Posts Populares

Grey’s Anatomy – S14E09 – 1-800-799-7233

Estava tudo ÓTIMO, até que veio aquela cena final…

FINALMENTE a série do milênio, Grey’s Anatomy, voltou do seu breve hiato de fim de ano com um tiro atrás do outro. Como já sabíamos após a última cena do episódio 14×08, o ex-marido de Jo, Paul Stadler, chega ao Grey Sloan e todos ficamos absolutamente chocados. Esse episódio foi muito focado nessa interação entre os dois, mas não só.

Acho que falo por todos nós quando digo que queria entrar na tela do computador e matar o Paul eu mesma assim que abriu a boca com aquele papo de “esta é minha noiva, ela me mudou! Agora sou uma pessoa completamente diferente!”. Como já diria nossa querida Mônica: ATA.

O pior de tudo provavelmente foi a Arizona e o Webber tratando o Paul como uma estrela do rock, uma pessoa incrível, enquanto todos nós sabíamos a verdade. A evolução da interação dos personagens com o Paul foi algo lindo de se ver, porque assim que a Arizona soube o que ele tinha feito ela imediatamente passou a ajudar a Jo a se livrar daquele monstro, enrolando ele pra que a ela pudesse alertar a noiva. “AH MAS O TRABALHO DELE COMO MÉDICO É INCRÍVEL, TEMOS QUE SEPARAR AS COISAS!” Não, não temos. Um abusador é um abusador, e ponto final. Ele só era um abusador mais inteligente que a maioria.

Além da Arizona, a Meredith também foi absolutamente fantástica nesse episódio. Desde o momento em que ela fala “I know who you are” para o Paul eu já me tremi inteirinha. Por fim, tivemos aquela cena lindíssima do abraço entre ela e a Jo, e a frase ícone: “You are Jo Wilson. I know exactly who you are.” A minha única crítica é a seguinte: naquela cena em que o Paul começa a gritar após descobrir que a Jo passou o telefone pra noiva dele, se fosse EU, teria feito um escândalo na mesma hora pra que tirassem ele dali, porque era óbvio que ele ia dizer ou fazer algo terrível pra Jo. E claro que ele fez isso, aterrorizando ela até que a coitada disse que queria ele morto para o Karev, e todos sabemos o que aconteceu no final.

Quanto aos outros plots, a história do DeLuca e da Dra. Bello mal começou e eu já quero que pare. Espero que alguém além de mim já tenha reparado que o ator que faz o DeLuca (Giacomo Gianotti) é MUITO RUINZINHO, coitado! Sim, ele é lindo, parece ser uma ótima pessoa etc., mas a atuação é péssima. Quando ele estava sofrendo com a cara toda quebrada depois do Karev bater nele era OK, mas depois que ele virou basicamente o alívio cômico da série (depois que a irmã dele veio para o GSMH e eles tiveram aquela ceninha de gritar um com o outro em italiano, ou naquele episódio que os homens foram todos dar um passeio de barco e ele ficou pra trás pra limpar tudo, etc.), dá pra ver que a comédia fica extremamente forçada.

Mas ainda bem que não temos somente um alívio cômico, porque enquanto o DeLuca é péssimo nisso, o Glasses/Schmitt é ÓTIMO! Acredito que seja intencional que ele seja inclusive parecido com o que o George era no começo: um médico completamente atrapalhado e que muitos duvidavam das habilidades, mas que de vez em quando tinha atitudes heroicas incríveis. Já amamos!

Mas o ponto alto do episódio foi a solução do problema dos hackers que atacaram o hospital. A Bailey trabalhando com aquele médico, o Dr. Casey Parker (interpretado pelo Alex Blue Davis), pra resolver o problema já que os policiais estavam mais preocupados em fazer prisões do que em ajudar os pacientes do hospital foi muito incrível. E a melhor parte: ele é trans! Que orgulho da minha série, sempre tão cheia de representatividade! E sim, gente: o ator é trans de verdade! Chorei horrores com os dois conversando e a Bailey dando as boas vindas.

“I’m a proud trans man, Dr. Bailey.” AAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!

E é possível que seja o fim do casal mais odiado de todos os tempos, mesmo que eu ame os dois juntos: Maggie e Jackson. Depois de eles quaaaaaase ficarem juntos no vestiário, a Maggie acabou indo pro encontro do Tinder e eu já chuto que ela e aquele cara vão namorar por pelo menos algum tempinho nessa temporada.

E por fim tivemos aquele final que eu, pessoalmente, achei péssimo: provavelmente Jo e Karev atropelaram o Paul, deixando ele à beira da morte e sob cuidados intensos no Grey Sloan. É o seguinte: essa reciclagem de plots está ridícula. Todos sabemos que o Alex tem problemas em controlar a raiva dele e tal, mas depois de ele quase ser PRESO, o MÍNIMO esperado era que ele tomasse jeito e JAMAIS cometesse um erro imbecil desses novamente.

Ainda há chances de que não tenham sido os dois, já que o episódio acabou logo em seguida e não deu tempo de eles se explicarem (e eu tenho uma teoria mirabolante de que, na verdade, quem atropelou foi, de alguma forma, a noiva dele, que percebeu que o cara é um monstro), mas é mais provável que tenham sido eles, e eu já odiei. Depois de todos lidarem de maneira exemplar com o ex-marido abusivo, resolvem usar esse roteiro preguiçoso só pra não deixar o homem sair da série tão cedo e alongar essa história.

E aí? Alguém mais ficou nervoso/a com a cena final? Também choraram horrores como eu? Me contem aqui, e até a próxima resenha 😉

gostou da matéria? deixe um comentário!

Isabella Oliveira

Poderia estar matando ou roubando, mas provavelmente levaria pouquíssimo jeito para a coisa, daí eu faço Direito. @brockhxmptxn no Twitter.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu