O mistério do culpado da morte de vocês sabem quem está me enlouquecendo, vem ficar louco comigo…

Olá querides, eu mesma, Andy Lucena, estou aqui para comentar com vocês todos os babados do ultimo episódio de How To Get Away With Murder, que só vem dando tiros na gente. Vamos lá!!

O episódio começa com um flashback da conversa de Wes com Frank, onde os dois começam uma mini discussão sobre quem é mais interessante na vida de Annalise e Laurel. no tempo real Frank está na delegacia depondo e contando que ele quem matou Wes, ele diz que levou Wes até a casa de Annalise e o matou usando Clorofórmio, mas nada disso aparece no flashback, o que me leva ainda mais a suspeitar que é tudo uma mentira de Frank para livrar o nome de Annalise.

Enquanto Frank depõe, a polícia tira Annalise de sua cela e a leva a um lugar que inicialmente não sabemos e nem eles falam. Annalise é levada até a delegacia para falar sobre Frank . Frank faz os policiais verem as gravações das câmeras em frente à delegacia, o que prova que ele realmente encontrou Wes.

Bonnie chega até a delegacia e encontra Frank sendo preso, ele grita que matou Wes, mas é aquela coisa né manas, não dá pra acreditar muito! Connor, Michaela e Asher são atendidos pela reitora da universidade, que está acompanhada de um advogado e Michaela vem mostrando cada vez mais que ela é o maior nome para suceder Annalise, batendo de frente com a reitora e mostrando que o único objetivo ali é desvincular Annalise e não uma preocupação de fato com eles ou com a morte de Wes, minha menina Michaela defende Annalise como numa vimos nenhum dos “protegidos” pela mesma a defendendo, essa menina só me orgulha cada vez mais.

Daí vamos para o núcleo da advogada que quer destruir Annalise a qualquer custo e eu ainda não entendi o motivo. Ela e seu “comparsa” da Promotoria colocam Nate de volta ao caso de Annalise, mandando ele ir colher informações com Laurel no hospital. Nate conta a Laurel que Frank se entregou para a polícia sobre a morte de Wes, mas não tem muito sucesso em obter informações já que Laurel não é burra, né manes! Maggie vê Nate saindo da sala de Laurel e a observa ligando para Bonnie para confirmar se Frank tinha realmente assumido o assassinato, isso me deixam duas dúvidas na cabeça: Maggie está envolvida no assassinato de Wes? Ou ela é apenas uma curiosa sobre os segredos que envolvem Annalise e seus alunos, assim como sobre a morte do próprio Wes? Mas sinto que essa garota está cada vez se envolver mais na loucura desses personagens.

Bonnie vai falar com a Advogada do demônio que quer incriminar Annalise de qualquer forma e nota que eles têm provas contra Frank mas não querem usá-las, dessa forma ela pede ajuda a Asher, Michaela e Connor para ajudá-la no caso e quando diz para pedir a ajuda de Oliver para hackear a promotoria, Connor, que está cada vez mais chato, conta que Oliver sabe sobre a morte de Sam e que ele mesmo contou por ser um idiota e ele está sendo mesmo!

Michaela fala que vai tentar consertar as coisas com Oliver e Connor tenta impedir com argumentos do tipo “Não deveríamos ajudar Annalise” blablabla, que menino chato! Eles começam uma briga que é interrompida por uma Bonnie sensata admitindo estar com medo, sobre como Annalise está destruída dentro da cadeia e que a vida de todos eles está em risco.

Annalise volta para a cela e uma das detentas que implica com ela a acusa de ter matado Wes, mostrando um jornal com a matéria de capa também a acusando, é aí que começa um diálogo interessante entre as duas presidiárias que dividem cela com Annalise, lembrando que ambas são negras, enquanto uma diz que basta policiais matando negros, ainda tem pessoas negras também os matando, mas a outra contrapõe dizendo que pessoas inocentes, principalmente negros, também são incriminadas por crimes que não cometeram, Annalise por sua vez não diz nada, apenas se deita pensativa e aparentemente consumida por tudo aquilo, imagino a dor que essa mulher deve estar passando, eu particularmente não acho que ela matou Wes, sempre ficou muito claro para todos nós que ela o tinha como filho, ainda mais depois de todo o passado que envolve ambos.

Meggie vai falar com Laurel e conta que ficou sabendo que tiraram as acusações sobre ela e que Nate tinha ido até o hospital visitá-la, ela tenta colher informações, mas Laurel diz que elas não são amigas e que ela não pode ver informações sobre a ficha dela, já que ela não é sua médica, foi um tapão e eu senti o impacto aqui mores.

Michaela, Connor e Asher vão conversar com Oliver, Michaela comanda tudo brilhantemente, diz que Sam mereceu e que Annalise confirmaria isso, ainda dá um pisão em Connor, e fala que Oliver precisa hackear a promotoria. Que mulher!!

Nate vai até a advogada que eu juro não lembrar o nome, ela pergunta se ele tem informações sobre Laurel, mas ele não tem, logo depois ela interroga Frank, alegando que ele quer defender Annalise por ela ter salvado a vida dele, mas ele diz que realmente matou Wes e que Annalise amava Wes, paralelamente a isso mostram cenas de Annalise indo tomar banho na cadeia e sofrendo pressão das outras detentas, que a acusam de ter matado Wes e falam sobre o aplique no cabelo caro dela. As detentas estão cada vez mais perto de Annalise e ela se descontrola, falando que se elas chegarem perto dela ela vai quebrar a cara delas, mas uma das detentas defende Annalise, que sai do banheiro.

Na cela a detenta que defendeu Annalise pergunta a ela se ela está tentando ser morta, então ela oferece um canivete para Annalise, mas uma policial chega na hora dizendo que ela tem uma visita e por pouco não vê o canivete. A visitante de Annalise é, por incrível que pareça, a reitora da faculdade, ela conta que teve uma conversa com Michaela, Connor e Asher, dizendo que eles a defenderam, Annalise a confronta perguntando o que ela foi fazer ali e ela diz que só foi ver se ela estava bem, Annalise diz que está bem, mas claramente não está né irmãs.

Connor fica chateado com Michaela por ela ter chantageado Oliver, mas ela diz que não foi uma chantagem, o que também não acho que foi, achei ela bem sincera. Já Asher mostra um motivo para gostarmos dele ainda mais, ele explicar a Oliver que entrou para o grupo um pouco depois e que sabe como deve está sendo difícil para Oliver processar tudo e que quando ele precisar de um abraço ou conversar, ele vai estar ali, olha, ainda acho Asher “apenas branco” como diria Wes, mas ele vem provando cada vez mais ser uma pessoa adorável e que é bom se ter por perto, principalmente quando se convive com pessoas tão desgraçadas da cabeça como esse núcleo central criado pro Shonda Rhimes. Os 4 descobrem um corpo nos arquivos de Annalise, e é o corpo de Rebecca, nesse momento alguém bate à porta e eles ficam assustados, mas Michaela rainha manda todos agirem normalmente, quando abrem a porta, é Bonnie. Ela já chega perguntando se eles encontraram alguma coisa, e menines, não esqueçam, ela quem matou Rebecca. EU TO GRITANDO!!!

Nate vai conversar com Frank e diz que ele está tentando proteger Annalise e que Wes não morreu no incêndio, mas Frank retruca. Olha eu até gostava do Nate, mas ele contra Annalise não tá sendo legal. Bonnie conta a Oliver, Michaela, Oliver e Asher que não foi Frank que matou Rebecca e pede para eles relaxarem, Oliver descobre que estão pesquisando tudo que envolve Annalise, claramente estão a procura de um podre dela para acabar com a carreira de nossa Anna. Notamos que uma coisa muito maior está atrás dos nossos amados protagonistas e Bonnie sugere que Annalise coloque a culpa de tudo em cima de Frank, pelo seu histórico seria fácil de incrimina-lo, Annalise por enquanto não dá uma resposta concreta sobre a ideia.

Connor dá a ideia de fugir para a Rússia com Michaela, Oliver, Asher e Laurel, mas Michaela diz que eles não gostam de LGBTs lá e Asher presumi que também não gostem de negros, Connor insiste na ideia, mas o passaporte de Asher está vencido e a ideia vai pelos ares, é quando Laurel conta que Meggie está agindo estranho com ela e Michaela se pergunta como todos eles podem ser tão estupidos.

Bonnie tenta estabelecer um acordo de imunidade para Annalise com a advogada do demônio, que se recusa e começa a provocar Annalise, a culpando pela morte de Wes e por desestabilizar estudantes com problemas, infelizmente Annalise não se controla e parte para cima dela, mas é contida por um policial. Gente, que raiva dessa mulher, como se não bastasse o sofrimento da minha Anna, ainda ter que vê-la sendo atacada assim, por um crime que eu acredito que ela não tenha cometido, está me dando um aperto no coração.

Michaela, Laurel, Asher e Connor estão no hospital assistindo uma série de comédia, Bonnie chega dizendo que precisa falar a sós com Laurel e os outros ficam na defensiva, eu achei essa cena belíssima, me mostrou como os 4 se veem como irmãos, a relação que cresceu entre eles é realmente muito bonita. Bonnie conta que Laurel tem como resolver o caso de Annalise e a cena corta para Annalise voltando a cela e pedindo a lâmina a sua colega detenta, ela então começa a cortar o cabelo, em mais uma cena belíssima de uma mulher negra e sua relação com o cabelo, que How To Get Away With Murder sabe fazer muito bem.

Asher tenta agradar Michaela imitando um massagista de nome Gustav, só ele para conseguir quebrar a tensão que rodeia How To Get Away Murder viu! Michaela claramente não entra no clima, então ele para e agradece a ela por se colocar numa posição de poder e comandar as coisas nesse momento que todos eles estão muito desestabilizados e olha gente, eu não costumava shippar esse casal, mas estou cada vez mais apaixonado pelos dois.

Connor vai até Oliver, que já o recebe na defensiva por ter sido chantageado por Michaela, eles conversam e Oliver tenta entender como Connor consegue viver dia após dia depois da morte de Sam, até que Connor conta que deveria ter o rejeitado ou feito ele o odiar, mas não o fez pois precisava dele e eu só consigo pensar “MEU CONNOR ESTA VIVOO!”. Oliver diz que precisa de Connor também e pergunta se ele pode o abraçar, eu fiquei toda derretida e vibrando pois meu OTP está vivoooo #ColiverIsBack AAAAAAAAA

Os detetives vão ao hospital colher o depoimento de Laurel e ela conta sua história com Frank e Wes, além de mentir sobre algumas coisas para incriminar Frank, como sobre ter visto ele no porão da casa de Annalise no dia do incendio, só que ela não viu o rosto da pessoa que ela viu no porão, então isso significa que Annalise aceitou o acordo de Bonnie e vão culpar Frank, o que não me atinge em nada, já que acho Frank meio embuste.

Frank, ainda na delegacia, tem um flashback da sua conversa com Wes, que o acusa de ter feito coisas para Annalise, como matar pessoas, ele ainda pergunta se foi ele quem matou Rebecca, Frank fala que ela fugiu, mas Wes diz que sabe que ela foi assassinada e Frank fica calado. Os detetives chegam e anunciam a prisão de Frank pelo assassinato de Wes e pelo sorrisinho no rosto de Frank, ele adorou.

No Flashback Wes continua acusando Frank de ter matado Rebecca, então ele diz que matou o pai dele, mas não a matou. Nate e a advogada embuste estão conversando e Nate não aceita que Frank vá preso pela morte de Wes, alegando que ele morreu antes do incêndio, acusando até de ser tudo uma armação, é quando a advogada se vira contra ele, dizendo que ele é um suspeito e perguntando se ele está protegendo Annalise, eles têm uma mini discursão e Nate sai, gente tem alguma coisa com esse homem!

Ainda no flashback Wes pede para que Frank o leve de volta à delegacia, Frank se recusa e ele sai do carro para ir andando, ou seja, não foi Frank que levou Wes até a casa de Annalise. Bonnie conta a Annalise que acusaram Frank como cúmplice dela no assassinato de Wes, então Annalise diz que merece tudo que está acontecendo e é vez de Bonnie ter um flashback, eu to toda me tremendo Rosana.

O babado é o seguinte manas, Bonnie e Frank estavam monitorando Wes, seguindo seus passos, então acredito que a própria Bonnie tenha algum envolvimento na morte de Wes e que ela está tramando algo com Frank, faria todo sentindo após mostrar a relação deles dois no decorrer da temporada. Se for algum plano contra Annalise eu vou ficar muito chocada, ainda existe uma grande possibilidade dela está usando Michaela, Connor, Oliver e Asher, mas por enquanto não tem como saber! Aguardemos cenas dos próximos episódios.

É isso meus amores, a Andy fica por aqui! Esse não foi um episódio bombástico, mas foi importante para o decorrer da trama, afinal, nem só de plots viverá o homem! Estarei aqui acompanhando e ligado em todos os babados de HTGAWM e sei que vocês também estão. Um beijo enorme!!

Andy
Andy

19 anos, pernambucano da peste, sagitariano com asc e vênus em aquario, lua em câncer! Signo importa sim! Amante e consumidor massivo de cultura pop, além de claro, problematizadora, não pode faltar. Amém Rihanna, amém Katy Perry! Bjxxx de luxx
Deixe-nos um comentário!
  • Bruno D Rangel

    Review ruim. Muito comprida, com erros de português e cansativa. Praticamente só narra o episódio com pouca análise ou crítica. Nem sei como não desisti no meio da leitura. Espero que as próximas voltem a ficar boas como as anteriores. Nem da vontade de comentar sobre o episódio.

  • Leonardo Santos

    Como sempre a série mostra que ainda tem muito para mostrar e graças ao Pai, a ABC renovou Scandal, Grey´s Anatomy e How To Get Away With Murder (Ouvi um amém)
    Tô ficando com um ódio dessa promotora dissimulada, fica perturbando o juízo da Annalise (Que continua arrasando na interpretação), quando eu vi o frame da postagem do episódio, eu estava achando que alguma das detentas teria arrancado o cabelo dela.
    Depois desse final, eu prefiro assistir esse final de temporada e vê quem realmente matou o Wes e é esperar para vê.

  • Eduardo

    Olha, com esse final, comecei a considerar Bonnie como a assassina de Wes. Não sei se isso é bom ou uma pena. De qualquer forma, Lisa Weil é fantástica, mostrando a dissolução mental de alguém que, depois de tantos abusos, só quer salvar a pessoa que realmente ama, Annalise.
    O divertido seria se Bonnie fizesse Asher provocar a morte de Connor ou da promotora (o sobrenome dela é Atwood). Depois de Sinclair, nosso amigo “quase branco” vira serial killer de advogados, hahaha. E na última temporada ele tem que decidir entre matar Bonnie e Annalise, já pensou?
    Michaela já vinha comendo pelas beiradas e explodiu neste ep. Espero que a mãe dela volte, com um plot importante para a 4a temporada. Sinto pena de Laurel, que vai sumir um pouco, bancar a “viúva grávida e chatinha”; ela também pode virar um “monstro” como Bonnie e Michaela, ainda mais sendo RYCA (é melhor não duvidar de uma latina com sangue nozóio).
    Cansei de Connor. Ele tá praticamente um suicida com esse lance de “vou pra polícia daqui a pouco”. Tem a sorte do bobão do Oliver realmente amá-lo. Meu desejo é que Connor seja o soropositivo (ele trocou o resultado dos exames de sangue) e Oliver vire um monstro ao saber disso.
    Maggie entra pros 5keating como o lado Grey’s Anatomy da série (no lugar de Connor e/ou buscando vinganca pela morte da tia promotora). E Nate fazendo as vezes de Olivia Pope (Scandal). Quem sabe rola um bigmegacrossover no Shondaworld ano que vem?

%d blogueiros gostam disto: