25 de janeiro de 2017
Indicados Oscar 2017

Já temos a lista dos indicados…

Foi anunciado hoje a lista dos indicados ao Oscar. São 24 categorias ao todo e como já previa, o filme La La Land é o líder de indicações com 14 ao todo. E mais que isso: La La Land se igualou a Titanic (1997) e A Malvada (1950) em número de indicações! Lacre demais! Corram pro cinema, pessoal! 😉

A 89ª edição do Oscar acontecerá no dia 26 de fevereiro em Los Angeles, com transmissão da TNT e cobertura do Panela de Séries. O apresentador da noite será Jimmy Kimmel.

Abaixo listamos todos os indicados por categorias, e uma análise dos indicados e excluídos feita pelo paneleiro Icks, que está constantemente fazendo as previsões do Oscar! Fiquem ligados… e façam suas apostas!

Melhor Filme

  • A Chegada
  • Até o Último Homem
  • Estrelas Além do Tempo
  • Lion: Uma Jornada Para Casa
  • Moonlight: Sob a Luz do Luar
  • Cercas
  • A Qualquer Custo
  • La la Land: Cantando estações
  • Manchester à Beira-Mar

Análise de Icks: Tudo aconteceu como o previsto e sem surpresas, mas é relevante pra caramba ver três filmes sobre negros conseguirem uma indicação em Melhor Filme.

Melhor Diretor

  • Dennis Villeneuve (A Chegada)
  • Mel Gibson (Até o Último Homem)
  • Damien Chazelle (La la Land: Cantando estações)
  • Kenneth Lonergan (Manchester à Beira-Mar)
  • Barry Jenkins (Moonlight: Sob a Luz do Luar)

Análise de Icks: A indicação de Gibson me surpreende. Isso significa que a Academia resolveu que já é hora de relevar as polêmicas em torno dele a ponto de considerar uma indicação, o que é uma pena, pois a categoria ficaria maravilhosa com a indicação de Mackenzie.

Melhor Atriz

  • Isabelle Huppert (Elle )
  • Ruth Negga (Loving)
  • Natalie Portman (Jackie)
  • Emma Stone (La La Land – Cantando estações)
  • Meryl Streep (Florence: Quem é essa mulher?)

Análise de Icks: ONDE ESTÁ AMY ADAMS? A mulher faz dois filmes, é elogiada bastante por ambos os trabalhos, um dos filmes consegue OITO indicações e ela, a força motriz, é ignorada? Não faz o menor sentido pra mim! Principalmente porque, tendo visto Elle, La La Land e Florence, dá para perceber que o trabalho entregue por ela está num nível acima das três. Em teoria, ela perdeu a vaga para Ruth Negga, mas como não vi e não posso opinar sobre, me resta a revolta sobre aquelas que já vi.

Melhor Ator

  • Casey Affleck (Manchester à Beira-Mar)
  • Andrew Garfield (Até o Último Homem)
  • Ryan Gosling (La la Land: Cantando estações)
  • Viggo Mortensen (Captain Fantastic)
  • Denzel Washington (Cercas)

Análise de Icks: Categoria exatamente igual ao que havia sido colocada na postagem de previsão do Panela. #Orgulho

Melhor Atriz Coadjuvante

  • Viola Davis (Cercas)
  • Naomie Harris (Moonlight: Sob a Luz do Luar)
  • Nicole Kidman (Lion: Uma Jornada Para Casa)
  • Octavia Spencer (Estrelas Além do Tempo)
  • Michelle Williams (Manchester à Beira-Mar)

Análise de Icks: Sem surpresas também, mas recorde de indicações negras por uma categoria, Viola sendo a atriz negra mais indicada da história com três indicações e Octavia Spencer sendo a primeira atriz negra a voltar a concorrer após uma vitória é coisa linda de se ver.

Melhor Ator Coadjuvante

  • Mahershala Ali (Moonlight: Sob a Luz do Luar)
  • Jeff Bridges (A Qualquer Custo)
  • Lucas Hedges (Manchester à Beira-Mar)
  • Dev Patel (Lion: Uma Jornada Para Casa)
  • Michael Shannon (Animais Noturnos)

Análise de Icks: Adorei a quebrada de pernas que deram em mim deixando Grant de fora e Hedges dentro e alternando os coadjuvantes de Animais Noturnos. De qualquer forma, a vitória deve ficar entre Patel e Ali.

Melhor Roteiro Original

  • Taylor Sheridan – A Qualquer Custo
  • Damien Chazelle – La la Land: Cantando estações
  • Yorgos Lanthimos e Efthimis Filippou – The Lobster
  • Kenneth Lonergan – Manchester à Beira-Mar
  • Mike Mills – 20th Century Women

Melhor Roteiro Adaptado

  • Eric Heisserer – A Chegada
  • August Wilson – Cercas
  • Allison Schroeder e Theodore Melfi – Estrelas Além do Tempo
  • Luke Davis – Lion: Uma Jornada para Casa
  • Barry Jenkins e Tarell Alvin McCraney – Moonlight: Sob a Luz do Luar

Melhor Animação

  • Kubo e as Cordas Mágicas
  • Moana: Um Mar de Aventuras
  • Minha Vida de Abobrinha
  • A Tartaruga Vermelha
  • Zootopia: Essa Cidade é o Bicho

Análise de Icks: Os três que eu vi foram resultados sólidos, mas trocaria Moana por Procurando Dory sem nem piscar. Dory apresenta um retrato tão bem conduzido sobre superação de deficiência (e não só em Dory) sem chamar atenção para isso que merecia ao menos a indicação.

Melhor Curta de Animação

  • Blind Vaysha
  • Borrowed Time
  • Pear Cider and Cigarettes
  • Pearl
  • Piper

Análise de Icks: Acertei 4/5 nas previsões só porque gostei das sinopses dos filmes. Intuição é uma virtude!

Melhor curta-metragem

  • Ennemis Intérieurs
  • La femme et le TGV
  • Silent night
  • Sing
  • Timecode

Melhor Documentário em Curta-Metragem

  • Extremis
  • 4.1 Miles
  • Joe’s Violin
  • Watani: My Homeland
  • Os Capacetes Brancos

Melhor Documentário em Longa-Metragem

  • Fogo no Mar
  • Eu Não Sou Seu Negro
  • Life, Animated
  • O.J.: Made in America
  • 13ª Emenda

Análise de Icks: Novamente, três filmes sobre negros indicado em uma categoria. Oscar não tão white dessa vez. Torço para que continue assim.

Melhor Filme Estrangeiro

  • Terra de Minas (Dinamarca)
  • A Man Called Ove (Suécia)
  • O Apartamento (Irã)
  • Tanna (Austrália)
  • Toni Erdmann (Alemanha)

Melhor Canção Original

  • “Audition (The Fools Who Dream)” – Música de Justin Hurwitz, canção de Benj Pasek e Justin Paul – La La Land: Cantando Estações
  • “Can’t Stop the Feeling” – Música e canção de Justin Timberlake, Max Martin e Karl Johan Schuster – Trolls
  • “City of Stars” – Música de Justin Hurwitz, canção de Benj Pasek e Justin Paul – La La Land: Cantando Estações
  • “The Empty Chair” – Música e canção de J. Ralph e Sting – Jim: The James Foley Story
  • “How Far I’ll Go” – Música e canção de Lin-Manuel Miranda – Moana: Um Mar de Aventuras

Pausa para eu me recompor! Confesso que fiquei EUFÓRICA ao saber a indicação de Can’t Stop The Feeling ao Oscar! Feliz demais pelo Justin Timberlake, meu muso! ♥

Ok, agora podemos seguir com a listinha dos indicados! hahaha

Melhor Trilha Sonora

  • Mica Levi – Jackie
  • Justin Hurwitz – La La Land: Cantando Estações
  • Dustin O’Halloran e Hauschka – Lion: Uma Jornada para Casa
  • Nicholas Britell – Moonlight: Sob a Luz do Luar
  • Thomas Newman – Passageiros

Melhor Fotografia

  • Bradford Young – A Chegada
  • Linus Sandgren – La La Land: Cantando Estações
  • Greig Fraser – Lion: Uma Jornada para Casa
  • James Laxton – Moonlight: Sob a Luz do Luar
  • Rodrigo Prieto – Silêncio

Melhor Design de Produção

  • Patrice Vermette (design de produção) e Paul Hotte (decoração de set) – A Chegada
  • Stuart Craig (design de produção) e Anna Pinnock (decoração de set) – Animais Fantásticos e Onde Habitam
  • Jess Gonchor (design de produção) e Nancy Haigh (decoração de set) – Ave, César!
  • David Wasco (design de produção) e Sandy Reynolds-Wasco (decoração de set) – La La Land: Cantando Estações
  • Guy Hendrix Dyas (design de produção) e Gene Serdena (decoração de set) – Passageiros

Melhor Maquiagem e Cabelo

  • Eva Von Bahr e Love Larson – A Man Called Ove
  • Joel Harlow e Richard Alonzo – Star Trek: Sem Fronteiras
  • Alessandro Bertolazzi, Giorgio Gregorini e Christopher Nelson – Esquadrão Suicida

Análise de Icks: Não é mais “Esquadrão Suicida, o flop do ano”, é “Do indicado ao Oscar, Esquadrão Suicida”. Que pisão nos filmes da Marvel!

Melhor Figurino

  • Joanna Johnston – Aliados
  • Colleen Atwood – Animais Fantásticos e Onde Habitam
  • Consolata Boyle – Florence: Quem é Essa Mulher?
  • Madeline Fontaine – Jackie
  • Mary Zophres – La La Land: Cantando Estações

Melhores Efeitos Visuais

  • Craig Hammack, Jason Snell, Jason Billington e Burt Dalton – Horizonte Profundo: Desastre no Golfo
  • Stephane Ceretti, Richard Bluff, Vincent Cirelli e Paul Corbould – Doutor Estranho
  • Robert Legato, Adam Valdez, Andrew R. Jones e Dan Lemmon – Mogli: O Menino Lobo
  • Steve Emerson, Oliver Jones, Brian McLean e Brad Schiff – Kubo e as Cordas Mágicas
  • John Knoll, Mohen Leo, Hal Hickel e Neil Corbould – Rogue One: Uma História Star Wars

Análise de Icks: Kubo e as Cordas Mágicas é a segunda animação a ser indicada a Efeitos Visuais. Se junta a O Estranho Mundo de Jack nessa seleta lista.

Melhor Edição

  • Joe Walker – A Chegada
  • John Gilbert – Até o Último Homem
  • Jake Roberts – A Qualquer Custo
  • Tom Cross – La La Land: Cantando Estações
  • Nat Sanders e Joi McMillon – Moonlight: Sob a Luz do Luar

Melhor Edição de Som

  • Sylvain Bellemare – A Chegada
  • Wylie Stateman e Renée Tondelli – Horizonte Profundo: Desastre no Golfo
  • Robert Mackenzie e Andy Wright – Até o Último Homem
  • Ai-Ling Lee e Mildred Iatrou Morgan – La La Land: Cantando Estações
  • Alan Robert Murray e Bub Asman – Sully: O Herói do Rio Hudson

Análise de Icks: La La Land aqui é a coisa mais absurda do mundo? Não. Mas essa indicação demonstra o quanto a Academia abraçou o filme.

Melhor Mixagem de Som

  • Bernard Gariépy Strobl e Claude La Haye – A Chegada
  • Kevin O’Connell, Andy Wright, Robert Mckenzie e Peter Grace – Até o Último Homem
  • Andy Nelson, Ai-Ling Lee e Steve A. Morrow – La La Land: Cantando Estações
  • David Parker, Christopher Scarabosio e Stuart Wilson – Rogue One: Uma História Star Wars
  • Greg P. Russell, Gary Summers, Jeffrey J. Haboush e Mac Ruth – 13 Horas: Os Soldados Secretos de Benghazi

Melhor Montagem

  • Tom Cross – La La Land: Cantando Estações
  • John Gilbert – Até o Último Homem
  • Jake Roberts – A Qualquer Custo
  • Joi McMillon – Moonlight: Sob a Luz do Luar
  • Joe Walker – A Chegada
Clarice Calil
Clarice Calil

Engenheira de Computação, apaixonada por The Voice, tanto é que virou legender e dona do Grupo Sub Voice! No Panela de Séries comentará sobre o The Voice e fará as coberturas das premiações. E também cuidará da administração do site, afinal backstage é com ela mesma.
Deixe-nos um comentário!
  • Renan Lima

    “tendo visto Elle, La La Land e Florence, dá para perceber que o trabalho entregue por ela está num nível acima das três.”

    Eu discordo em partes. Até o momento, a atuação da Isabelle é a melhor (falta eu ver Jackie pra dar um parecer final). Mas realmente, Amy Adams merecia uma indicação.

%d blogueiros gostam disto: