Posts Populares

Girlboss – S01E06 – Five Percent

Qual é o melhor episódio de Girlboss até aqui e por que é “Five Percent”?

Ai, gente. Que episódio fofo e divertido! Eu já amo essa série demais, mas esse episódio foi puro amor!

Agora que o negócio de Sophia estava indo de vento em polpa, ela decidiu que iria esbanjar na maior forma Alison & Donnie (clique aqui para pegar a referência, Captain), só que na versão sexo mesmo, ah e pior… Sexo com hérnia, eww.

Claro que não rolou muito bem, né. Apesar do Shane ser a coisinha mais paciente e doce que eu já vi na vida! E por falar nele, nosso príncipe de cavalo branco está saindo em turnê e deixou a Sophia toda nervosinha ao chamá-la de “namorada” antes de sair. Já deu pra perceber que a mocinha detesta tudo que seja convencional, né mores? Não serie diferente com relacionamentos. Mas digo de agora, cedo ou tarde ela cede… Não tem como não se apaixonar pelo fofo do Shane, vai.

E como nem tudo é só felicidade, Sophia, pela primeira vez desde a venda da jaqueta, não está conseguindo vender um item. Mas também puderá, né gente… Quem iria querer comprar aquele vestido de fazendeira do século XVII, que nem customizado foi? E olha, nem colocando mil ofertas a nossa Nasty Gal conseguiu desencalhar o bendito.

Mas é como o Dax disse, em 5 anos apenas 5% das empresas conseguem prosperar. E um dos principais motivos delas afundarem é exatamente não saberem se adaptar ao mercado e/ou tentarem impor a moda, ao invés de seguir a onda dos consumidores. E adivinha só? Era exatamente isso que a Sophia estava fazendo, afinal, petulante como só ela, não esperaríamos menos, né povo.

Claro que, no fim das contas, o vestido ficou encalhado mesmo e isso provocou extrema ira na Sophia, que saiu destruindo a casa inteira e acabou explodindo sua hérnia! Eu fiquei numa aflição que… Deus do céu! Me lembrou da vez que eu tive um furúnculo num local bem impróprio e acabou estourando quando eu chutei uma blusa no chão… Foi dor, foi ira, foi momentos que devem ser esquecidos e sequer deveriam ser citados em reviews para desconhecidos, but whatever.

Mas voltando para Sophia! A pobrezinha da garota finalmente fez sua cirurgia e mesmo toda drogadinha da anestesia, sua mente prepotente e cheia de si, continuava dizendo a si mesma que ela poderia falar e se expressar sem soar idiota… Claro que falhou, né migos!

Uma das cenas mas emocionais pra mim foi quando o pai de Sophia a leva pra casa. E enquanto a mocinha dorme o resto da anestesia fora, ele faz uma análise de sua filhinha e fica bem desapontado com o que ela se tornou. Ou melhor, desapontado com o que ela não se tornou. É triste porque não foi uma visão correta da situação. Ele só a pegou num mal momento e foi bem triste vê-lo sofrer por sua filha, quando na verdade, deveria estar explodindo de orgulho.

E pra finalizar, após muito vai-e-vem e pensamentos e despensamentos, Sophia decide pedir demissão do trabalho na escola de artes para se dedicar full time à “Nasty Gal”. Eu fiquei tão triste de ver o fofinho do Rick se declarar pra ela, haha. Mas ela foi bem rainha no “fora” e deixou uma cartinha super fofa e bem Sophia para ele. Serve de consolo, né?
E agora que a doce Sophia pode se dedicar 24hrs do dia à “Nasty Gal”, o que será mais que ela vai aprontar, hein gente? Ansiosíssima para descobrir, por isso… SEGUE MARATONA! 😉

Está no ar o 2º recrutamento de reviewers do Panela de Séries! Venha se juntar a nós paneleiros! Saiba mais clicando AQUI.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Luana Medeiros

Imagine só que um dia me foi perguntado quem eu era, e juro, até hoje não sei responder. Mas os fatos são: tenho 21 anos; sou de escorpião; amo meu cachorro e meu gato mais que tudo; estudo Rádio/TV/Internet, ouço Maroon 5; piro no Adam Levine; consigo colocar os pés atrás da cabeça; e – contraditoriamente – por fim, nasci de 7 meses.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu