Posts Populares

How To Get Away With Murder – S04E01 – I’m Going Away [SEASON PREMIERE]

Nossa How To Get Away With Murder ta viva? 

Olá acompanhantes da nossa panela mais linda repleta de séries. Na ultima semana, nossa amada How To Get Away With Murder voltou a nossas vidas. Em meio a controvérsias sobre a qualidade do episódio, vamos destrinchar um pouco sobre o que aconteceu nessa premiere, o que eu, Andy, estou sentindo nas primeiras impressões da season e o que acho que pode vir a acontecer. Vamos lá?

O episódio começa focado em Laurel, que está em um encontro com seu pai, esse mesmo, o assassino de Wes. aparentemente ela não sabe que ele matou seu namorado, ao mesmo tempo que ela está completamente desconfortável na situação. Eu particularmente acho esse pai de Laurel um embuste, machista, que tenta controlar a vida da filha, passando uma imagem de papai preocupado, tô fora! E indo contra o que muitos acham, eu não me conformei ainda com a morte de Wes, sim ele era um embuste, mas era um personagem importante na série, quando eu tava começando a gostar dele, Shonda vai lá e mata o homem. Mas temos que superar né.

Finalmente o ep começa a focar em quem nós estávamos realmente com saudades, pode entrar, Annalise! Ela vai visitar sua mamacita e logo no avião conhece um big frog suggar daddy (mas eu sou #TeamNate eternamente), confesso que dei o gritão quando ela disse que se chamava “Bonnie”, até pra isso a poby da Bonnie serve de capacho.

Annalise safadinha não deu tanta bola pro boy, mas pegou o número igual. O maior objetivo da nossa protagonista era ir tentar dar um jeito na situação delicada em que sua mãe se encontra. Como sabemos a melhor mama de seriados ever, Ophelia, está sofrendo de demência e morar sozinha pode ser um grande problema para pessoas com esse tipo de doença, além disso, Anna Mae não confia nada em seu pai, que agora cuida da mãe.  A relação entre ela e seu pai é mais um ponto explorado pelo episódio. Em que muitas das vezes, Ophelia, mesmo doente, se mostra bem mais centrada que a filha e seu marido. Olha, eu dou toda razão a Annalise em não confiar em seu pai, além de abandonar a família, ele ainda não reconhece o abuso que a filha sofreu, não da pra defender.

Ao sugerir para Ophelia que ela vá para uma espécie de asilo, Anna Mae recebe uma resposta nada agradável da mãe, essa é uma situação bastante difícil. É impossível não compreender o lado de ambas, não deve ser fácil deixar sua casa para viver num local rodeado de pessoas estranhas, onde muitas vezes não se tem muita liberdade e privacidade. Em contrapartida, é extremamente compreensível que Annalise queira sua mãe num lugar mais seguro, com pessoas que trabalhem para auxiliar a mãe em qualquer problema que ela tenha. Eu espero não passar por isso um dia.

Vamos dar uma pausa no enredo do episódio para eu contar uma curiosidade a vocês. Sabiam que o boy que dá em cima de Annalise no avião é o marido da nossa musa, Viola Davis in real life? Pois é! O nome do ator é Julius Tennon, eles são casados há 14 fucking years e tem uma filha. Não da pra saber muito bem qual o papel de seu personagem na trama da Season 4, mas eu não acredito que ele vá participar apenas desse primeiro ep. E ai, o que acharam ? Shippam esse casal? Ou são #TeamNate como eu?

E para finalizar essa subtrama do ep, ficou decido que Ophelia continuaria em casa, mas com cuidados muito pesados do seu ex-marido, com direito até a ameaça da Anna Mae e se eu fosse esse macho cuidaria bem da mamãe Keating.

Para partir nossos corações, Ophelia teve um delírio na madrugada e Annalise foi acalma-la, ainda deu um banho na mainha dela e as duas cantaram uma canção de criança, num momento fofo, eu acho lindo o senso materno de Annalise até com sua própria mãe, são por cenas como essa que eu amo HTGAWM. Para completar as duas ainda tiveram uma conversa extremamente delicada, em que Ophelia fala que tanto ela, como a filha sabem que ela está morrendo, isso foi um tiro no meu coração. Não quero nem imaginar o momento que isso acontecer e não sei vocês, mas eu chorei junto com as fadas. <3

Voltando a trama central, Annalise mais uma vez ofusca Bonnie dentro de um tribunal e consegue manter seu direito de exercer a profissão como delegada, é incrível o poder dessa mulher, mas eu sinceramente não sei como isso não incomoda Bonnie, eu sinto que por mais qualificada para a profissão que ela seja e o tanto que ela aprendeu com Annalise, não existe evolução, ela está sempre na sombra de Anna.

Já numa participação mais reduzida, Frank encontra Bonnie e continua na luta para reconquistar a confiança de Annalise. É um momento tão redundante que nem sei se merecia ser comentado aqui, mas aí está. Sinto que foi mais um recap para relembrar ao publico onde ele está e qual seu objetivo.

Após mandar uma mensagem marcando um meet com os #Keating5 #RIPWes finalmente o dia do jantar chega, Anna Mae da uma cartinha a todos e quando eles abrem, está a bomba. Annalise está os dispensando e dando uma carta de recomendação para que eles consigam outros empregos tão bons quanto o que estavam. Claramente ela está tentando seguir em frente e se culpa por todos os maus que aconteceram na vida daqueles jovens, o que pra mim é um equivoco da parte dela, gente, todos os crimes que esses menines se meteram foram causados por eles mesmos ou por terceiros, sai dessa Annalise! Esses embustes tem é que te agradecer.

No meio disso, ainda descobrimos que Laurel decide manter o filho e também que ela mentiu para o pai quando disse que abortou o nenê, obviamente por ela não confiar no mesmo. A reação de cada um dos meninos com a carta de Annalise é diferente, como suas personalidades, Laurel meio que caga e anda, literalmente, já que ela é a primeira a ir embora, Michaela tem um surto, totalmente compreensível, Annalise sempre foi uma inspiração para ela, afinal ela se via muito na advogada, negra e bem sucedida, seu objetivo era ser Annalise e em minha opinião ela é a mais qualificada para o posto, até mais que Bonnie. Asher fez um comentário tosco e imemorável, como sempre. E Connor foi Connor, apenas agradeceu de forma apática, preguiça por esse homem me define.

E quando pensávamos, nós e a Bonnie, que ela tinha escapado da tour das recomendações, mamãe Keating tira da bolsa a carta de recomendação da filha mais velha e simplesmente levanta da cadeira e sai, sem nem olhar para trás enquanto Bonnie chama por seu nome. Eu não vou mentir, senti a dor da menina, afinal ela se dedicou muito para Annalise e se envolveu em muita coisa, porém o peso de Michaela ainda conseguiu ser maior. Bonnie segue sendo ofuscada né mores.

É assim que finalmente nossos personagens parecem que vão progredir, Michaela e Asher vão com sangue nos olhos atrás de novas vagas de emprego, inclusive Asher tem que agradecer por ter Michaela na vida dele, ou a situação iria estar difícil para ele, a mulher é a base dele.

Já o casal que eu mais amo odiar e shippar, ao mesmo tempo, #Coliver então no dilema chamado “casamento”, Oliver, anjo e fada do casal, pede o embuste do Connor em casamento, mas para variar o embuste fica pensando na morte da bezerra para dizer logo um sim, gente, eu digo isso porque não é todo dia que se encontra alguém como Oliver, qualquer outro boy já teria caído fora há muito tempo dessa relação, afinal Connor tem “problema” tatuado na testa. Bom eu não vou julgar Oliver, afinal todos nós já fomos trouxas nessa vida, não é mesmo? Talvez eu esteja sendo nesse momento, mas enfim, será que saí o casamento #Coliver ou mais uma vez Connor vai f**er com a vida desse menino.

Já a cristal Laurel de alguma forma descobriu que seu pai é o assassino de Wes. Como ela descobriu isso parece que só vamos descobrir com o decorrer da temporada, ou assim eu espero. O babado é certo e isso explica muita coisa, como o fato dela não ter contado totalmente sobre sua gravidez ao pai, tendo dito que abortou a criança.

Bonnie parece ter ficado com rancor por Annalise te-la dispensado, ela foi numa entrevista justamente na promotoria que lascou com Anna Mae, é nesse momento que aparece meu crush supremo, Nate. Fica o questionamento se esse novo emprego vai levar Bonnie a trair Annalise ou se tudo isso é uma armação para derrubar esses embustes.

Logo no finalzinho do ep descobrimos que Annalise está iniciando uma terapia para se curar de vez do alcoolismo, mas uma prova da sua vontade de evoluir e voltar a ser a advogada respeitada que era antes. A limpagem de imagem é real mores.

O interessante é que num epílogo, Laurel está no hospital e seu bebe some, ela entra em desespero e pergunta incansavelmente a Frank onde está a criança. O mais estranho é que quem também está no local é o terapeuta de Annalise. Esse terapeuta que é ninguém mais, ninguém menos que o mesmo ator que vive o pai de Mylene Cruz em The Get Down.

Bom, aqui vão minhas teorias para o enredo central dessa season:

  1. O pai de Laurel descobre que a filha está gravida e sequestra a criança ao saber que o bebê é de Wes.
  2. Annalise entra em surto e sequestra a criança, já que ela supostamente pode ser avó do bebê. Isso explicaria o motivo do terapeuta está no hospital.

Mas esse é só o primeiro episódio da temporada, tem muita coisa para acontecer e sabemos que muitas vezes HTGAWM nos surpreende. Não da para saber se essa vai ser uma boa temporada de agora, mas eu espero que seja. Esse foi um episódio bom para matar as saudades de alguns personagens e perceber mais uma vez como Viola Davis é uma atriz incrível, que muitas vezes carrega essa série nas costas. Vamos torcer para que a season surpreenda.

Então é isso meus anjos, espero que tenham gostado!

Prometo que o EP2 não vai demorar tanto quanto esse para ganhar uma review linda. E não deixem de acompanhar as reviews das suas series favoritas aqui no Panela de Series.

Estou feliz de comentar com vocês sobre How To Get Away With Murder e não esqueçam de deixar suas opiniões sobre o episódio e a review nos comentários.

Um beijo enorme do Andy em todos vocês. <3

gostou da matéria? deixe um comentário!

  • Leonardo Santos

    Bom, como eu fui assistir ao episódio ontem. Lá se vão, vários meses sem acompanhar série nenhuma. Sobre o episódio em si, logo no inicio aquela cena do avião, eu já sabia que o marido da Viola ia ter uma participação na série e vendo aquela cena dela se chamando Bonnie eu dei algumas risadas. Quando a Laurel falou que tinha abortado o bebê para o Pai dela (Filho da Puta), eu fiquei sem entender nada, porque na temporada passada ela tinha essa ideia, mais ficamos sem saber o que aconteceu.

    Amei também as cenas dela com a mãe e no tribunal

    Acho que a Anna sofreu muito para escrever aquelas cartas de recomendações para os estagiários dela, mais creio que ela tenha sofrido mais para escrever a da Bonnie. Mais acho que tem alguma coisa por trás que com decorrer da temporada vamos saber o real motivo dela ter feito isso.

    Agora, o que o Connor ainda quer o Oliver faça, porque oh carinha chato viu, ao invés de aceitar logo o pedido fica nesse chove ou não molhar miserável.

    Agora já fico na ansiedade para saber o que aconteceu com a Laurel e bebê dela e também para saber como ela descobriu que o pai dela mandou matar o Wes. Porque na final season da temporada passada, terminou ela encontrando o Dominick na rua, quando estava indo em direção ao Mahoney para matar ele.

    E hoje vou assistir ao segundo episódio, logo depois que passar o maravilhoso The Voice Brasil.

    AMEI ESSE NOVO FORMATO DO SITE, MAIS ÁGIL, MAIS DINÂMICO, AMEI TUDO.

  • Bruno D Rangel

    Confesso que também gritei (literalmente) q

    • Andrews Matheus

      Kkkkkkkkkkk eu concordo plenamente com você, Bruno. Essa história do filho de Laurel não convenceu muito, mas vamos ver o que vai dar e torcer para ser uma boa season.

      Viola segue segurando a série nas costas, mas eu gostaria muito de mais eventos para os outros personagens, principalmente a Michaela, que é minha personagem favorita depois da Anna.

      Sobre a Bonnie eu sinto que ela vai evoluir muito nessa temporada vamos ver.

      Beijão

Autor

Andy

19 anos, pernambucano da peste, estudante de Radio, TV e Internet da UFPB. Sagitariano com asc e vênus em aquario, lua em câncer! Signo importa sim! Amante e consumidor massivo de cultura pop, além de problematizadora. Amém Rihanna, amém Katy Perry! Bjxxx de luxx


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu