Posts Populares

Iron Fist – S01E01 – Snow Gives Away [SERIES PREMIERE]

Um Punho de Ferro mais profundo do que parece.

Bom, essa é a história de Danny Rand. Mas como falar dele sem deixar de falar de Luke Cage, Jessica Jones e Matt Murdock? Todas as outras séries da Marvel na Netflix tiveram um quê a mais no quesito desenvolvimento do personagem principal, e não foi diferente aqui em Punho de Ferro. De todos os heróis que citei, até então as motivações e trajetória do Demolidor haviam sido as melhores trabalhadas, mais detalhadamente. Mas aí surgiu o Punho de Ferro. E aí o buraco foi mais embaixo.

Esse primeiro episódio da série foi basicamente uma introdução e um mergulho no mundo da série. Aliás, esta me lembrou muito Demolidor, pois temos algo místico por trás das lutas, por trás da motivação do personagem. Pra situar melhor a minha crítica, é importante saber que Danny Rand era filho de uma família bem sucedida nos negócios e acabou perdendo os pais em um acidente de avião. Quinze anos depois, ele volta pra tentar decifrar os mistérios desse acidente e dos rumos que sua vida tomou. Mas aí ele encontra um cenário totalmente diferente, e tem que se adaptar pra chegar onde quer.

Com essa breve sinopse do episódio, podemos dizer que a première fez bem o seu papel: apresentou os personagens principais, mostrou a motivação do protagonista, deu o tom do enredo da série e alguns trechinhos do que deve vir por aí. Até aí tudo bem. Acontece que algumas coisas me incomodaram. Vamos começar falando sobre os efeitos especiais, que achei bem meia boca nesse primeiro momento. A cena dele pulando sobre o táxi e a cena da águia sobrevoando os prédios foram muito ruins, pois ficou claro o uso de computação gráfica. Outro ponto negativo foi a atuação rasa de alguns atores, como David Wenham em seu papel de Harold Meachum. Isso acaba impedindo o desenvolvimento do personagem, que nesse caso parece importante para o enredo. Por fim, a facilidade no desenrolar de algumas sequências foi incômoda, como na segunda vez que ele entra no prédio das Empresas Rand, sem dificuldade alguma, enquanto na primeira vez foi um perrengue. Enfim, acredito que são erros pontuais, mas que podem acabar atrapalhando o andar da carruagem.

Pra encerrar, ainda sobre a première, gostei de Finn Jones no papel de Danny Rand, achei incrível a escalação de Jessica Stroup pro papel de Joy Meachum e já estou esperando a dobradinha de Danny e Colleen, a professora de artes marciais interpretada por Jessica Henwick. A série tem muito a oferecer e nos próximos capítulos veremos mais disso.

Está no ar o 2º recrutamento de reviewers do Panela de Séries! Venha se juntar a nós paneleiros! Saiba mais clicando AQUI.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Gerson Elesbão

Um @gerson incomoda muita gente, um @gersonrealoficial incomoda incomoda incomoda muito mais! É DC, é Marvel, é Netflix, é reality. Se a série for boa, chama no probleminha, bebê!


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu