Só porque podemos viver sem uma coisa, não quer dizer que precisamos.

Muito foi especulado sobre se Derek estaria repetindo o ciclo e traindo a esposa em DC, pela ligação que uma mulher atendeu de seu celular. E esses dois episódios tentam nos esclarecer, com historias paralelas muito boas.

O Alzheimer voltou a assombrar nosso hospital e a história foi bem trágica. Resultando na morte de uma grávida e uma das cenas mais fortes que já se passou na série. Digo, aquele parto relâmpago e me coloco no lugar de Wilson e reagiria da mesma forma.

E o homem que causou o acidente, no final das contas não tinha Alzheimer e sim um acumulo de fluidos e após descobrir o que tinha causado, resolveu que era melhor esquecer tudo a viver com a culpa. Foi uma decisão mais do que egoísta, ainda mais pra deixar o abacaxi para sua adorável esposa que sempre se dedicou em cuidar dele e por um momento de descuido é quem terá que viver com a culpa.

E Callie que finalmente resolve se aventurar, foi pegar justamente uma ex psico de Arizona e ainda o melhor foi Arizona esclarecendo sobre o fato e foi bom perceber que ambas estão seguindo em frente sem ressentimentos.

April depois de passar por todo aquele trauma vem como uma de tarada pra cima do marido e entendo a reação de Jackson ao fato, mas também acho importante que sigam em frente e nos deem muitos bebes Japril futuramente.

O caso de Alzheimer da semana serviu para uma aproximação de Maggie e Richard e foi importante ele esclarecer o fato que Ellis teve a doença, e infelizmente já sabemos que ela também tem uma pré-disposição.

Outro ponto importante foi o quarteto formado por Alex, Callie, Maggie e Meredith e fez lembrar dos primórdios quando tinha Xtina, Izzie, George e que eles usavam aquele mesmo espaço para conversar. </3

E nessa semana ainda teve mamãe Hunt e foi mais que adorável, depois de um acidente no banheiro, descobrimos que ela tem um namorado mais novo que Hunt e aí vem toda aquela dúvida se ele realmente a amava ou estaria tentando se aproveitar. E não esperava uma reação diferente. Mas no final, assim como nós, ele viu uma possibilidade. E ainda rendeu boas cenas da mãe com Amelia e só acho que faltou uma apresentação apropriada pra sogra.

Wilson e seu caso do sangue suga foi engraçado e não posso nem imaginar como seria viver com um bicho daquele na cavidade nasal, mas ainda bem que foi detectado antes de chegar no cérebro. E muito deprimente Steph querendo subornar os outros por cirurgias e ainda com só $50, desnecessário.

Com Derek aparecendo de surpresa no meio da noite, uma pulga foi colocada atrás da orelha de todos. Se ele veio de maneira tão repentina é que alguma culpa no cartório e é difícil engolir que ele teria deixado seu celular no laboratório.

Meredith tenta ocupar sua mente e até consegue por boa parte do dia, mas o problema ainda a estava esperando em casa. Desde o começo dessa season o casal MerDer não tem estado em sua melhor fase, e a decisão de Derek ir satisfazer seu ego em DC foi egoísta, mas até que conseguimos compreender. Mas no final das contas, ele percebe que é Meredith quem o faz feliz nos fazendo reviver de novo, que não importa o quanto ele queira, essa felicidade dele nunca é plena.

Houve beijo com a nova colega de trabalho sim, teve uma pontinha de traição sim. Mas ele realmente precisaria de viver tudo isso pra voltar igual um cachorro arrependido?! Eu não sei o que Shonda tem preparado exatamente, mas tenho esperanças desse ciclo acabar logo.

Já shippei muito MerDer, mas depois de tanto tempo, a relação deles está desgastada, ainda há amor e Meredith já deixou claro que consegue viver sem ele (maré de sorte tá aí pra isso) e quer ainda compartilhar uma vida feliz ao seu lado, mas se for pra ele voltar pra Seattle se sentindo frustrado e jogando na cara como fez antes, please don’t.

Ps01: Só Derek aparecer e a maré de sorte acaba, tá difícil de defender!!

Ps02: Por favor mais de Owen e Amelia! <3

Ps03: Que abraço lindo entre Mer e Alex!!!

Ps04: Tocar Ed Sheeran por dois episódios não tá ajudando a conter as lágrimas!!

Mariana Dias Gomes
Mariana Dias Gomes

Mineira e leonina com personalidade forte mas do coração bão apesar da ironia. Futura engenheira, bebe vodkinha no happy hour e come muita gordice pra acompanhar!! Nas horas vagas tenta colocar as mais de 80 séries em dia e ainda comentar algumas!!!
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: