Posts Populares

Orphan Black – S03E09 – Insolvent Phantom of Tomorrow

Os últimos episódios de Orphan Black (vide do meio da temporada até aqui) conseguiram responder diversas questões e colocar a séries nos trilhos, a forma como a produção vem apresentando os mistérios e roteiros levam Orphan Black a um nível semelhante a 1ª temporada e quem sabe não fecharemos essa Season 3 com chave de ouro. A trama nesta temporada foi totalmente em cima do Genoma Original, os primeiros episódios foram mais lentos, mas necessários, pois apresentar os Castores e tudo que estava por trás deles acabou sendo fundamental para o desenvolvimento desta temporada, além disso conhecemos mais sobre Siobhan, tivemos um fechamento para a história de Beth (acredito que aquele momento foi o último que vimos a personagem na série) e vimos a transformação de Helena e Gracie.

Siobhan

O episódio começa em Londres, seguindo as pistas encontradas na única página que Rachel traduziu, Félix, Siobhan e Sarah aparecem em um pequeno bar da fria e cinzenta Londres. Conhecemos um pouco do passado de Siobhan, descobrimos que ela é uma ótima cantora e vivenciamos um pouco de suas aventuras românticas, além disso ela mostra que seus contatos após anos ainda continuam fornecendo informações úteis. Realmente gostei destes pequenos momentos mostrando mais sobre Siobhan, acho ela a personagem mais misteriosa de todo o elenco de Orphan Black e gostaria que no futuro explorassem mais ela.

Focando no núcleo de Londres, a trama do Genoma Original logo se resolve, com o saldo de duas mortes (Orphan Black Meu Povo, só mata menos que Game of Thrones), alguns arranhões e Siobhan perdendo o amando. E quando ninguém esperava mais novidades, descobrimos que a criadora de todos, o genoma original de todos os clones, é nada mais, nada menos que a mãe de Siobhan, que esteve presa por um bom tempo (pelo gênio ‘calmo’ dela, tivemos uma ideia do que ela pode ter aprontado). Além de ser a cópia original ou dona do genoma original, a bixa é tão FODA, que engoliu durante a gravidez seu gêmeo masculino, criando dentro de si, duas linhagens celulares e assim ela pode ser a doadora para ambos os clones, pela forma como ela fala de Duncan, fiquei me perguntando se os dois em algum momento não tiveram algum tipo de relação a mais. Enfim, finalmente podemos ter uma esperança de cura para nossos clones (principalmente Cos).

Adorei a conversa duradoura e sincera com ameças de Siobhan e Kendall. HAHAHAH

Saindo um pouco de Londres, tivemos o retorno de Mark e descobrimos que foi Gracie que entregou para os Castores a localização do livro de Duncan. Quem sofreu com isso? SHAY, que aparentemente era inocente (ainda não acredito) e quase foi degolada por Rainha Delphine.

helena

Falei que a série matava menos que GOT? Mentira, o saldo de mortes do episódio cresceu ainda mais, a responsável foi Helena! Ela deixou Donnie salvar seus babies, e quando ouviu uma ameaça para os sobrinhos foi lá, e saiu banhada no sangue! Tava com saudades dessa Helena psicótica.

P.S: Amei aquela cena inicial da Helena brincando com as filhas de Alisson e Donnie <3

Cosima ficou meio de lado, ali doente e com os rolos envolvendo Delphine e Shay, mas nada de mais. O episódio nos deixa a corrida pela genoma original com a principal trama e veremos o desdobramentos e quem mais irá morrer nesse season finale na próxima review, até lá!

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lindomar Albuquerque

Canceriano com ascendente em Sagitário, ou seja UMA ÓTIMA PESSOA! Atualmente um louco que faz Doutorado e que já se formou em Química. Viciado em The Voice, séries e Indie Rock. Gosta de gastar o tempo que não tem para escrever sobre The Voice, The Flash, Bates Motel, Orphan Black, The Vampire Diaries e Westworld.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu