Calma!

Gente, que volta estranha de LoT foi essa? Eu gostei, depois odiei, aí fiquei confuso e no fim achei meio pombo. Não sei vocês, mas algumas escolhas de enredo foram mal trabalhadas, foram só jogadas, como se fosse fácil de o público engolir. Desculpa, mas eu não engoli não e vou gongar.

Tá, vamos começar do começo. Achei muito sem noção a Gideon responder aos comandos de Rip. Tipo, ela é tão inteligente pra certas coisas, e aí caiu nessa? Me poupa, né. Aconteceu que Rip ainda fugiu da prisão da nave, pegou a bússola da lança, destruiu, e no fim das contas quase destruiu a nave toda. Não fosse Jax, eles nem tinham caído no meio dos dinossauros. Aliás, eles foram parar bem na época que Ray tinha ficado preso.

E aí fomos divididos em dois núcleos: um pra tentar trazer Rip à sanidade e outro pra recuperar um dispositivo que caiu da nave durante a queda. Ah, preciso elogiar os efeitos especiais da queda da nave! Achei muito bem feito e convincente. Não foi convincente a nave virando horrores, batendo em tudo e o povo nem sem machucando. Isso foi péssimo hahaahhaha

O núcleo que foi atrás do dispositivo temporal da nave foi Ray, Amaya e Nate. Ray super empolgado, se sentindo em casa, foi ótimo. Ainda rolou uma tensão sexual Amaya e Nate, e deu pra ver Ray dando um chega pra lá em Nate, mostrando que Amaya deve voltar pra sua época, se casar, e ter filhos, pois sua futura neta vai salvar muitas vidas. Seria ela a nossa Vixen? Amo! Bom, no fim das contas esse núcleo pouco acrescentou, só com esse empecilho pra Nate e Amaya mesmo.

O outro núcleo caiu numa vibe Matrix que eu fiquei chocado. Conectaram algumas coisas nos pescoços de Sara e Jax, pra eles entrarem na mente de Rip. Foi muuiiiito Matrix, gente. Lá dentro eles tiveram que livrar o subconsciente de Rip das ilusões que o Flash Reverso implantou, que todos seriam maus. Meio nada a ver, mas valeu a pena pra gente conhecer uma versão humana da Gideon. Amei? Adorei? Achei tudo? No fim das contas, deu tudo certo e Rip voltou ao normal.

Mas tá, passado todo o furor da solução do caso Matrix, achei bem pombo o Rip voltar a ser Capitão da nave. Espero que eles explorem essa rivalidade dele e Sara nos futuros episódios, porque ela que tava à frente de todos, né? Pra finalizar, não bastasse as referências à Matrix, a série agora incorporou aquele filme Her, que o cara se apaixona pelo programa de computador. O que foi o beijo de Rip e Gideon??? HAHAHAHAHAHAHA Não aguento…

Está no ar o 2º recrutamento de reviewers do Panela de Séries! Venha se juntar a nós paneleiros! Saiba mais clicando AQUI.

Gerson Elesbão
Gerson Elesbão

Nem tão complicado demais, mas nem tão simples assim: quebra-galho, colunista e seriador. Dificilmente atualiza o Banco de Séries, mas adora gongar as séries amadas pelo público. @gersonelesbao
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: