Looking chega ao final da segunda temporada e traz algumas surpresinhas e nos deixa alguns questionamentos sobre o futuro da série. Como toda season finale que se preze, ficamos ansiosos para saber o que acontecerá com nossos adoráveis personagens em uma possível nova temporada.

O último episódio fechou um ciclo entre a relação de Dom e Doris. A decisão já prevista de por um fim na relação de total dependência dos dois já vinha sendo anunciada nos últimos episódios e finalmente chegou ao ápice. Doris frizou como foi sofrido o fim dessa relação que durou tantos anos. Algumas amizades são tão profundas a ponto de nos abalarem mais do que relacionamentos amorosos em momentos de crise ou término, e foi isso que encaramos aqui. Ao mesmo tempo que foi doloroso, foi bonito o reconhecimento de ambos quanto a necessidade de se dedicarem mais a a outros em sua vida.

normal_looking_2x10

Eddie e Augustin ficaram completamente apagados no final desta temporada. A história dos dois tem muito a acrescentar ainda, porém, o autor preferiu mostrar apenas a felicidade dos dois no fim deste ciclo e possivelmente focar no drama da relação deles em uma próxima temporada.

normal_2x10_28229

O grande destaque então foi para a nova fase da relação entre Patrick e Kevin.Tudo parecia lindo e apaixonante no casal que acabava de se mudar para tentar viverem juntos (mesmo com tão pouco tempo de relacionamento). Deu pra perceber claramente o quanto eles ainda não se conheciam o suficiente e como a decisão foi apressada e impensada.

normal_2x10_28429

Todo o drama começou quando eles resolveram dar uma passadinha em uma festinha dos vizinhos gays. A festinha composta apenas por homens brancos começou a ficar estranha pelo clima de azaração que rondava o ambiente deixando claro que aquela festinha acabaria em muito sexo. Apesar desse clima sexual na festa, Patrick demonstrou interesse em ficar não sei se por empolgação pelos flertes ou se por uma pitada de curiosidade e tesão sobre o que iria rolar alí. Todavia, a festa acabou quando Patrick viu que um dos rapazes da festinha tinha encontrado alguém que aparentemente era o Kevin em um aplicativo de pegação. Neste momento o climax do episódio chegou!

A DR foi bastante emocionante e cheio de tapas de realidade para ambos os lados. Kevin assumiu que aquele perfil no Grindr era dele, e após muita insistência assumiu a Patrick que pretendia que o relacionamento deles fosse aberto a aventuras sexuais com outras pessoas. Aquilo foi um grande choque para o menino bonzinho que o Patrick tenta ser.

Kevin teve bons argumentos sobre como acreditava que o relacionamento aberto era a melhor proposta para qualquer casal. De fato existe uma certa hipocrisia sobre a monogamia, e no fundo todo mundo sente desejos por outras pessoas o que não quer dizer necessariamente que você deixe de amar seu(sua) parceiro(a). Porém, será que é realmente válido abrir um relacionamento por conta disso? Será que a forma como essa conversa deva ocorrer é assim? Tudo foi muito rápido e “brochante” para o Patrick que esperava ser feliz para sempre com seu príncipe encantado.

Kevin expôs bastante a hipocrisia e o lado Alice de Patrick. Ele quer um relacionamento perfeito, lindo e monogâmico, mas se assim fosse, Kevin nem ao menos teria chegado a estar com ele neste momento. Outro ponto seria a questão do desejo. Até que ponto você seguraria o desejo por outra pessoa apenas por valores morais? Será que vale a pena MESMO?

alice

Já Patrick fez a comparação do relacionamento deles com a do colchão que se ajusta em cada lado da cama, e foi foi perfeita. Será que sempre o Patrick vai ter que se ajustar ao relacionamento para fazê-lo dar certo e provar para sua família e amigos que é possível sim ser gay e ter uma relação estável? Vemos muito isso em Patrick. A sua necessidade de se auto firmar como certinho, amoroso e bom moço para impressionar as pessoas ao seu redor.

E quanto a Kevin? Achei completamente apressado o que ele fez tanto quando decidiu chamar Patrick para morar com ele quanto pelo fato de estar agindo como solteiro instalando aplicativos de pegação. Outro ponto negativo pra Kevin é de não saber construir devagar um possível relacionamento aberto entre eles. Sempre foi nítido o quanto Patrick está numa vibe romântica, e propor sexo com outras pessoas pode ser tudo, menos romântico e fofinho.

O final de Looking for Home nos deixa uma certeza, Patrick precisa se modificar seja pra encarar uma nova fase nesse relacionamento com Kevin ou seja pra seguir em frente e aprender com essa mania de ser muito impulsivo e desesperado pelo relacionamento perfeito. O primeiro passo (de deixar de parecer uma lésbica rs) já foi dado.

normal_2x10_28329

Resta torcer para que a série seja renovada e possamos acompanhar mais um pouco dessa série gostosa.

nye

Nyegirton
Nyegirton

Sarcástico e bêbado sempre que possível. Ama um bom meme e uma problematização. Apaixonado por humor, suspense, terror e trêta. Professor nas horas vagas.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: