Posts Populares

Narcos – S03E10 – Going Back To Cali [SEASON FINALE]

Uma última missão para Salcedo e Peña.

Chegamos ao fim da temporada de Narcos, mas ainda resta uma tarefa para Peña e Salcedo completarem: capturar Pallomari, o contador do Cartel de Cali, que pode decodificar o livro contábil obtido na casa de Miguel Rodriguez. Num primeiro momento, Jorge Salcedo se recusou, já que seu único objetivo era fugir da Colômbia com sua família. Mas depois, convencido, ele colaborou usando as escutas do cartel para localizar Pallomari e sua esposa. Em uma conversa franca e sincera, Peña mostrou a Pallomari que ele não tinha muitas opções. Ou era colaborar com os americanos, ou era ser morto por David Rodriguez. Em um último embate com Navegante, Salcedo se deu melhor e matou o capanga de David, levando Pallomari e sua família em segurança para o aeroporto, despachando-os para os EUA.

A ajuda de Pallomari garantiu a estadia dos irmãos Rodriguez-Orejuela na cadeia até o fim de suas vidas, além de pressionar o governo colombiano a combater mais fortemente o narcotráfico, caso contrário seriam declarados inimigos dos EUA. Mas claro, tudo vem com um preço. Todas as ações custaram o emprego de liderança de Peña na DEA, que pode vir a ser revogado para uma próxima temporada, quando devemos ter México no centro do combate de drogas de Narcos. Seria meu sonho ver o Rio de Janeiro mostrado na série?

Chepe e Pacho se entregaram às autoridades, mas não ficaram muito tempo na cadeia. Chepe conseguiu escapar, mas acabou morto no meio da mata, quando tentou se juntar à guerrilheiros. Pacho, por outro lado, foi morto na prisão, principalmente por culpa de sua rixa com os Salazares e o Cartel do Norte del Valle, que ele fez questão de exterminar no início do episódio.

Por fim, Salcedo e sua família entraram no Programa de Proteção às Testemunhas, e ganharam identidades novas para viverem nos EUA, enquanto Peña estava na sua vidinha com seu pai no Texas, só observado os traficantes transportando drogas pelos rios próximos. Será que ele vai segurar seu impulso de ficar longe disso?

Algo que aconteceu nesse episódio e deixei pra falar só agora no fim da review foi a morte de David Rodriguez. Antes de mais nada, quero parabenizar o ator Arturo Castro, que deu vida ao personagem. Acho que desde Ramsay Bolton, de Game of Thrones, eu não odiava tanto um personagem. Ele arrasou na interpretação, nos levando a torcer pela morte de David a cada nova cena. Uma pena que foi uma morte tão bobinha.

Em uma breve análise da temporada, posso dizer que gostei. Pablo Escobar fez falta, mas alguns personagens acabaram se destacando e tornando a série muito boa de assistir. No entanto, uma coisa faltou nessa temporada. Antes, tivemos um processo de desenvolvimento de personagem tão bom de Pablo Escobar, que nos fez inclusive torcer por ele muitas vezes. Ou seja, criamos empatia pelo personagem. Essa temporada não tivemos isso. Talvez um pouco com Salcedo, que foi aquele que mais conseguimos nos conectar. Porém, os líderes do Cartel de Cali e os agente da DEA não tiveram um background, não foram bem desenvolvidos, apenas jogados no meio do enredo, o que tornou difícil ter alguma empatia por eles. O que quero dizer com isso é que, enquanto achei a morte de Escobar injusta, se qualquer um deles morresse durante a temporada eu nem iria ligar. Basicamente isso. De qualquer maneira, foi uma temporada legal de se assistir, muito bem dirigida, tratando muito bem fatos históricos. Uma produção de primeira!

De resto, espero que tenham gostado das reviews! Na próxima temporada estaremos de volta!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Gerson Elesbão

Nem tão complicado demais, mas nem tão simples assim: quebra-galho, colunista e seriador. Dificilmente atualiza o Banco de Séries, mas adora gongar as séries amadas pelo público. @gersonelesbao


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu