Posts Populares

Orphan Black – S05E09 – One Fettered Slave

Agonia e um pouco do passado de Helena! Está acabandoooo….

Olar pessoas! Vamos a mais um review semanal dessa maravilha chamada Orphan Black, meu penúltimo review dessa série e eu to sentindo como se um pedaço de mim estivesse ficando pra trás, vou sentir muita falta das minhas seestras! <3

O que significava essa imagem que foi revelada logo no início da temporada?

Esse penúltimo episódio traria consequências graves para uma de nossas seestras, como vimos no episódio passado tivemos uma vitória do Clone Club a um custo muito atual, a vida de S se foi em confronto brutal com Ferdinand e a forma como todos lidariam com esse luto era o pano principal desse penúltimo episódio, mas o que nós telespectadores já sabíamos e as seestras não e que elas mal teriam tempo para viver esse luto, afinal os Neos deram sua última cartada e pegaram Helena.

Falando sobre o funeral de S, chegamos a Sarah, ela tentou ser forte como sua mãe sempre foi, ela tentou ser a nova matriarca da família e não ceder, mas sabiamos que por dentro a pobre estava chorando lágrimas de sangue, foi de cortar o coração ver a reação de Kyra e a tristeza no rosto de todos, as lágrimas de Alisson ao falar no telefone com Cosima, e eu já estava chorando nos primeiros minutos do episódio.

“Just remember, my loves – death is nothing at all. I have only slipped into the next room. You can call me by my old familiar name, put no sorrow in your tone. I promise we will laugh at this difficult parting, when we meet again.” – Siobhan Sadler

Enfim, dando sequência ao luto vimos aquela tradicional recepção na casa de Sarah e vimos que a Irmã Irina que teve sua língua cortada chega a casa com o diário de Helena e finalmente após 4 dias que Helena foi levada o Clone Club descobre isso e começa a agir. Sarah banca a durona mas sabe que por dentro não está pronta para ir salvar sua irmã, sendo assim fica a cargo de Félix e Art a ação inicial, os dois vão atrás de Rachel para buscar informações do paradeiro de Helena.

Chorei com ausência da S aqui no Clone Club, My Heart Is Broken!

A partir daí temos o desenvolvimento de toda história, Art e Félix chegam até o mesmo quarto de hotel e encontram Rachel Duncan em um estado que você não imaginaria a alguns episódios atrás, abatida e sem forças, Rachel praticamente vive isolado de tudo e de todos, tentando sobreviver, fica claro que Félix apesar de saber do envolvimento da embuste com Ferdinand e do mesmo ter causado a morte de sua mãe ainda assim sente pena dela. Enfim, com as pistas de Rachel, Félix e Art descobrem que precisam encontrar os conselheiros da Dyad e também ir atrás daquela policial filha da puta que levou Helena.

E a partir daí vemos um personagem querido cruzando uma linha tênue sem volta! Art sempre esteve ali apoiando Sarah, Beth e as outras seestras, mas dessa vez ele assumiu a linha de frente não pensou duas vezes antes de puxar o gatilho.

Art matou o maldito Frontanec, um dos braços direitos de Westmoreland e assim conseguiu um dos conselheiros que poderia lhe revelar o local onde Helena se encontra. Mas as coisas não vão tão bem quando o Clone Club pensava e eles acabam usando Rachel Duncan como isca para descobrir o verdadeiro paradeiro de Helena, afinal era pouco provável que P. T. a tivesse lhe levado a Ilha Dr. Moreau.

E foi dito e feito, P. T. Westmoreland retornou a Dyad e está nas antigas instalações da empresa, no mesmo local onde tivemos os primeiros momentos Cophine! Enganando a tudo e a todos e usando a velha tática de substituir uma clone por outra e considerando que Rachel estava debilitada e era pouco confiável vemos Sarah em seu luto indo salvar sua irmã.

Westmoreland também não anda muito bem da saúde, ele precisa urgentemente das células troncos que saíram do cordão umbilical dos bebes de Helena e quer acelerar o parto da mesma, assustando até a demônia da Virgina Coady. Além disso Westmoreland anda bem impiedoso e ainda mandou a demônia da Virgina dar um fim no Mark, Mark eu até por algum tempo cheguei a ter pena de você, mas suas últimas atitudes fizeram com que eu ficasse ligeiramente feliz com seu fim.

O fim de Mark traz o fim do Projeto Castor e talvez por alguns segundos vimos um pouco de humanidade na demônia da Virginia. Alias essazinha ainda teve a pachorra de criticar a mãe Helena, na verdade sejamos sinceros, Helena já errou muito nessa vida, mas creio eu que ela séria sim uma ótima mãe, mas o discurso dela pesou para nossa ucraniana.

Nossa ucraniana que vem sofrendo nessa última temporada, Helena sempre sofreu muito e esse último episódio trouxe uma série de flashbacks para mostrar mais sobre ela, uma pequena Helena surgiu. Para quem tem dúvidas e esperava a mesma atriz que faz a Charlotte, preciso só avisar que Charlotte é uma versão de 12-13 anos das LEDAS, enquanto a pequena Helena teria apenas 7 anos então com a licença poética vamos seguir firme e fortes.

Vimos a pequena Helena sendo trancafiada após pegar uma das freiras se tocando, a freira disse que a inocente garota estava com o demônio em seu corpo e lhe aplicou um banho de água sanitária que quase a afogou, após isso vimos a garota ficar recluse em uma sala, até que um dia um lunático apareceu e a treinou para matar as outras clones.

Vemos então a reedição daquela primeira cena onde Helena comete o primeiro assassinato de uma Seestra, Helena fica chocada ao ver que a moça é igual e ela e descobre que ela é a original. Agora no presente, Helena se vê em uma situação complicada, ela sabe que não tem muito controle sobre sua vida e após o que Coady disse ela fica com a ideia de que será uma péssima mãe e que seus babies não merecem isso.

Helena então em um ato de extrema coragem toma uma das medidas mais loucas e corta um dos seus pulsos ficando assim a beira da morte. Mas o destino não brinca em serviço, o fandom já abalado pela morte de S não estaria pronto para perder Helena e graças a loucura de Sarah que tentou enganar Westmoreland e conseguiu por cerca de 1 minuto, Helena foi salva e aquela imagem do início da temporada fez todo sentido, Sarah salvou Helena com seu sangue.

SAVE MY HELENA AT ALL COSTS!

A partir daí vemos Helena sendo salva e recuperando a lucidez e em um daqueles momentos LINDOS ela ataca a vaca da Virginia Coady e bate a cabeça da demônia contra o ferro da cama até ela cair sem sentido, acho que ela morreu, espero que ela tenha morrido! Agora as duas precisam sair dali, mas a bolsa de Helena estourou e os babies estão a caminho.

Art invadiu o prédio da Dyad e talvez seja ele que vá enfrentar Westmoreland no último episódio. Breath, Breath e Breath meu povo! Orphan Black tem tudo para fechar sua história com uma chave de ouro. O que espero para o season finale?

Queria muitoooo um final feliz para todas as seestras mas não acredito nisso, sendo pé no chão acredito fortemente que Alisson vá viver com Donnie e se brincar ela criará os babies de Helena. Cosima deve ter uma vida plena e feliz com Dr. Cornier, quem sabe as duas não vem ao Brasil para uma lua de mel? Aliás vamos ter alguma referencia ao Brasil no Series Finale! Sarah deve finalmente viver como uma mãe e criar sua menina Kyra, alias Sarah merece um pouco de paz depois de tudo que aconteceu! Não quero mesmo que Helena morra, mas não a vejo cuidando de seus babies depois de tudo que Viriginia disse a ela nesse episódio, acho que veremos uma Helena deixando os babies com Alisson e sair no mundo para viver sua vida, ou teremos um outro final não é mesmo. E por fim temos Rachel Duncan, eu não espero nada de Rachel Duncan, let’s see.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Lindomar Albuquerque

Canceriano com ascendente em Sagitário, ou seja UMA ÓTIMA PESSOA! Atualmente um louco que faz Doutorado e que já se formou em Química. Viciado em The Voice, séries e Indie Rock. Gosta de gastar o tempo que não tem para escrever sobre The Voice, The Flash, Bates Motel, Orphan Black, The Vampire Diaries e Westworld.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu