Legends Of Tomorrow está de volta, mantendo o ótimo nível , e com um episódio que sem dúvida entra pra lista dos melhores da série até o momento.

Temos em “Raiders of the Lost Art”, um episódio engraçado como muitos outros da série, e muitas referências, algo que também já é marca registrada do pessoal de Legends Of Tomorrow.

No episódio em questão, os heróis além da missão de recuperarem a Lança do Destino, também devem proteger, e evitar que o aluno de uma faculdade de cinema, de nome George Lucas desista de ser um cineasta. Sim, isso mesmo que você deve estar pensando, o George Lucas em questão é nada mais nada menos que o cineasta responsável por Star Wars e Indiana Jones.  E porque salvar um diretor de filmes é tão importante assim? (Além da perda cultural),  George Lucas é o responsável (mesmo que indiretamente) por inspirar Nate e Ray, isso porque Nate decide se tornar um historiador, por ser fã de Indiana Jones (se não, o mesmo seria um instrutor de Ioga ), tal qual Ray Palmer foi inspirado a se tornar um inventor graças ao fato de ter assistido Star Wars quando criança. Ou seja, sem os filmes de George Lucas, tanto Ray quanto Nate perdem seus conhecimentos e estudos, e acabam se tornando um tanto quanto inúteis para equipe.Na verdade todo o episódio parece como um tipo de homenagem as obras de George Lucas e como elas influenciaram toda uma geração (talvez duas…sei lá rs).

Bem… George Lucas a parte, temos outros dois fatos importantes acontecendo no episódio acontecendo. O primeiro  é o retorno de Rip Hunter, que está totalmente sem memória , vivendo uma vidinha pacata como estudante de cinema, onde está filmando um filme auto biográfico , mesmo sem que o mesmo saiba . E essa falta de memória causa certa complicação para a equipe que  tenta resgata-lo das mãos da Legião do Mal.  Toda essa parte  envolvendo a amnésia do Rip Hunter foi muito engraçada, e causou cenas realmente hilárias (como ele batendo no Jax com um rolo de papeis ). Alias destaque também para a ótima atuação de Arthur Darville, que entregou uma ótima atuação neste episodio.

A segunda parte importante do episódio, é que temos uma melhor explicação sobre a Lança do Destino, e de como ela pode ser perigosa em mãos erradas. E a trama envolvendo a Legião do Mal, tentando tomar posse da Lança, apesar de não ser tão profunda (pelo menos por enquanto), nos trás ótimas cenas e diálogos, e conseguimos ver que a Legião do Mal está funcionando muito bem como equipe, além da química entre os atores estarem cada vez melhor, mesmo que pareça meio “canastrona” em alguns momentos.

Raiders of the Lost Art é um ótimo episódio,  que por mais que não tenha evoluído muito na trama central , entrega um roteiro redondinho ,  com muitas cenas engraçadas. Além de  celebrar o legado do grande Geoger Lucas. Único ponto negativo do episodio talvez seja o plot envolvendo as alucinações de Mick, que pouco acrescentou, e acabou deixando tanto Mick quanto o Professor Stein fora da ação. Talvez isso traga alguma consequência relevante pro decorrer dos próximos episódios, porém, eu duvido.

 

 

Leandro Andrade
Leandro Andrade

Formado em Produção Áudio Visual e viciado em séries, Leandro é DCnauta de carteirinha, além de fã de lambada e cantor de karaokê de buteco nas horas vagas. E ainda tentando achar uma maneira de ficar rico.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: