Posts Populares

How To Get Away With Murder – S04E03 – It’s for the Greater Good

“Você nunca separa suas emoções do trabalho.”

Racional vs Emocional, assim resumo este episódio. Racional por que todos precisam caminhar estrategicamente. Emocional porque o sucesso é o que alimento a autoestima, desde que ela não seja abalada. Caso contrário, o orgulho ferido fará você arder no mármore do inferno das emoções.

E se o Racional e o Emocional fossem ao tribunal, quem ganharia? Sendo assim, vamos analisar o episódio de hoje com esta analogia: Racional (defesa) e Emocional (acusação) e ver o que ele tem a nos dizer. Paneleiros e paneleiras, sejam muitos bem-vindos a mais uma review  HTGAWM, onde vamos descobrir a arte de “como defender sua honra”. #PartiuReview

Racional (defesa)

Aqui as motivações dos personagens serão as evidências. Annalise pegando um novo caso para ganhar, Bonnie querendo se consagrar, Nate querendo tripudiar e os ex-pupilos querendo se recolocar. Tudo dentro dos padrões protocolares profissionais. O caminho pode ser árduo, mas não impossível – se nem cartão de crédito tem limites, porque nossos personagens teriam, né verdade? Apesar das mudanças bruscas, ninguém muda da noite para o dia – especialmente Annalise e sua equipe.

O caso de Ben Carpter foi a prova de que nossa mãe Annalise, jamais perderá uma guerra –  agora dentro dos padrões éticos judiciais. Eu senti um tremendo orgulho em vê-la de volta aos tribunais, dando sua cara a tapa, até quando tentaram puxar seu tapete – já, já falaremos sobre isso. Sua ousadia estava contida, mas não adormecida. A tradicional reviravolta foi o banho que precisávamos, para lavar nossa alma. Afinal “os humilhados serão exaltados”, ou melhor, “os exaltados serão humilhados” né Virginia Cross? Já, já falamos com você.

Não podíamos encerrar este tópico sem falar de Michaela que nasceu para ser perfeitamente correta. #sqn. O estágio na Coplan & Gold era seu passaporte ao “paraíso da consagração”, até descobrir que o escritório representava o pai de Laurel – o assassino de Wes. Ela bem que tentou, mas é difícil descobrir a verdade e ficar de braços cruzados. Então vencer o “Jogo Infernal da Coplan & Gold” e ter que puxar o saco de Tegan Price, sua nova chefe, foi a estratégia para conseguir seu acesso a conta de Antares – que pertence ao pai Laurel. Eu não só faria o mesmo como também afundaria a Coplan & Gold junto com seu assédio moral nauseante – que vou te contar, que sujeitinhos irritantes esses heim?

Emocional (acusação)

É aqui que o bicho pega. Afinal qual acusação não toca fogo no cabaré e não é sedenta de justiça? Não importa quem será afetado, o importante é que tenha estrago. E a puxada de tapete de Nate e Bonnie em Annalise, foi a mais forte evidência do orgulho ferido. O afronte foi pesado, mas não foi consagrado. Annalise tentou fazer diferente, mas precisou bater com a mesma intensidade em seus agressores. Se é para jogar sujo, então vamos expor quem não faz o dever de casa direito, né Virginia Cross? Agora chegou seu momento.

A maior evidência de um incompetente, é culpar aquilo que não tem culpa, ou que não será mudado, ou seja, Virginia. O que dizer de Ben Carpter que ficou preso por 12 anos, por um crime que não cometeu. Por uma enorme falta de profissionalismo, Virgínia alegou sobrecarga para justificar o seu erro. Tudo bem que o ser humano não é uma máquina, mas esconder a verdade e deixar que alguém seja condenado por preconceito do júri pela sua aparência, e não recorrer com medo de perder a licença, aí já demais. Precisou que Ben apelasse um novo julgamento para que descobrissem a verdade.

Virginia bem que tentou, mas não conseguiu rebaixar nossa mãe Annalise. Como na vida tudo volta em dobro, mrs. Cross teve de volta uma bela humilhação diante do júri – o que foi pouco, diante de tudo que aconteceu. Ainda fico me perguntando como alguém consegue dormir tranquilamente, depois de estragar a vida de outra pessoa?

Falando em estragar, vamos falar de Bonnie. Não sei você, mas eu não tive raiva dela nessa tentativa de derrubar Annalise, até porque ela foi manipulada por Nate – que tocou em sua ferida. Percebi um certo arrependimento em seu olhar durante suaa discussão com Annalise no estacionamento. Mas como Bonnie é impulsiva, não vai deitar e admitir que ainda sente a falta de Annalise. Porém a sua mini redenção vem quando ela contrata Laurel como sua estagiária. Sei não, mas… tenho uma leve impressão que Annalise e Bonnie estão sustentando uma falsa rivalidade, por algum motivo – fiquem atentos.

Falando em impulsiva, não podíamos deixar de falar de Laurel e Michaela. Esse plano de vasculhar a conta Antares na Coplan & Gold, e derrubar o pai de Laurell, não está parecendo uma simples sede de justiça. Até porque estamos falando de HTGAWM, onde tudo pode acontecer. Minha teoria é que Laurell está se aproveitando do jeito impulsivo de Michaela para algo mais. E confesso que tenho dúvidas sobre esse sumiço do bebê de Laurell – ela está muito reservada… sei não, mas acho que ela armou esse sumiço do próprio filho. Vamos esperar que treta estão preparando.

Bem depois deste embate do Racional (defesa) vs Emocional (acusação), tenho que dizer que hoje o emocional ganhou. Infelizmente os personagens deixaram-se levar pelo sangue quente, mas precisamos ficar atentos porque tudo pode ser uma armação para enganar a todos, inclusive você. Quem garante que a cena de Michaela ensanguentada na maternidade seja uma armação? Agora resta saber se ela é vítima ou faz parte de algum esquema.

Vamos esperar. Enquanto isso, aproveite o fim de semana estilo Connor. Só tome cuidado para não jogar todo o dinheiro fora. Hehehe… Me conte nos comentários abaixo sobre o que achou do episódio e se essa rixa entre todos não passa de fachada? Vamos conversar.

Até a próxima review 😉

gostou da matéria? deixe um comentário!

Dandy Souza

Um libriano amante de um bom suspense casado com o belo terror psicológico, porque a vida precisa de emoções. Seu lema: “toda obra tem sua moral, então fique atento aos detalhes”. Twitter: @dandysouza81


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu