Posts Populares

Grey’s Anatomy – S14E22 – Fight For Your Mind

Arizona está mais perto de nos deixar 🙁

O episódio dessa semana começou com a Bailey tentando adereçar a questão do Roy, intern que foi demitido por ter continuado trabalhando tendo consciência de estar sob o efeito de drogas, que está ameaçando processar o hospital. Inicialmente ela não tem muito sucesso, porque como todos sabemos foi o próprio hospital que, sem querer, drogou o cara, além de a Kepner ter transado com ele (sendo ele um intern e ela uma attending), entre outros. Acabou que o menino Roy queria ser reintegrado ao seu trabalho, com pagamento pelas semanas em que ele esteve ausente, despesas médicas gratuitas pelo acidente que ele sofreu e um pedido de desculpas formal da Bailey. Bailey ficou pistola, mas acabou aceitando trazê-lo de volta para um estágio probatório de um ano, durante o qual ela vai observar ele “COMO UM FALCÃO”, e se ele pisar fora da linha, já era. Amo a Miranda impondo respeito!

O principal caso médico dessa semana foi sobre a paciente com medo crônico de hospitais, Teresa, grávida com um bebê portador de um defeito na espinha. De verdade, eu NÃO AGUENTO MAIS o DeLuca agindo de forma completamente antiprofissional. Um segundo antes a Arizona tinha explicado a condição da mulher e estabelecido que eles precisavam usar uma linguagem o mais simples possível, e um segundo depois, lá estava ele falando pra mulher “então princesa, opera hoje senão esse seu bebê aí vai nascer paralisado hein”. Alguém tira ele da série!!!

E, conforme o esperado, a Arizona salvou o dia com aquela conversa lindíssima sobre a história dela com andar de patins e como ela teve a sorte de ter a Callie tomando a decisão certa quando ela não pôde. Que mulher, meus amigos.

Também descobrimos finalmente o que aconteceu com a mãe do Karev, que parou de pegar o dinheiro que ele manda pra ela todo mês: nada. Helen Karev está viva, inclusive trabalhando. A esquizofrenia dela vem melhorando com o tempo, como se tivessem “abaixado o volume” na cabeça dela, e se ela continuar tomando a medicação e mantendo uma rotina controlada, provavelmente vai ficar bem. Alex teve momentos de muita raiva, com razão, porque quando ele e os irmãos precisaram, ela não conseguia se forçar a ficar bem para criá-los direito, mas depois que ninguém mais precisa dela, ela consegue melhorar quando “todo o dano já foi feito”. Claramente a esquizofrenia não deixa você escolher o momento em que vai ou não ficar bem, mas é difícil focar racionalmente nisso quando você cresce com uma pessoa assim e tem que ser pai e mãe para os seus irmãos mais novos quando você mesmo ainda é uma criança. Fiquei bem triste pelo Alex, forças ao ícone. E no final ele ainda foi capaz de perdoar a mãe e ficar feliz por ela. Que homem!

“Sorry me and my family are so depressing.”

E o que dizer da Meredith jogando dardos com aquele médico que odiava ela sem saber quem ela era? Melhor pessoa. Inclusive, ter a coragem para renomear o Grey Method para o Grey-Cerone Method depois de tudo que a Marie Cerone fez com ela foi, com certeza, uma das coisas mais nobres que eu já vi nessa série. Fiquei muito feliz, e concordo que essa foi a escolha certa desde que descobriram que a coitada foi assediada pelo maldito do Harper Avery. Mesmo assim, a cena dela saindo andando quando a Marie foi falar com ela com desculpinhas foi um dos momentos mais *badass* que a Meredith já teve.

Por fim, a Arizona decidiu se mudar pra New York com a Sofia, para que ela pudesse crescer com as duas mães. Claramente a menina é uma mimada SIM, mas também está muito infeliz. Me sinto totalmente como a Carina nesse momento: só queria que o que é melhor pra Sofia não fosse o pior pra nós, que é a Arizona sair da série. Mas já que isso tinha que acontecer, fico feliz que esteja sendo por um motivo tão relevante como esse.

Mais um episódio dirigido pelo anjo Jesse Williams.

E até semana que vem, com o PENÚLTIMO (SIM!) episódio dessa temporada! Até lá 😉

gostou da matéria? deixe um comentário!

Isabella Oliveira

Poderia estar matando ou roubando, mas provavelmente levaria pouquíssimo jeito para a coisa, daí eu faço Direito. @brockhxmptxn no Twitter.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu