Posts Populares

Mr.Robot – S01E07 – (1.6)_ v1ew-s0urce.flv

“Eu quero uma saída da solidão”

Mr.Robot é uma série confusa, disso não temos duvidas, mas as vezes, a simplicidade de um episódio pode fazer a diferença, assim como esse episódio fez.

Começarei falando da evolução de Darlene na trama, aquela “louca” que reclamou por muito tempo no ouvido de Elliot sobre o seu namorado ter pedido ela em casamento. Darlene se vem mostrando uma peça chave em todo o plano de Robot. Impulsiva e destemida, ela cresceu de forma convincente, e claramente irá nos mostrar muito mais. Porem, com certos assuntos ela tem a mente muito fraca e dispersa mas Robot consegue coloca-la nos trilhos certos. Darlene quer mudar o mundo, ela mesmo já disse isso, mas as vezes não vejo ela como uma “salvadora da pátria”, aliás, não vejo nenhum deles como tal (mesmo Elliot e seu senso de justiça). Em contraponto, Darlene também é convincente e persuasiva, (assim como Robot a convence a voltar ao jogo, Darlene convence Trenton a voltar ao jogo também).

Ep 7 darlene

Angela é uma personagem que esta traçando caminhos diferentes do de Elliot, mas o destino final é o mesmo. Em sua busca por fazer os culpados pagarem pela morte de sua mãe, Angela pode aparentar não ser forte para a luta, mas ela tem o poder de convencer. No entanto, toda essa sua busca pode ser vista como algo egoísta que acabará afetando toda a Allsafe. Ela será capaz mesmo de permitir isso? Sua trama vem mudando a cada episódio, nos mostrando suas experiências e suas escolhas, seus medos e fraquezas, suas atitudes e objetivos. Angela mudara para o bem, ou deixara de ser essa “doce” pessoa e mudará para o mal?

Ep 7 Angela

Eu já citei inúmeras vezes que Tyrell é talvez até mais egocêntrico que Elliot. Nesse episódio não poderia ter sido diferente, porém, ele ultrapassou seus limites mostrando que ele não é aquele homem frio e calculista que pensávamos ser o tempo todo. O seu curriculum de surtos está aumentando gradativamente, em relação ao seus planos frustrados.

Ep 7 Tyrell

Ainda que ele seja um homem poderoso, ele muitas vezes se arrisca demais, podendo colocar tudo a perder. O seu desenvolvimento como personagem foi incrível, “separando” a sua história com a de Elliot, (tendo em mente que Elliot se recusou a trabalhar com ele), mas nada impede de no futuro eles rumarem caminhos iguais, pois sabemos o potencial computacional que Tyrell tem. Então por fim, o seu único problema é sua impulsividade, já que agora sim ele nos provou que é capaz de tudo, até mesmo de matar.

Ep 7 Tyrell kill

E por fim, chegamos a Elliot, o jovem de semblante quase inexpressivo. Agora essa inexpressividade tem um grande motivo (não que os outros sejam menos importantes), mas Elliot perdeu alguém da qual ele realmente tinha uma forte conexão, capaz de fazer ele esquecer toda sua antipatia pela sociedade. Ao inicio desse episódio, sabemos como Elliot conheceu Shayla, que foi ela quem deu seu peixinho Qwerty, e que a ligação de ambos foi instantânea.

Ep 7 Elliot and shayla

Sabemos que sempre houve uma barreira grande entre Eliot e o resto das pessoas, no entanto Krista por mais que muitas vezes pareça inútil, busca em Elliot a sua visão de mundo. Claro que Elliot não falaria para ela (não até o fim desse episódio). Sobre o seu personagem não tenho o que dizer desde aquele “Fuck Society” , mesmo ele muitas vezes ter se perdido em toda sua construção e busca por passar uma imagem icônica. Aquele Elliot do inicio da série estava presente em vários pontos desse episódio, até no momento em que el volta a conversar com seu amigo imaginário “nós”, ou o momento em que ele divaga em seus pensamentos.

Ep 7 - Elliot divagando

Porém uma hora toda essa barreira iria desmoronar! Elliot está sobre pressão, não aguenta mais carregar fardos, tendo em suas mãos o sangue de Shayla. Ele descarrega tudo em Krista, e por fim, acaba nos surpreendendo, ao pedir de forma sutil, ajuda para se livrar da escuridão.

Ep 7 Elliot ajuda

gostou da matéria? deixe um comentário!

Ricardo Souza

Pensa em uma pessoa que adora ficar em casa para ver séries e filmes... Como se não bastasse, é viciado em jogos e afins (logo nota-se que tenho muitos amigos, risos). Mineiro que ama indie e tem um belíssimo dom de ser trouxa.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu