Posts Populares

Game Of Thrones – S07E02 – Stormborn

Todos unidos pelo mesmo fim, aliás, todos unidos pelo mesmo ódio!

Depois de um início um pouco morno, Game Of Thrones veio com um segundo episódio bastante empolgante e com um final surpreendente. Depois de 6 temporadas é muito empolgante ver todas as conexões se fechando e acontecendo tudo aquilo que já aguardávamos a muito tempo. Em especial nesse episódio, pra mim ficou bem notável que a série finalmente está se encaminhando para o fim, com a união entre os diversos núcleos que antes se encontravam bem distantes um dos outros, além de que cada episódio temos visto desenrolar vários mistérios que perambulavam em nossas mentes. Outra coisa que tenho gostado muito nessas últimas temporadas é ver o desenvolvimentos dos personagens, principalmente agora que George R. R. Martin já matou mais metade boa parte do elenco, vejo os personagens muito melhor explorado agora e inseridos em tramas mais consistentes e interessantes. Depois dessa breve análise do desenvolvimento da série, vem agora comigo conferir uma análise sobre os melhores momentos desse segundo episódio!

A passagem de Daenerys Targaryen, nascida da tormenta, a Não Queimada, Mãe de Dragões, bla bla bla, foi bastante sutil no primeiro episódio, porém nesse segundo episódio ela teve bastante destaque, principalmente porque a maioria das cenas eram em volta do seu nome. Daenerys conseguiu um grande exército e fortes aliados para conquistar seu tão sonhado trono, porém temos que admitir que Cersei acabou facilitando muito seu trabalho para conseguir aliados. Além da aliança com seus antigos aliados, a mãe dos dragões agora conta também com Olenna Tyrell e Ellaria Sand, duas aliadas que se juntaram a ela por conta do grande ódio que carregam contra a Cersei. Além dessas duas novas aliadas, Daenerys conta com a devoção da atrapalhada Red Woman, Melisandre, que chegou mostrando toda sua devoção pela sua futura rainha e ainda foi a responsável de sugerir a possível futura união entre Daenerys e Jon, aliás um encontro que pode render um ship que eu acreditava que ia rolar desde o primeiro episódio. Outra cena legal foi a cena de amor entre Verme Cizento e Missandei, mostrou a vulnerabilidade dele e a forma que foi encaminhada, acabou se encaminhando de uma forma sutil, romântica e bonita de se ver, o que nos faz torcer por esse casal.

Um personagem que eu achava que ia se perder bastante nessa temporada era o Samwell, eu tinha um certo pé atrás que sua ida para  Cidadela tornasse seu núcleo bem chato, mas o que aconteceu foi bem longe disso. Nesses dois episódios tenho visto o Samwell mais protagonista e se mostrando muito mais do que apenas um personagem cômico e carismático. Ele tem feito interessantes descobertas, uma delas é a possível existência de bastante vidro de dragão na Pedra do Dragão, além disso ainda foi ousado e corajoso ao tomar iniciativa de tratar da escamagris de Jorah com um método bastante perigoso. A união desses dois personagens foi um grande acerto, já que ambos já não estavam inseridos em nenhuma trama principal, sobre o arriscado tratamento só vamos saber no próximo episódio se toda ousadia e coragem de Samwell terá efeito positivo e assim salve a vida de Jorah, além de ganhar uma moralzinha entre os conservadores meistres da Cidadela.

Até o momento, nenhum Stark foi humilhado ou morreu, uma coisa estranha diante do histórico cabuloso que eles têm na série. Jon Snow continua como Rei do Norte tendo ao seu lado sua irmã Sansa, juntos eles tem discutido bastante de como governar o reino do Norte. Uma de suas desavenças foi em relação a aceitar o convite feito a Jon Snow para ir pra Pedra do Dragão ao encontro de Daenerys. Como sempre tem feito em todas as reuniões, Sansa novamente questionou Jon na frente de todos e criando até um certo conflito entre os demais em relação a decisão de Jon aceitar o convite. Porém como sempre, ele conseguiu se impor bem e convencer a todos que o risco era necessário, uma vez que lá provavelmente se encontrava também bastante vidro de dragão, assim sua aliança com Daenerys além de ser uma forte aliada para derrotar Cersei, juntos também podem lutar contra o eminente perigo que o inverno os reserva. Apesar de todas divergências, Jon como uma forma de mostrar que confia em Sansa, deixa em suas mãos o reino do norte em sua ausência, aliás uma decisão bem arriscada ao meu ver, já que Mindinho se encontra ali pronto pra dá o bote. Outra boa notícia para os Starks é que finalmente Arya descobriu que Jon é o rei do Norte e agora parte para seu encontro. Até que fim veremos os Starks reunidos novamente, aliás o que sobraram deles.

O episódio se encontrava num ritmo bem tranquilo e pacífico, tendo apenas a cena do tratamento de escamagris como a maior ação do episódio até então, porém enquanto os irmãos Greyjoy, Ellaria Sand e aliados seguiam numa viagem tranquila com intuito de cumprir o plano de Tyrion em cercar Porto Real , do nada o barco em que eles estavam foi atacado justamente pelo o titio querido Euron. O embate entre eles, rendeu cenas maravilhosas de ação, recheada de efeitos especiais, cenas de lutas e algumas mortes, até porque estava até demorando alguém morrer na série, né? O verdadeiro objetivo de Euron Greyjoy era acabar com seus sobrinhos, porém acabou sobrando para duas das serpentes de areia que foram mortas em embates direto contra o Euron Greyjoy. No final de tudo, Euron saiu vitorioso da batalha inesperada, Ellaria e uma de suas filhas foram presas e Theon simplesmente num ato covarde pulou do barco e deixando sua irmã Yara nas mãos do seu tio assassino. Com essa vitória o Euron vai conseguir aliar-se a Cersei e até possivelmente o seu desejado casamento com a mesma, quanto as mortes das garotas eu achei até que foi proposital, uma vez que o núcleo das serpentes de areia tinha sido bastante criticado pelos fãs. A dúvida é só qual será o destino de Euron que fugiu e da Ellaria e Yara que ficaram nas mãos do carrasco Euron Greyjoy. PS: Yara já pode ser considerada a pegadora moral da série, uma pena que a invasão no barco atrapalhou sua diversão com Ellaria.

Bem pessoal, como já disse, o episódio foi bastante surpreendente por conta dessa cena final que pegou todo mundo muita gente de surpresa. Além desse plot surpreendente, tivemos também o início de várias tramas tão aguardadas como o reencontro de Arya com seus irmãos no Norte, a aliança entre Daenerys Targaryen e Jon Stark Snow e a possível cura de Jorah. Pela preview do próximo episódio, já é possível vermos que rolará o aguardado encontro de Daenerys e Jon, também vai rolar um fight com os imaculados e um novo encontro de Cersei com Euron. Logo embaixo, você confere a preview do terceiro episódio!

Então, termino aqui a minha review e espero que vocês tenham curtido. Fiquem a vontade para deixar seus comentários sobre o episódio ou a review, seus comentários são sempre bem vindos aqui! Até o próximo episódio de Game Of Thrones!

 

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

  • Bruno D Rangel

    Olenna incentiva Daenerys a partir pra guerra e Tyrion mais racional, a freando. Foi legal ver o embate entre Ellaria e Tyrion lembrando Oberyn. Melisandre volta pra onde começou sua saga.
    Outra coisa que aguardo é o reencontro entre Tyrion e Jon. Muito legal ver que a cumplicidade dos dois ainda persiste.

    No começo não havia entendido a frase de Arya para Nymeria, mas após a explicação dos produtores as coisas fizeram mais sentido. Arya partindo para o Norte após saber as notícias sobre Jon pelo Torta Quente foi empolgante. Pena que quando ela chegar ele já vai ter saído.

    O discurso de Jon é coerente em priorizar a Grande Guerra. O receio de Sansa é compreensível, visto o que aconteceu a Rickard e Brandon quando foram a Porto Real a pedido de Aerys. Jon não deveria ter deixado Mindinho em Winterfell.

    A cara de louco de Euron suja de sangue foi muito legal. Ele substitui Ramsay, que havia substituído Joffrey. Ele entregará a assassina de Myrcela pra Cersei (Ellaria). Será que Cersei vai se vingar?

    E quanto ao Theon, acho totalmente compreensível o que aconteceu. Ele não tinha o que fazer, não conseguiria salvar a irmã sozinho. Acho que ele acabará encontrando Gendry (que já foi confirmado o retorno dele pra série essa temporada).

    • Michel Araújo

      Obrigado por compartilhar com a gente suas opiniões, Bruno. Concordo com muitas de suas observações.

  • Felipe Feliciano

    Sinceramente eu acho que esta “pulada fora do barco” do pequeno Greyjoy foi um ato calculado e com propósito e não somente um ato de covardia.

    • Michel Araújo

      Então Felipe, a escapada dele pode realmente ter esse propósito, mas diante do histórico dele e de toda os absurdos que Ramsay provocou nele, fica essa dúvida do que realmente o Theon pode ser capaz. Só aguardar os próximos capítulos. Obrigado pelo comentário e por prestigiar minha review! Seja sempre bem vindo!

    • Bruno D Rangel

      Theon está quebrado, passou por tudo o que já passou. Todos seus aliados estavam sendo massacrados. O que ele iria fazer? Atacar o tio e morrer? Acho que ele fez o certo, não havia outra coisa pra fazer. Agora resta esperar pra ver o que vai acontecer com ele. Acho que ele vai encontrar o Gendry.

Michel Araujo

Baiano perdido em Aracaju, fã de realities show musicais e séries. Uma personalidade misturada a humor, sarcasmo e uma leve ousadia.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu