Posts Populares

Gotham – S04E12 – A Dark Knight: Pieces of a Broken Mirror

É de encher os olhos de lágrimas.

E é mesmo. Que episódio foi esse? Tudo errado, nada encaixou! Foi difícil aguentar até o fim, mas cá estou eu pra falar tim tim por tim tim o que achei. E vamos começar falando do que achei que seria o enredo principal da temporada: Bruce Wayne. Ok, eu aceito que Bruce tem que passar por esse momento de desencontro, mas o que me incomodou mesmo aqui foi o desleixo de Alfred. O personagem, que deveria ser uma âncora, um porto seguro pra Bruce, simplesmente virou as costas e foi embora. E lá foi ele inserido em um enredo sem pé nem cabeça, totalmente desnecessário. Quando penso em Alfred e Bruce, penso naquele cara que é mais que um mordomo, que é aquela pessoa que vai segurar Bruce quando ele cair. Infelizmente, a série não seguiu por esse caminho.

Precisamos falar de Ivy. Meu Deus, que atropelamento que essa menina teve! Ela era uma pirralha, depois uma adolescente, agora já é uma adulta com poderes. Tudo muito mal contado, tudo meio sem noção. Os efeitos dos poderes dela tão massa, e espero que essa parceria com Selina dê frutos!

Antes de chegar ao principal do episódio, vamos falar de outras pontas soltas. Cadê Sofia Falcone, Pinguim, Jerome e tal? Fizeram falta! Lee e Nygma não tá colando mais. Esse papel de chefe do crime não colou com Lee (nem os looks), e Nygma com esse choque de personalidades que não leva a lugar nenhum também não rolou. Espero que consigam dar um norte pros personagens. Ainda teve Butch e Tabitha numa interação nada a ver, com Butch recobrando a consciência e deixando de ser Grundy.

 

O principal do episódio foi Jim Gordon e essa vontade de se redimir com Bullock. Pra que começar, ainda não entendi por que Harvey tá fazendo esse showzinho todo, mas vida que segue. Fato é que esse imbróglio dos amigos segue e também não acrescenta nada. O que acrescentou foi o encontro de Lee e Jim. Achei bem bacana pro desenvolvimento do personagem, principalmente caindo na real que a velha Lee já era. No geral, o personagem precisa de uma guinada. Se a série for mesmo finalizar no fim dessa temporada, precisamos de um Gordon com sangue nos olhos, que dê o nome, e que não fique na mesma todo o episódio.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Gerson Elesbão

Um @gerson incomoda muita gente, um @gersonrealoficial incomoda incomoda incomoda muito mais! É DC, é Marvel, é Netflix, é reality. Se a série for boa, chama no probleminha, bebê!

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu