Em Newer Elements of Our Defense temos um maior desenvolvimento da trama envolvendo os projetos Castor e LEDA, as outras tramas paralelas que vinham sendo desenvolvidas ficaram em segundo plano.

O episódio começa justamente a partir do anterior, com a Sra. Johanseen voltando louca do milharal após atirar em Mark. Eu já estava triste pensando que Sarah ia ter que lutar com a velha louca, mas graças a deus, Sarah foge e resgata Mark o levando para uma casa abandonada. Gente que expressão da Sra. Johanseen, realmente da medo dela.

Porém na cena seguinte vem meu primeiro ponto de What?, Sarah cria vínculos com seus irmãos muito facilmente, eu jamais séria assim, talvez por ser uma pessoa mais racional, e não consigo entender por conta disso algumas ações de sua personagem. Enfim, ela resgata Mark, e tira algumas respostas dele sobre o Projeto Castor e o Genoma Original e ainda o salva tirando a bala que estava dentro de sua perna.

 orphan 1

Após Mark capotar, Sarah vasculha as coisas dele e encontra a chave do quarto de hotel. Obviamente ela sai correndo, ela quer pistas, quer algo para trocar pela liberdade de Helena e algo para curar definitivamente a doença que aflige Cosima.

Vasculhando a maleta que Mark e Gracie tinha resgatado no episódio anterior, Sarah encontra relatos experimentais do Projeto Leda, e descobre que Johanseen era auxiliar de Duncan, e que conseguiu produzir um bebê a partir do código genético original.

Algumas páginas a frente descobre a identidade da mãe do bebê do código original, que não é nada mais, nada menos que a louca dos Proletheans: Sra. Johanseen.

 orphan 2

Sarah acaba descobrindo com informações de Mark que chega logo depois, que os Johanseen tiveram um filho antes de Gracie que acabou morrendo cedo e foi enterrado. E Sarah acaba vasculhando a cova atrás dos restos mortais do bebê e o encontra uma caixa.

O que ela não esperava era que Rudy fosse chegar e estragar tudo. Mark acaba concordando com Rudy e levando a caixa e Sarah (deu a entender isto por conta da promo no fim) para o quartel do exercito. Sinceramente acredito muito em Mark, e para mim ele dará um jeito de salvar Sarah e Helena dela, Sarah o resgatou e salvou da morte.

Falando em quartel, Rainha Helena está cada vez mais audaciosa, e tenta planejar sua fuga cada vez mais louca. Primeiro ela taca sua merda nos guardas, SIMPLESMENTE AMEI ESSA CENA: MY SHEET, e da um surto de loucura, porém o que ninguém sabe é que ela prendeu seus vasos sanguíneos, impedindo que o  sedante que deram a ela faça efeito tão rapidamente.

Quando está só, seu subconsciente, mais conhecido como o escorpião Pupok acorda ela para dar uma olhada pelo perímetro. Helena vasculha tudo e mesmo louca e quase caindo alucinada, ela consegue voltar até a sala que estava, não encontrando mais problemas.

Porém esta primeira ação fazia parte de algo maior, Helena planejou sua fuga, forjou uma chave com um osso que sobrou de uma refeição utilizando os próprios dentes. Após fugir, ela se depara com um dos clones masculinos do projeto Castor preso em uma cadeira e com sua cabeça cortada. O exercito faz algum tipo de estudo a partir das ondas emitidas pelas neurônios em busca de uma possível cura para o problema genético, porém foi uma cena bem cruel, e vemos Parson agonizando, pedindo para morrer e nossa Helena mostra o quão bom coração é, deixando de fugir e dando um fim no sofrimento do irmão dela.

tumblr_no1hgxeyW01rgvfxho3_500

Helena acaba sendo presa novamente, e acredito que uma nova fuga vá demorar para acontecer.

Gracie foi outra que viveu um pequeno inferno neste episódio, ela voltou para sua mãe após descobrir mais sobre Mark e já se arrependeu. A família queria apenas o bebê que ela carregava, que começo a desconfiar que foi feito a partir do código genético original (sei lá, é tão sagrada essa criança). Ela foi acolhida por alguns Proletheans e teve um dia de descanso, porém quando a garota perde o bebê, sua mãe a expulsa de casa para sempre.

Acredito que nós próximos episódios poderemos finalmente descobrir um pouco sobre Gracie, sobre seus gostos, ver ela falar mais e descobrir mais sobre a personagem que até então esteve bem apagada na série.

Cosima teve pouco destaque no episódio, tirando os poucos diálogos com Scott e Félix, ela quase não apareceu. O destaque ficou por conta do uso do aplicativo, que aparentemente trará uma nova companheira para Cos. o/

Alisson Hendrix foi a personagem que mais me surpreendeu, sua trama não é nada comparada a do código genético, porém sua busca por ascensão social é incrível, ela não medida esforços para vencer Marcy, e topou conhecer o chefão do tráfico.

Logo de início, Alisson saca que foi enganada pelo garoto, porém mostra confiança e decidi encontrar o dono do tráfico, ao entrar no carro descobre que é um amigo de infância, e sinceramente senti o maior clima entre os dois, cuidado Donnie.

Ah já ia esquecendo, mas amei a imitação de Rudy de Kira, -Mommie, Mommmie, foi genial! Ari Millen vem evoluindo seus clones, e acredito que os clones que sobreviverem conseguirão mostrar diferentes Ari para o público e quem sabe um dia poderemos achar que teremos diversos atores, e não um mesmo interpretando diversos personagens.

Quem ficou sumido do episódio foi “Dirty Paul” e “Mr.S”, porém já percebemos que Paul volta no próximo episódio e as coisas prometem esquentar ainda mais em “Orphan Black”. Aguardo vocês nos comentários!!

Lindomar Albuquerque
Lindomar Albuquerque

Canceriano com ascendente em Sagitário, ou seja UMA ÓTIMA PESSOA! Atualmente um louco que faz Doutorado e que já se formou em Química. Viciado em The Voice, séries e Indie Rock. Gosta de gastar o tempo que não tem para escrever sobre The Voice, The Flash, Bates Motel, Orphan Black, The Vampire Diaries e Westworld.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: