E a temporada começou com os vilões dominando tudo!

Primeiramente, pedimos desculpas na demora da review da premiere, mas com todas as séries recomeçando agora e a equipe toda ocupada com diversas coisas tá difícil rs. Bom, mas vamos lá.
Como vimos na season finale passada, houve uma guerra e tanto das facções e com Marone morto, Fish morta (pelo menos, é o que parece) e Falcone aposentado, Pinguim está no comando da cidade de Gotham e tá sendo imperdoável e bem cruel com seus devedores e inimigos. Pinguim é o meu vilão preferido da série, é aquele que eu AMO odiar e por muitas vezes nem odeio, só amo mesmo rsrs. Nos quadrinhos/filmes o meu preferido sempre foi o Coringa, sempre gostei muito do Charada também, mas na série Pinguim ganhou meu coração e se tem uma coisa que eu adoro é a “amizade” dele com o Gordon, é algo que fico sempre ansiando para ver e não me decepcionou nesse primeiro episódio. No começo do episódio, já vimos que tanto Gordon quanto Bullock foram rebaixados por conta dos acontecimentos do final da temporada. Gordon virou guarda de trânsito e Bullock nem na polícia está mais, tá gerenciando um dos bares de Pinguim. Em um dos dias de trabalho de Gordon, um dos típicos loucos de Gotham causa problema perto do ponto de Gordon e é gerada uma confusão que Jim acaba sendo agressivo com o colega de trabalho, sendo justamente a desculpa que o Comissário Loeb precisava para demiti-lo de vez, apesar da intervenção da capitã que não surte efeito nenhum. Sendo assim, Jim se rende mas promete que irá cumprir a promessa de destruí-lo. Amo forte porque odeio forte o Loeb, eita homem insuportável!
Queria fazer uma observação que não consigo segurar: Meu Deus, como o Jim estava maravilhoso nesse episódio, Bem McKenzie meu querido, vocês está de parabéns! *aplausos*
Me perdoem povo, mas não consegui lidar sozinha com isso.

1

Claro que em um momento de desespero assim a quem Jim recorre? Pinguim, mas é claro. Ele aceita ajudá-lo para que Loeb seja demitido e Gordon readmitido na polícia, mas com uma condição: Gordon tem que cobrar uma dívida a um dos devedores dele. Inicialmente, ele nega, mas eu já sabia que ele ia se render, não ia agüentar ficar longe da polícia durante muito tempo. Diante desse dilema, ele vai se embebedar no bar de seu amigo Bullock e divide sua indecisão, Bullock diz que se fosse ele venderia até a alma pro diabo, mas Jim não e completa dizendo que nunca esteve tão feliz quanto trabalhando no bar (duvido, mas ok) e eles ficam lá papeando, outra amizade que eu amo mesmo é Gordon e Bullock, esses dois se completam #bromance

2

Mudando um pouco de ares, vamos falar da reunião de loucos no Arkham, esse núcleo promete ser um dos melhores da temporada, tem tudo pra derrubar forninhos, vamos aguardar. Lá vemos a primeira interação de Barbara com Jerome (vulgo, Coringa) e com alguns outros vilões já conhecidos nossos da 1ª temporada, mas o destaque vai pro Jerome mesmo. Ele não é dos meus preferidos não, mas algo me diz que ele vai ser o principal responsável por enlouquecer essa temporada, pelo menos, assim espero.
Na verdade, do núcleo Arkham o único que me faz querer ver mais é ele, a Barbara tenho um enjôo tão grande dela que por mim ela morria logo, afff. Não gostava dela nem no início quando ela era boazinha.

3

Continuando a falar de Arkham, o cara do início da temporada que causou aquela confusão com Jim é preso lá também e descobrimos ser uma armadilha para que resgatassem esses vilões do local, tudo arquitetado por Theo Galavan, um novo personagem que conhecemos primeiro na cena em que Loeb revela à imprensa sua decisão de se afastar do cargo e nomeia a capitã em seu lugar (já falo dessa demissão sensacional do Loeb). Nessa coletiva, Theo é só elogios a Loeb e pode ser impressão minha, mas acho que algo nele chamou a atenção de Jim, vejamos.
Depois da liberação dos vilões, Theo se apresenta a eles e propõe uma união que ainda não sabemos para quê, mas pra fazer melhorias na cidade que não é rs

4

Uma coisa que esqueci de comentar porque foi bem rápida é a descoberta de Nygma do seu vilão interior, só foi uma cena dele conversando com o espelho como se fossem duas pessoas. Ele é um vilão que me intriga muito, estou doida pra ver a transformação real dele pro Charada.
Como disse acima, vamos falar da demissão de Loeb… CENA MARAVILHOSA! Não sei se é porque eu realmente amo o Pinguim, mas foi uma das melhores cenas do episódio pra mim. Após Gordon conversar com Bruce e o mesmo lhe dar o conselho de que às vezes para se alcançar coisas boas, precisa-se fazer algo ruim, Jim aceita a oferta de Pinguim e cobra a dívida ao cara que Pinguim pediu e claro, é muito bem sucedido apesar da resistência do mafioso. Sendo assim, Pinguim vai à casa de Loeb com Victor (esse cara me dá um medo bizarro) e tortura-o  fazendo com que ele escolha a morte ou a demissão de seu cargo e a readmissão de Jim e Loeb faz uma escolha sensata e deixa o cargo. Lindo, apenas lindo.

5

Por fim, com a fuga dos vilões de Arkham, Lee e Gordon se preocupam com Barbara já que no dia anterior ela havia ligado pros dois e ameaçado Lee, mas com certeza isso ainda irá dar muito pano pra manga.
E vamos ao Bruce que fechou o episódio, depois de tentar descobrir o código para entrar na sala secreta do pai, ele e Alfred constroem uma bomba e entram na sala onde tem uma carta de seu pai falando que depois de seu nascimento, resolveu mudar a forma de encarar os negócios da família (com certeza deixar de ser corrupto e fazer as coisas da maneira certa) e admitindo que estava sendo perseguido e se Bruce estivesse lendo isso, ele e sua mãe estariam mortos. Por fim, ele pede a Bruce que escolha a felicidade em vez da verdade, a não ser que ele sinta um verdadeiro chamado pra ele. E já sabemos que sentirá né minha gente? Por enquanto, to achando Bruce meio chatinho, mas estou esperando para vê-lo aos poucos se transformando no meu herói preferido, Batman.

6

No geral, eu achei o episódio bom, mas nada de maravilhoso ou sensacional, mas como está apenas começando, tenho fé que essa temporada tomará um rumo muito bom, diferente do que aconteceu na metade da 1ª em diante, que caiu bastante o nível.

Carol2

Caroline Azevedo
Caroline Azevedo

Complicada e perfeitinha. Me tira tudo, mas não me tira minhas séries e a música. Já que não tenho o meu mozão, shippo os mozões do mundo seriador: Delena, Captain Swan, Olicity e Zade são os principais. Entre os meus vícios, estão The Vampire Diaries, Once Upon A Time, The Originals, Arrow e Supernatural.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: