-My Seestra

É fato que Orphan Black vem se desenvolvendo de forma lenta e não tem agradado a todos os seus fãs. Acredito que isto (da série estar mais lenta) é uma tentativa dos produtores de deixaram a trama explicada nos mínimos detalhes para permitir que o telespectador junte as peças e compreenda todo a teoria que tem por trás de LEDA, Dyad, Castor, Clonagem, Proletheans e tudo mais.

Quando falo disso, me refiro ao fato de que em cinco episódios, tivemos a fuga de Helena que estava presa desde o início, Sarah sendo presa agora, pouca evolução em relação aos castores, descobrimos que eles são irmãos das clones femininas e só, além disso alguns personagens não tem sido aproveitados como Cosima, Rachel e Alisson, sem falar em Paul e Delphine que sumiu.

Enfim, mas mesmo com estes pequenos problemas, Orphan Black continua fazendo bons episódios e se Alisson esta sendo deixada de lada (nenhuma ceninha neste episódio), Helena e Sarah estão dando um banho!

Em “Scarred by Many Past Frustacions” temos Cosima deixando Delphine para trás e dando uma chance a seu coração por conta da intervenção de Feh, ela marca um encontro em um aplicativo e vemos as coisas esquentarem entre ela e Shay.

coshay

Mas Shay não parece ser uma linda garota encontrada ao acaso, alguém tirando fotos de ambas, será que não foi algo feito por Delphine? Pela Dyad? Não sei, mas que ela esconde algo, ela esconde.

Alisson coitada nem apareceu, e com isso vamos logo falar dos acontecimentos no refúgio do exercito onde Helena está presa, e agora Sarah também.

Helena Gifhy

sarah

De início, Helena está relutando em acreditar que Sarah não teve nada haver com a traição de colocar ela lá, ela apenas acredita em sua Seestra quando Dirty Paul aparece, e tem aquele momento em que você que gosta de Sarah e Paul juntos (como eu) torcem para que ele a salve, mas ele é bem cretino e fala que agora não pode fazer nada. Detalhe para a ameaça de Helena, – maybe you’re next Paul.

Com as duas irmãs se dando bem, Helena conta a ajuda de Sarah para bolar um plano de fuga, Sarah se passa por louca e rebelde e consegue uma pinça, depois Helena utiliza todo o estoque de manteiga da série inteira e desliza por um espaço minúsculo, sério AMEI ESSA CENA e depois Helena parte meu coração quando abandona Sarah ali sozinha, gente sofri nesse momento e achei essa cena um pouco forçada (Helena não abandonaria sua Seestra assim, ainda mais depois de descobrir que ela não teve culpa com ela ser pega e ter sido ajudada por ela).

Helena mostra todas suas habilidades, salta que nem um louca, e acaba fugindo deixando Sarah para o sofrimento na mão do pessoal do exercito, a esperança para Sarah está na mão de Mark e de Paul, duvido que Paul vá deixar Sarah muito tempo ali como prisioneira, ele ainda ama ela.

Paralelo a toda essa bagunça de Sarah e Helena, temos Art se tornando mais importante para a história, ele leva Gracie até Siobhan e Feh, e temos algumas cenas divertidas ocorrendo na casa deles, onde Gracie afirma que não é mais uma Prolethean, que agora é do time do perigo, que quer beber, fumar, ir em um show de rock e nadar pelada (ok, Gracie eu nunca nadei pelado tmb!).

grace piri

Gracie se veste com uma piriguet e curte a noite com Siobhan e Feh, eles bebem, dançam, e vemos Siobhan sorrindo e se abrindo para a ruivinha, mas no final ela acaba passando mal e ficando com os olhos vermelhos, uma outra garota que está com Art aparece com os olhos vermelhos, o que elas tem em comum? Tiveram relações sexuais com os clones do Castor, é isso  mesmo, eles tem a ‘killer dick’ com eles minha gente, eles transmitem algum tipo de doença e finalmente descobrimos a função dos cadernos dos clones castor.

Enfim, ainda existe muita coisa para explicar, mas aparentemente o código genético poderá ser extraído dos ossos do bebê e talvez uma cura seja encontrada, além disso pela promo do próximo episódio temos a volta de duas queridas personagens: Delphine e Rachel. Enfim, espero vocês nos comentários. Até a próxima.

*Observação, já que estamos em clima de guerra no mundo pop com o lançamento de Bad Blood, segue as capas do #TeamMaslany.

bad blood sarah mannning

 

bad blood helena

 

bad blood cosima

bad blood alisson hendrix

bad blood rachel

 

Lindomar Albuquerque
Lindomar Albuquerque

Canceriano com ascendente em Sagitário, ou seja UMA ÓTIMA PESSOA! Atualmente um louco que faz Doutorado e que já se formou em Química. Viciado em The Voice, séries e Indie Rock. Gosta de gastar o tempo que não tem para escrever sobre The Voice, The Flash, Bates Motel, Orphan Black, The Vampire Diaries e Westworld.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: