Posts Populares

Panela Velha: Eu, a Patroa e as Crianças

Vamos relembrar as maravilhas de Eu, a Patroa e as Crianças?

Olá minha gente. Mais um Panela Velha começando e essa aqui é uma das postagens mais especial que faço, até porque a série que será mencionada fez parte não só da minha infância e juventude de grande parte dos leitores, até porque quem nunca assistiu My Wife and Kids, que traduzido pra nossa língua ficou conhecido por Eu, a Patroa e as Crianças. Essa série teve 5 temporadas, foi ao ar entre os anos de 2001 a 2005 e vou relembrar aqui os melhores, os mais engraçados, os mais emocionantes e os mais tensos dessa série maravilhosa comandada por Damon Wayans e companhia.

.: Primeira Temporada :.

O primeiro episódio é um dos mais divertidos também . Nele foram apresentados os personagens e as personalidades deles. Michael Kyle é o chefe de família que usa métodos de aprendizagem nada convencionais com os filhos: Jay Kyle, que na primeira temporada não teve taaanto destaque em comparação a outras temporadas; Claire Kyle, que na season 1 foi interpretada por Jazz Raycole, aqui Claire era esperta, articulada e junto com seu irmão Junior dava muita dor de cabeça aos pais. Já Junior Kyle era o tipo de garoto popular por associação, ele era bem lerdo mas andava com o time de basquete que era bem popular no colégio em que estudava, queria sempre mostrar que já era um homem feito e sempre que podia tentava se dar bem com uma garota. Kady era a caçula da família, na primeira temporada dava o toque de fofura em que a série precisava e segurou bem a marimba quando precisou.

Não tem como eu destacar um episódio como especial porque todos aqui valem a pena ser visto, entretanto, um episódio que deu uma certa polêmica e até a cena foi censurada aqui no Brasil (varia pelo horário exibido), foi a cena do Junior fumando maconha. Isso aconteceu no episódio 3. Michael e Jay obviamente perceberam, ela quis resolver do modo tradicional dando uma bela de uma surra nele, mas como aqui é uma série de humor, apesar de o tema abordado ser bem sério, principalmente no início dos anos 2000, Michael teve a ideia de confundir a cabeça do jovem em que acreditava que tudo acontecia em câmera lenta ou tudo rápido demais, mas no final deu tudo certo, Michael conseguiu conversar com seu filho e o mesmo prometeu nunca mais usar nada do tipo.

Um outro momento em que eu acho bem marcante é quando Claire entra em um campeonato de dança na escola, o irmão de Michael vai visita lo e leva a namorada nova e Junior fica doido por ela, esse é o episódio 10. O episódio seguinte é um dos mais sérios e um que passa uma mensagem bem bonita, o episódio mostra Michael e seu advogado conversando e logo após chegar em casa ele descobre que seu amigo morre em um acidente. Chocado pela notícia e pelo fato de não ter chorado pela morte do amigo Michael entra em uma paranoia em demonstrar o amor por sua família e viver todos os momentos intensamente como se fosse o último, tudo só volta ao normal .

Se tiverem interesse de reverem a primeira temporada completa só clicarem aqui.

.: Segunda Temporada :.

Se a primeira temporada veio forte, a segunda temporada prometia muito mais. Sendo que por diversos acontecimentos comprovo que essa foi a temporada mais conturbada que teve. Isso se deve pela atriz que interpretava Jay Kyle se ausentar para ganhar seu filho e por Jazz Raycole, que fazia a Claire, sair da série pois sua mãe não aprovou o tema abordado logo no primeiro episódio que  era sobre gravidez na adolescência. Sendo assim, a produção teve que se desdobrar para que as mudanças não ficassem tão bruscas aos olhos do público. Eles resolvem colocar que Jay vai cuidar de sua mãe doente e substituem Jazz por Jennifer Nicole Freeman no papel de Claire, essa personagem em especial teve grandes mudanças, principalmente na personalidade. Se antes ela era insegura e se achava o “patinho feio” agora ela se achava a garota mais bonita e queria sempre ser o centro das atenções.

A segunda temporada teve num total de 28 episódios e teve um novo personagem secundário também, Tony, o namorado de Claire, retorna nessa temporada e sim ele retorna nessa temporada porque ele participou da season 1 não como Tony e sim como Roger (o primeiro namorado dela). Parando pra analisar fora ele não teve nenhum ator fora os principais a participar de todas as temporadas.

Com o grande número de episódios eu achei essa temporada bem maçante parecendo quase nunca sair do lugar, o que é bem comum de acontecer com séries desse gênero. A temporada passou também a ter participações especiais, como se esquecer do ultimo episódio em que Brian McKnight canta no casamento de Mike, ele cantou o hino da época “Back At One” e teve poucas falas, apenas parabenizando o casal protagonista.

 

Se tiverem interesse de reverem a segunda temporada completa só clicarem aqui.

.: Terceira Temporada :.

Se teve algum momento em que a série começou a deixar de lado a realidade de uma família dentro da série o momento foi esse aqui. A terceira temporada me marcou por mostrar a série mais engraçada pelas piadas e situações criadas dentro do episódio e não da forma padrão em que acontecia um caso específico que ia desencadeando outros e aí virava uma bola de neve.

De todas as 5 temporadas acho essa a  mais fraca. Logo no início da temporada mostra a continuação do casamento de Jay e Mike, não exatamente continuação, mas como se pegasse um gancho para o que viria a seguir que é a viagem para o Havaí, em que o casal tem uma segunda lua de mel e levam seus filhos para a viagem também.

A viagem foi dividida em 3 episódios, o primeiro mostra o preparo deles para a viagem, a saída de casa, a longa viagem de avião, no segundo mostra a chegada deles em que Mike perde sua bagagem, as reservas do hotel são canceladas e os planos em família vão por água a baixo. Mas não posso negar aqui que depois da turbulenta Season 2 e uns reparos aqui e ali (isso inclui novos personagens também), a terceira temporada não deixou de ser um sucesso.

Um personagem que mudou muito não no físico mas na personalidade foi o Junior, sem querer ele foi um dos grandes destaques da temporada, de um menino atrapalhado que queria porque queria pegar  todas as meninas da escola, no final da temporada ele conhece Vanessa Scott e se apaixona por ela mudando da água para o vinho, sendo um garoto mais sério, com um objetivo de se tornar desenhista, mas eis que chega o grande ápice da temporada. Jay e Mike saem para ir a uma ópera e deixam as crianças sozinhas em casa, Junior deixa Kady dormir na casa de uma colega e Claire sai com as amigas como0 sempre. Junior chama a namorada e eles acabam transando na cama de Mike e Jay. Tudo acaba na expulsão do filho mais velho de casa e o assunto da casa passa a ser esse.

No final da temporada Mike consegue passagem para o Japão para Junior, com o objetivo de afastar ele de Vanessa, na ultima cena Junior desiste da viagem, os pais os questionam e acabam descobrindo que Vanessa está grávida. Na minha opinião a série ainda estava muito boa, as mudanças foram, gradativas, os personagens novos e participações especiais bem interessante. Aqui também temos o episódio mais emocionante da série quem nunca ficou emocionado com a Cerimonia do Pai do Ano, nesse episódio Michael estava mais do que animado para ganhar o prêmio da cerimonia de Microempresário do ano e após ele perder ele fica totalmente frustrado e passa a se considerar um homem fracassado. E sua família organiza uma cerimônia simples, na casa deles mesmo, e premiam Mike como o pai do ano ressaltando suas qualidades, ensinamentos e o quanto ele é importante para a família e a esposa.

 

Se tiverem interesse de reverem a terceira temporada completa só clicarem aqui.

.: Quarta Temporada :.

E é exatamente aqui que a série perde o sentido e deixa de lado o objetivo de mostrar os dramas familiares, sendo assim mostrando situações fora do comum, por vezes até caricatas (no sentido de exagero) e ainda assim a quarta temporada deu certo e foi sucesso na audiência.

A temporada começa com um episódio em continuação que é quando Jay e Mike descobrem que Vanessa está grávida. Eu quero ressaltar essa cena por ter um acontecimento interessante. Como todos sabem na transição da primeira para a segunda temporada houve mudança  de atriz para a personagem Claire, acabou sendo uma transição turbulenta mais que foi levada pelo humor quando Michael diz que tem “algo estranho” com a filha.

Na transição da terceira para a quarta temporada houve mudança na atriz que faz a Vanessa Meagan Good saiu por razões desconhecidas e entrou Brooklyn Sudano.

Enfim, a cena da revelação da gravidez de Vanessa foi toda refeita e a série seguiu. Nessa temporada entrou os pais de Vanessa que acabaram ganhando o público por serem bem divertidos, Calvin e Jasmine foram personagens secundários, mas tiveram grande destaque em cada episódio em que apareciam. Parando pra analisar essa temporada em específico, tudo girou em torno da gravidez de Vanessa e do amadurecimento de Junior em que ele pega a responsabilidade de ser pai e de trabalhar.

Nessa temporada eu já não acho muito boa e não vejo episódios tão relevantes a serem lembrados aqui. Momentos mais engraçados é obvio que tem, mas um episódio em que me faça rir do início ao fim como as primeiras temporadas tiveram eu acho difícil. Eu só fiquei ciente que a temporada girava em torno da gravidez de Vanessa criando esse post, a temporada começa exatamente na descoberta e termina exatamente no nascimento do filho que passou a ser chamado de Junior Junior.

 

Se tiverem interesse de reverem a quarta temporada completa só clicarem aqui.

.: Quinta Temporada :.

E chegamos a quinta e ultima temporada. Aqui tava começando a deixar todo o surrealismo de lado e mostrando mais os dramas familiares como era nas 2 primeiras temporadas. O elenco não teve mudanças significativas, mas tiveram boas participações especiais e personagens bem memoráveis.

Com o nascimento do filho de Junior, a série passa a mostrar mais as situações familiares, sendo que diferente da Season 1 algumas situações são bem fora do comum e até da realidade de algumas famílias. O que mais me fez gostar dessa temporada foi  as participações especiais. Logo na estreia temos a participação de Michael Jordan (ídolo de Mike Kyle), uma das cenas mais icônicas pra mim foi Mike sendo anunciado para entrar na quadra com o nome de Bob Slobadonapopovich e sua família sem  entender nada.

No terceiro episódio conhecemos o arquirrival do Sr. Kyle na época do colégio e um dos destaques dessa temporada que foi Bobby Shawn, um cara preso nos anos 80 em todos os sentidos, tanto o de falar, de vestir, gírias e tudo mais. Nessa temporada tem um dos meus episódios favoritos que é o 6, titulado como “A Proposta” , o episódio mostra Junior tentando a todo custo pedir a Vanessa em casamento, enquanto Mike e Jay competem numa competição de Karaokê. Jay de uma forma bem exagerada e engraçada canta Baby Love (The Supremes) e Mike canta It’s A Mans Mans Mans World (James Brown), caso procurem o vídeo dessas performances procurem pelo nome traduzido Jay (Meu Grande Amor) e Mike (Mundo Masculino), o episódio não tem grandes acontecimentos e nada do que já não tenhamos visto em outras temporadas, mas como eu gosto muito está aqui.

Agora quem não conhece a expressão “Euro treino”??? Isso mesmo, um dos episódios mais marcantes da temporada foi quando Mike vai para a academia com o objetivo de emagrecer para entrar em sua calça favorita, ele encontra Daryl (interpretado pelo ator Terry Crews, famoso por interpretar o Julius em Todo Mundo Odeia o Chris e em filmes como As Branquelas) que irá instruir Mike na academia, claro que não deu certo porque Mike tentou acompanhar o treino exatamente igual o de Daryl e teve várias dores musculares. Com a temporada encerrando Jay dá a ideia a Mike fazer vasectomia para que ela não engravidasse mais, Michael fica relutante e não faz a cirurgia. A temporada e a série acabam com Jay anunciando a Mike que estava grávida.

Sim minha gente a série acabou nesse exato momento, mas farei aqui um resumo do que seria a Season 6 de Eu, a Patroa e as Crianças.

 

Se tiverem interesse de reverem a quinta temporada completa só clicarem aqui.

.: Sexta Temporada (Rumores) :.

A temporada iria começar justamente da forma em que terminou a quinta. Jay iria anunciar que estava grávida, Mikle ia se culpar pela gravidez e opta por fazer a vasectomia. No final tudo não passaria de um alarme falso, Jay não estava grávida, houve um erro no hospital em que teve uma troca de resultados. Tudo voltaria ao normal e a temporada seguiria normalmente.

.

Até o momento falamos das temporadas de forma resumida, agora vamos falar de algumas coisas que marcaram e que marcam até hoje a série. Quem nunca usou um bordão dessa série maravilhosa.

Humm… é mesmo  – Calvin Scott

Ei pessoinhas – Kady

Errrr… não! – Michael Kyle

Tuuudo isso – Jay Kyle

Em latin é mais engraçado. – Franklin

Aloooo –Franklin

Vai pro mural da vergonha!!! – Michael Kyle

Até logo, até mais ver, bon voyage, arrivederci, até mais, adeus, boa viagem, vá em paz, que a porta bata onde o sol não bate, não volte mais aqui, hasta la vista baby, escafeda-se, e saia logo daqui. – Michael Kyle

 

Músicas como Três ratos cegos

O tênis que brilhava o Blinkdoo

Pra finalizar eu acredito que se você tem mais de 20 anos ou até mesmo menos, por essa série já ter sido reprisada várias vezes, essa série fez uma geração, junto com Um Maluco No Pedaço e Todo Mundo Odeia o Chris. Das 3 apenas My Wife and Kids teve um final solto, não teve um episódio final em que a gente ficasse satisfeito e falasse “um ótimo final, pra uma ótima série” o que é uma pena porque acho que uma temporada somente de 10 episódios, somente pra mostrar o desfecho da série ficaria legal. Então o que acharam de relembrar dessa maravilhosa série? Comentem aí.

 

 

Talvez Você também goste de...

11.02.2017 Panela Velha: Lost

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Valber

19 anos, atrapalhado, distraído e começando agora (Não tem paciência, a saída e logo alí). Aqui comentarei todo tipo de reality musical em especial The X Factor, The Voice e Superstar. E como diz uma grande pensadora atual "Quem não gostar do que eu falo, me dá um tiro na cara!"


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu