Posts Populares

Mr.Robot – S01E04 – (1.3) _ da3m0ns.mp4

Eu escolhi isso. Eu escolhi tudo isso.”

Como vão paneleiros? Confusos após esse episódio de Mr.Robot? Pois é, eu também estou hahaha. Essa review será diferente, levantarei duvidas e questões, e espero que no próximo episódio muita coisa se esclareça.

No quarto episódio do inicio ao fim vemos dilemas e escolhas sendo feitas e criadas, seja do plano para invadir Steel Mountain, a abstinência de Elliot, a nova experiência de Angela, o certo e o duvidoso. Mr.Robot está nos levando para um lado profundo, mostrando problemas reais da sociedade misturados com ficção e “viagem”.

O peso de se destruir o maior conglomerado do mundo parece diminuir em meio a qualquer dificuldade psicológica que Elliot sofre. Sua abstinência toma uma proporção tão grande, que em um momento do episódio tudo nos confunde, nós não sabemos mais se Elliot está delirando, se está sonhando ou se realmente tudo aquilo aconteceu. Para fugir do mundo, sua válvula de escape era as drogas, mas agora que ela se foi, como ele aguentará todo o peso de uma sociedade o julgando por seus passos?

ep 4 imagem 1

Tudo que Elliot pede é uma única chance, (ou apenas mais uma vez usar sua droga) isso mostra que ele não está pronto para assumir o controle, para combater cara a cara os seus problemas, para lutar contra essa sociedade capitalista onde o principal valor é o dinheiro. Mas e se para isso, Elliot tivesse que contar com alguém? Robot talvez? Já passou pela sua cabeça que talvez ele não seja real? E se Robot for o tal “amigo que ele tanto fala em sua cabeça?” Eu li bastante comentários de pessoas que acreditam que Robot não seja real e faz sentido se contrapormos varias cenas em que Elliot parece ser o único a “vê-lo”. Mas como Elliot saberia que ele é a chave para o plano? Seja nas falas de Robot onde ele aponta Elliot como fundamental na elaboração do plano, seja em meio ao caos que foi o real/não real mostrando Elliot tirando a chave de dentro de uma torta. Parece que Elliot não confia em si mesmo, mesmo as vezes ele mostrar-se sobrepor sua opinião como irrefutável, mas em meio ao seus delírios, Angela o questiona se ele é realmente capaz de mudar o mundo, ele está com medo… medo do seu monstro.

Sua mente anda tão conturbada que chega a dar erro! Nos é mostrando que ele é fraco emocionalmente, mas isso se deve ao seu passado, que é constantemente mostrado por sua mãe o maltratando. Ele não aguenta, causa uma falha no sistema, um erro.

ep 4 imagem 2

Angela ao contrario de Elliot já esta bastante inserida no nosso modelo de sociedade, e pela primeira vez decide escapar dela através de experiências novas como o beijo lésbico e as drogas, e no final mesmo ela quase ao ponto de concluir sua meta colocando aquele cd no computador, ela desiste e volta ao seu modelo original onde é controlada por seus donos.

Por fim, Elliot não está sozinho, Robot sendo real ou não o apoia, mas isso não faz diferença : “Mesmo eu tendo te criado, não faz diferença. Devemos cuidar deles sozinhos. O melhor pelo que podemos esperar, a única fresta de esperança nisso tudo, é que quando atravessarmos, encontraremos rostos familiares esperando do outro lado”.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Ricardo Souza

Pensa em uma pessoa que adora ficar em casa para ver séries e filmes… Como se não bastasse, é viciado em jogos e afins (logo nota-se que tenho muitos amigos, risos). Mineiro que ama indie e tem um belíssimo dom de ser trouxa.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu