Posts Populares

Once Upon A Time – S05E11 – Swan Song

Só quero que vocês me respondam uma coisa: Como sobreviver até março após esse episódio? Não estou sabendo lidar!

Em primeiro lugar, peço desculpas pela demora da review do episódio, mas final de ano sabem como é né? Corridíssimo, todos os paneleiros super ocupados e eu queria muito fazer a review desse episódio porque foi bapho DEMAIS! Ouvi muita gente falando mal do episódio e até da temporada, mas pra mim, essa temporada tem sido uma das melhores, acho que tá na disputa pra minha temporada favorita, vamos ver no fim como vai ser. E quanto ao episódio, eu ADOREI em todos os sentidos, principalmente o fato do Hook ter cedido à sua bondade e ter se sacrificado pela Emma, conforme eu for falando das partes do episódio vou explicando.

O episódio começa mostrando o Hook pequenininho (que gracinha, meu Deus!) sendo acalmado pelo pai por causa da tempestade em alto mar que estavam passando. Hook acaba adormecendo e quando acorda, um senhor o avisa que o pai entregou ele e o irmão Liam em troca de um barco para fugir dali já que estavam o perseguindo. Meu Deus… só por isso eu já entendi toda a personalidade do Hook antes de conhecer a Emma, um trauma desse fica marcado pra sempre, minha gente e claro, além de eu ter garrado um ódio tremendo desse pai dele. Eu, sinceramente, não sei se algum dia perdoaria meu pai por isso. Mais lá pra frente do episódio, vemos que Regina e Hook se conheciam bem antes do que imaginávamos, até onde me lembro nunca foi mencionado o fato dele ter sido escolhido pra tentar matar a mãe dela e ter que passar por um teste, se eu tiver com a memória ruim me avisem aí nos comentários, por favor hahaha. Só sei que adorei saber dessa história e foi esse um dos motivos que entendi o porque do Killian ter se sacrificado no presente. Gostei porque Regina no presente teve uma forte influência sobre ele, fazendo ele pensar no passado e novamente sobre o tipo de homem que queria ser e a questão principal é justamente essa: que tipo de homem o Hook quer ser? Desde que ele conheceu Emma, sabemos que ele mudou e redescobriu seu lado bondoso, amoroso, carinhoso e heróico, mas vimos que desde aquela época que ele foi desafiado a matar seu pai, esse lado prevalecia nele, tanto que depois de conversar com seu pai no bar, ele tinha decidido não matá-lo e ia inclusive providencial a fuga do irmão desconhecido junto com o pai. Killian só cedeu e matou seu pai porque foi tomado pela raiva, tristeza e pelas lembranças traumáticas que seu pai o deixou. Então, tá errado quem diz que não fazia sentido nenhum o Killian mudar de ideia de uma hora pra outra. Faz sim! Porque além dele nunca ter sido um homem ruim na sua essência, tudo foi porque causa de traumas e marcas do passado, ele sempre amou Emma e isso é demonstrado ao longo do episódio também, inclusive quando ele pega a Excalibur dela, dá pra ver em seus olhos que ele não a quer morta. Reflitam e vejam se não tô certa 😉

1

Diferentemente de Hook, Rumplestilskin se mostrou um homem maldoso por essência, sedento por poder e sem grandes razões pra isso. Confesso que Rumple como vião é um que amo odiar, porém já to BEM cansada da mesma história de sempre: Rumple muda, Bela perdoa ele, ele engana ela, ela descobre, ele mostra que mudou, Bela perdoa ele e assim vai o ciclo vicioso, tipo, é TODA vez assim. Eu jurava que dessa vez seria diferente, que veríamos uma nova versão dele, Rumple como herói, mas como eu disse ali, diferente do Hook, o Rumple escolheu o tipo de homem que ele quer ser e não é um herói ou um homem bom assim como Hook, muito pelo contrário.
Nunca imaginei esse plot twist que a série teve, os poderes de todos os Senhores das Trevas acabar nas mãos do Rumple, porque realmente acreditei na bondade dele, mas pensando pelo lado dos escritores, faz sentido só pra poder ter tido como levar Emma e sua trupe pro submundo.

2

Por falar em trupe, achei bem bacana dessa vez a Emma ter compartilhado do seu plano com sua família e amigos e ter contado com a ajuda deles, em vez de novamente tentar resolver as coisas sozinha né? Acho que ela teve muitas provas de que isso não dá certo.
Gente, essa história de Captain Swan ACABOU comigo nesse episódio, sério. Eu chorei tanto vendo aquela cena em que a Emma mata o Hook desesperada porque tá matando o amor da sua vida, a despedida deles… Socorro, meu coração Captain Swan está sangrando até agora, meu choro tá preso na garganta. Só serviu pra eu amar mais ainda o casal e amar incondicionalmente esse homem chamado Killian Jones, que homem! Em todos os sentidos <3
Eu sofri foi muito, mas gostei da atitude da Emma de dessa vez ter cedido à vontade dele e deixá-lo morrer como herói. Claro que eu NUNCA iria perdoar os escritores se Hook tivesse morrido de vez na primeira morte, mas vocês entenderam o que eu disse né? Pra história em si, foi um sentido importante.
E a ideia de Emma de compartilhar o coração com o Hook assim como Snow e Charming? MEU DEUS MEU CORAÇÃO CAPTAIN SWAN ALGUÉM ME AJUDA, QUE COISA LINDA!

3

Outra personagem que sabemos que irá voltar será Zelena, não sei se pra Storybrooke inicialmente, mas inclusive já até li sobre a Dorothy que vai aparecer em Oz ora impedir Zelena, ou seja… teremos sim nossa Wicked Witch, ela não foi embora de vez. Zelena foi a alegria desse episódio né? Porque o resto do episódio foi uma tristeza e uma tensão sem fim, ela era a responsável por risadas e suspiros de alívio. Adorei ela chamando Regina e Robin de “Gina e Robbie, ri tanto hahaha

4

Achei esse episódio muito importante pra série e extremamente bem feito com muitos detalhes que prestando atenção dá pra notar e curtir muito, como essas comparações indiretas entre Killian e Rumple, a construção de Killian pra ele ter se tornado o homem que é, as mudanças de Emma, enfim… a única pergunta que ainda não sei responder é: Como vou aguentar até março? Se alguém souber, por favor me diga porque não tá dando! SOCORRO!

Carol2

Talvez Você também goste de...

gostou da matéria? deixe um comentário!

Caroline Azevedo

Seriadora de carteirinha. Shipper de plantão. Friendsmaníaca. Viciada em música. Feminista. Meu sonho é ser uma Sense8 e me dividir em várias partes para conhecer esse mundão afora, tudo ao mesmo tempo, agora.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu