Posts Populares

How To Get Away With a Murder – S04E06 – Stay Strong, Mama

“Eu não posso ser forte o tempo todo.”

Estamos iniciando a fase do clímax da série. As lacunas ao poucos estão sendo preenchidas, as camadas de alguns personagens estão sedo descobertas, algumas dúvidas estão sendo esclarecidas e outras não. Cada vez mais estamos mais preocupados. Faltando dois episódios para seu hiatus, e precisamos de respostas. E se tratando de How to Get Away With a Murder, ansiedade é um crime inafiançável ao público. Você não acha?

Bem enquanto o próximo episódio não chega, vamos à nossa análise, porque está bem interessante. #PartiuReview

1-Isaac e sua comovente antiética

Lembro que nas reviews anteriores, eu cheguei a comentar o quanto não confiava no Dr. Isaac, que a conduta dele não me agradava e que achava que essa terapia não passava de uma farsa. Pois é, realmente a terapia é uma farsa, mas a ele mesmo. Porém fico feliz em conhecer um pouco mais sobre sua história. E aqui descobrirmos que ele ainda sofre a perda de uma filha. O que torna a situação mais delicada, porque a história de Annalise tornou-se um gatilho e está afetando diretamente em seu desempenho como terapeuta.

Inclusive descobrimos que sua ex-mulher é que está orienta-o e aconselhando a entregar o caso a outro profissional. Porém seu envolvimento emocional o impede que cumpra com sua ética profissional. Lembrando que ele também está sensibilizado com a história de Bonnie, principalmente depois que descobriu o nível de fragilidade da fiel escudeira de Annalise. Posso estar enganado, mas esse jeito negligente de Dr. Isaac, vai trazer maiores problemas a ele. Independente de tudo isso, continuo não confiando nele. E você?

2-Bonnie e seu desconhecido reconhecimento

Cada vez mais estou sensibilizado com a situação de Bonnie. Sem sombra de dúvida, o último episódio foi uma surpresa e ao mesmo tempo esclarecedor. Essa necessidade que ela tem em se destacar foi justificada, assim como sua conexão com Annalise – e o quanto ela se cobra demais. Um detalhe importante que percebi, foi o fato dela tentar evitar as revisões dos casos de Virginia Cross por Annalise. Essa postura acabou sustentando mais minha convicção sobre tudo isso que está acontecendo na promotoria, em ser um plano secreto entre ela e Annalise.

Digo isso, porque ela foi pega de surpresa por Danver ao tirá-la do caso da investigação da Ação Coletiva. E se refrescarmos nossa memória, Bonnie sempre se culpa quando suas estratégias falham, porém ela sempre tinha Annalise para confortá-la e ajudá-la a enxergar que seu esforço não foi em vão. E se essa teoria estiver certa, mal ela sabe que está dando certo. O fato dela ser afastada do caso, a ajuda ficar longe de qualquer suspeita. Quanto ao ombro amigo que ela tanto precisa? Ainda bem que Asher chegou bem na hora para isso.

2-Açâo Coletiva: A Pedra no Sapato de Denver

Não adianta bater de frente com Annalise Keating, porque o impacto será devastador. Mas como fazer o promotor Denver entender isso? Esse é o problema de quem se acha esperto, acaba se enrolando cada vez mais. O desespero dele é tão grande que ele tenta envolver Bonnie nas sabotagens meia-boca, sim meia-boca. Onde já se viu ameaçar aqueles que irão participar da Ação Coletiva? Bonnie que não é galho fraco, só faz jogar um balde de água fria em Denver, e aproveita para lavar suas mãos. O afronte foi tão forte, que ele a tirou do caso. Muito bem Bonnie, continue assim.

E assim o baile segue, Denver tentando puxar o tapete de Annalise, e ela caindo de pé, e desta vez com a ajuda de Connor – melhor parceria. O promotor tenta de todas as formas sabotar a ação coletiva, mas Anna Mae é mais esperta,  joga a merda no ventilador. Nada como uma coletiva de imprensa para chamar  a atenção de todos. Agora que todos estão visados, um passo em falso e todos da promotoria caem. Mais uma vez Mrs. Keating mostrando que não existe em seu vocabulário a palavra “perder”. Outro ponto interessante nisso tudo é Nate, sua postura demonstra um discreto apoio à Annalise. Com certeza tem mais coisas por aí e sua participação é mais ativa do que pensamos, afinal é HTGWM – tudo é surpresa.

4-Caso Antares: Verdade ou Consequência

Enquanto isso as coisas esquentam na Coplan & Gold, e a conta Antares é o principal motivo. Michaela e Oliver estão se arriscando cada vez mais, porém a incerteza fala mais alto. Não podemos julgá-los, afinal tudo aquilo que é aparentemente correto, gera dúvidas. Porém a chegada repentina de Jorge Castillo (pai de Laurel) e a descoberta da sigilosa abertura de ações da conta Antares, estar ligada a morte de Wes, faz com os dois tenham uma visão diferente da situação. Principalmente quando Oliver descobre que estão criando um servidor de segurança para Antares, para evitar ser hackeado, e que seu acesso apenas poderá ser feito pelos quatro sócios que possuem um crachá codificado – e Tegan Price é uma delas. Porém temos um pequeno problema, o emocional ofuscando o racional – como sempre.

Em uma pausa para bons drinks com sua chefe, Michaela conhece o lado solitário do sucesso de Tegan Price. Agora você já se perguntou que isso pode ser uma jogada para sensibilizá-la? Repare bem nos argumento de Tegan: uma história triste, depois um suposto sonho e depois diz à Michaela que irá contratá-la – que é o que mais ela deseja, ser reconhecida. Caiu a ficha? Tegan já sacou que está sendo investigada, então a solução é sensibilizá-la. Afinal de contas, conquistar a confiança de alguém usando o apelo emocional, é uma jogada que mestres na arte de manipular, sabem dominar. Querendo ou não, Tegan Price e Annalise, têm perfis parecidos.

5-A insegurança Mata aos Poucos

Comprovamos isso com a situação que Connor estava passando. A insegurança o estava levando a um caminho depressivo, por pouco ele não caiu no caminho da infidelidade. Porém ele foi mais forte, e procurou quem realmente o conhecia, Annalise. Confesso que gostei dessa parceria, porque ambos têm o feedback de suas qualidades, e um está ajudando o outro. De uma coisa é certa, se Connor está tentando provar que ele é o homem ideal para se casar com Oliver, ele está conseguindo. Porém estou preocupado. Onde ele está que ainda não apareceu nos trechos do futuro, no dia do nascimento do bebê de Laurel? Estamos no aguardo.

Se o drama de Connor me preocupa, o de Asher me faz rir. Admita, não tem como se aborrecer com a insegurança dele. Porém vamos dar um desconto, afinal o culpado disso tudo foi Frank, que plantou a semente da discórdia. O rapaz ficou tão neurado que cogitou a possibilidade de Michaela e Laurel estarem tendo um caso – a cara dele contando essa possibilidade foi o ápice, só rindo mesmo. Agora será que fato dele estar preso, tem haver com ciúmes? Será que Tegan Price foi a vítima?

E antes de finalizarmos, tivemos mais uma revelação do dia do sumiço do bebê de Laurel, Annalise em um chuveiro cheia de sangue. Será que ela tentou suicídio, ou está baleada? E o Connor que ainda não apareceu? Será que ele que está com o bebê, fugindo para escondê-lo? Faltam dois episódios para encerrar esta primeira fase de HTGAWM e será que teremos respostas? Deixe seu comentário e vamos compartilhar nossa teorias.

Até a próxima review 😉

gostou da matéria? deixe um comentário!

  • Fernando Costa

    Achei as reações do Asher desnecessárias, a série já tem uma carga dramática forte, não precisava disso. Estou amando a aproximação da Laurel e do Frank de novo haha a teoria da Tegan é muito boa, e faz sentido, mas não acho provável, até porque, foi a própria Michaela que ofereceu os drinks, não ela. A temporada esta se desenvolvendo muito bem, amando ver o crescimento da Analise. Deus abençoe que continue assim!

  • Fernando Costa

    Achei as reações do Asher desnecessárias, a série já tem uma carga dramática forte, não precisava disso. Estou amando a aproximação da Laurel e do Frank de novo haha a teoria da Tegan é muito boa, e faz sentido, mas não acho provável, até porque, foi a própria Michaela que ofereceu os drinks, não ela. A temporada esta se desenvolvendo muito bem, amando ver a evolução da Analise. Deus abençoe que continue assim!

  • Bruno D Rangel

    Não acho que Tegan esteja enrolando Michaela não. É uma boa teoria, mas não acredito nisso.

    Achei genial o lance do Asher e do ursinho! Não sei se ele apagou a gravação e essa aproximação dele e Bonnie pode dar pano pra manga, como ele entregando pra ela a gravação.

    Sobre a vítima da Caplan & Gold não tenho suspeitas, mas sobre a vítima do apartamento de Annalise, acredito que seja Connor ou então a própria Laurel tenha sido ferida lá e levada para o hospital, ou até quem sabe tido o filho e Annalise tenha a ajudado. Não vi muito bem se o sangue na advogada é dela mesmo (e ela foi ferida) ou de outra pessoa.

Dandy Souza

Um libriano amante de um bom suspense casado com o belo terror psicológico, porque a vida precisa de emoções. Seu lema: “toda obra tem sua moral, então fique atento aos detalhes”. Twitter: @dandysouza81


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu