Depois de um ótimo piloto, mais um bom episódio, ainda sem ditar os rumos da série.

Continuando minha saga com Lucifer, continuo sem entender pra onde a série vai caminhar. Vamos combinar que o roteiro é ótimo! As falas são inteligentes e as cenas não deixam nada a desejar. No entanto, a falta de um enredo consistente me perturba. É sério que o diabo saiu do inferno pra ser detetive em Los Angeles? Peço desculpas aos fãs das HQs, mas isso fica bem difícil de comprar. Sem mais delongas, bora conferir o que rolou.

tumblr_o1wwasEQiN1uz66poo1_250 tumblr_o1wwasEQiN1uz66poo2_250

O episódio começa com Lucifer mostrando quem é e o que pode fazer. Ele já declara que odeia charlatões, e isso pode dar um plot interessante, se bem trabalhado. Além disso, podemos ver ele fazendo terapia e a detetive Chloe o seguindo, querendo descobrir quem Lucifer realmente é e como ele não se machucou com os tiros disparados por Jimmy. Cá entre nós, Chloe não acredita em nada que Lucifer fala, mas se fosse eu também não acreditaria. Logo no início do episódio também temos uma informação importante que muitos podem ter deixado passar: Lucifer seria bissexual? Aliás, Lucifer teria um sexo definido?

Untitled 1

Chloe tem um caso de um ator que acaba morrendo, devido à perseguição de um paparazzi. E o tal paparazzi é Nick, um que a atormentava quando ela era criança, sendo que o pior aconteceu no enterro do pai dela, quando ele teria arruinado tudo pela foto perfeita. Isso fez a nossa detetive ter raiva dele. Tudo descoberto por Lucifer, em uma visitinha íntima a Nick.

Lucifer decide ajudar Chloe, que está desconfiada que Nick está cobrindo alguém, que não foi ele o responsável pelo assassinato. Paralelo a isso, Lucifer está disposto a conhecer melhor Chloe, e vai até a casa dela, onde tem mais um encontro agradável com Trixie, que pra mim já é a melhor coisa dessa série. Chloe segue investigando e descobre algo útil, comunicando à Lucifer e o convidando a participar da investigação.

tumblr_o1vr7jEbQ91v72ufro1_400

tumblr_o1xc94yb6r1ueunvwo3_500

Eles seguem atrás de Josh, um dos membros da equipe de Nick, que é desesperado pelas melhores fotos, sendo capaz de forjar cenas para sempre ser o primeiro a anunciar as notícias das celebridades. Após terem certeza da culpa de Josh nos acontecimentos da morte Robbie Russell Jr., Chloe vai atrás de Nick e descobre que Lucifer o levou da delegacia.

Com a ajuda de Maze, Lucifer decide colocar Nick e Josh frente a frente, para mostrar do que ambos são capazes. Josh acaba pegando a arma e está disposto a atirar em Nick, mas a arma está vazia. Sorte de Nick, que tem a chance de revidar. Não fosse Chloe chegar, o pior teria acontecido. Na verdade, a presença de Amenadiel deu chance a Lucifer de impedir um novo assassinato. E se os dois tiveram uma conversa no começo do episódio, onde Amenadiel confrontou seu irmão e mostrou que ele estava mudando, dessa vez foi Lucifer que fez questão de dar razão para o anjo negro, mostrando que ele realmente está mudando e que ele está gostando disso (para desespero de Maze).

tumblr_o1xgwzI6LP1ueunvwo2_500

Para encerrar o episódio, Chloe decide abrir o jogo sobre o filme que fez com sua filha, que já havia visto e comentado com as amiguinhas (EU AMO TRIXIE). Também teve mais uma sessão de terapia sexual para Lucifer, e Chloe confrontando Jimmy sobre o que aconteceu quando ele e Lucifer estiveram frente a frente, para desespero da mocinha.

Como afirmei, mais um ótimo episódio. O roteiro é impecável, nos dando momentos ótimos durante todo o episódio. Em conversa com outros Paneleiros, existe a possibilidade de Lucifer vir a se tornar um justiceiro em LA, mas não sei quem ele confrontaria. Ainda espero por respostas nos próximos episódios.

Gerson Elesbão
Gerson Elesbão

Nem tão complicado demais, mas nem tão simples assim: quebra-galho, colunista e seriador. Dificilmente atualiza o Banco de Séries, mas adora gongar as séries amadas pelo público. @gersonelesbao
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: