele espancou ele até a sua possível quase morte. Será que Guz soube do plano de Nano e Marina quererem fugir e acabou brigando com Nano, que por algum motivo (acidente) poderá ter matado ela? Fica aí a dúvida. 

É isso pessoal, nos vemos na próxima! 😀 

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Ricardo Souza

Tem gente que diz que sou um amorzinho, eu digo que sou um trouxa. Viciado em maratonar séries e ficar na bad depois de assistir tudo em um dia. Amo muito música indie, quando quiser me chamar pra ouvir Florence já sabe onde procurar. Mineiro do interior que não puxa o 'r' quando fala, mas adora um pão de queijo.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu