Everybody Hates Chris!!

Umas das séries mais icônicas e que marcou uma geração está de volta. Calma! Pelo menos aqui no Panela. Quem nunca fez maratona de todo mundo odeia o Chris na record, não teve infância, adolescência ou muito menos vida. A série foi tendência e nos deu bordões maravilhosos como: “Eu não preciso disso, meu marido tem doooooois empregos” ou “Cara, ela ta tãããão na sua!” Pelo menos para mim a série é tão, mais tão importante que eu e meu melhor amigo nos apelidamos de Chris e Greg kkkkkk’ Então vamos deixa de balela e começar logo esse túnel de tempo?

Everybody Hates Chris (Todo Mundo Odeia o Chris) é uma série de televisão estadunidense de comédia inspirado nas experiências pessoais do comediante Chris Rock no bairro de Bed-Stuy (só doido vai), em Nova Iorque. Todo mundo odeia o Chris se passava nos anos 80 e Curiosamente a série deveria se passar nos anos 70, pois, a infância de Chris Rock foi nessa década, porém na época em que a série foi ao ar, já tinha outra de muito sucesso que se passava nos anos 70 que se chamava That ’70s Show, então os produtores resolveram fazer uma mudança estratégica e trouxeram a série para os anos 80. Estrelado por Tyler James Williams e o elenco principal formado por Terry Crews, Tichina Arnold, Tequan Richmond, Imani Hakim e Vincent Martella, Todo mundo odeia o Chris teve quatro temporadas, exibidas originalmente nos Estados Unidos entre 22 de Setembro de 2005 e 8 de Maio de 2009, pelos canais de televisão The CW Television Network e United Paramount Network. Também foi exibido no canal pago americano Nick at Nite.

O fim da série foi anunciado em Março de 2009. O último episódio foi ao ar em maio daquele mesmo ano. No Brasil, foi exibida em três emissoras, inicialmente no canal Sony e posteriormente na Rede Record e no TBS, sendo que os dois últimos canais exibem a série até hoje.

Antes de falarmos mais dessa história maravilhosa, vamos apresentar os personagens, que tal? Vem cá conhecer:

Chris Rock 

(Tyler James Williams)

Chris é o grande protagonista da história e toda série é contada à partir de sua ótica e das dificuldades em que ele encontrou por estudar em uma escola predominante branca sendo ele o único negro. Ainda tem todas as aventuras vividas por ele morando em um bairro periférico de New York e tendo a responsabilidade de ser o filho mais velho que cuida de seus outros dois irmãos. Se tem uma coisa que marca bem o Chris é a sua falta de sorte, o que nos rende boas risadas.

Rochelle Rock (Mãe)

(Tichina Arnold)

Essa aqui é Rochelle, mais conhecida como dona e proprietária da série, Rochelle é uma mãe dedicada a sua família  e cria os filhos com rédeas curtas para que eles não virem vagabundos. Partindo desse principio, ela decide matricular Chris na escola Corleone Junior High, uma escola de gente branca, em um bairro branco onde Chris seria o único negro. Rochelle tem uma personalidade forte e como seu marido tem DOIS EMPREGOS ela nunca permitiu que ninguém a desse ordens e por esse motivo nunca ficou muito tempo em emprego nenhum.

Julius Rock (Pai)

(Terry Crews)

Julius é o patriarca da família e sustenta a casa com o seu tão famoso dois empregos. Se hoje em dia já é difícil manter uma família, imagina naquela época? E sabendo dessas dificuldades, Julius era muito ciumento com o seu dinheiro e com a forma em que ele era usado. Com aquela velha mania de contar cada centavo, Julius é conhecido pelos fãs da série como o canguinha, mas, nem por isso ele é menos amado, muito pelo contrário foi com ele que aprendemos a contar os centavos hahahahaha’

Tonya Rock (Irmã)

(Imani Hakim)

Tonya, essa cumpre o papel de ser irritante como toda irmã mais nova (Eu sei bem disso, pois, tenho uma hahaha) ela é a mais mimada dos três e tem toda a atenção dos pais, principalmente de Julius que faz todas as vontades da garota. Sendo a protegida do papai, Tonya tem como principal esporte atormentar a vida de Chris e fazer com que ele leve a culpa por tudo de errado que ela faça.

Drew Rock (Irmão)

(Tequan Richmond)

Todo o charme, simpatia e sorte da família se concentra nesse ser aqui. Drew é tudo o que Chris devia ser mais não é kkkkk’ ele é mais alto que Chris, mais corajoso e muito mais popular, o que faz com que ele tenha uma vida totalmente oposta do irmão mais velho. Devido a todas essas qualidades, não há nada que Drew faça que ele não se destaque e seja o melhor.

Gregory (Greg)

(Vincent Martella)

Quando eu olho para Greg a única coisa que me vem a mente é: “Cara ela ta tão na sua“. Cumprindo o papel de ser o único amigo de Chris, Greg se junta ao menino para acrescentar no azar e nas enrascadas que Chris se mete. Os dois tem uma das amizades mais verdadeiras e sinceras que alguém pode ter e que surgiu da maneira mais inusitada possível, pois, quem iria querer ser amigo do aluno negro da escola? Pois é! Ele mesmo, Gregory o melhor amigo de Chris e meu também, afinal de contas todo mundo merece um greg em sua vida, eu já achei o meu.  <3

Agora que já conhecemos um pouco mais dos personagens que compõem esse grande sucesso vamos as aventuras de Chris e sua turma?

1ª Temporada

Bom na primeira temporada nós somos basicamente apresentados  aos personagens e já temos mais ou menos uma ideia do tom que leva a série. Chris acaba de completar 13 anos e sua familia finalmente conseguem se mudar do conjunto habitacional que viviam e vão para Bed-Stuy (só doido vai). Como era um recomeço para toda familia, Rochelle decide matricular Chris em uma escola fora do subúrbio, na “Escola Secundária Corleone” situada em um bairro italiano e onde todos os alunos eram brancos. Mesmo contra a sua vontade, Chris aceita o desafio e vai estudar na escola que fica do outro lado da cidade. A coisa já começa a ficar feia quando logo de cara ele sem querer arrumar confusão com o valentão Joey Caruso que dali em diante infernizaria a vida de Chris até quando não pudesse mais. Como nem tudo é só desastre na vida do Chris, ele conhece Greg, o menino branco mirrado medroso que é uma versão dele só que branco, logo de cara os dois criam uma laço muito forte e não se separam mais dividindo os lanches e as surras também. Como todo menino que entra em sua pré-adolescência, surge sempre o primeiro amor e Chris logo se vê apaixonado por Keisha, filha de Sheila, para quem Rochelle alugou o apartamento vizinho ao deles. Quando Rochelle pede a menina para ajudar Drew em matemática, Chris vê a chance de  impressioná-la, mas elas logo vão por água abaixo quando Chris pega Drew dando uns amasso em sua nega.

A primeira temporada é marcada por vários episódios hilários como: o da linguiça em que Rochelle passa o episódio todo tentando fazer Tonya comer ou aquele da Babá Sheila em que Julius e Rochelle saem para jantar e contratam uma babá para ficar com os meninos durante a noite e nesse meio tempo o restaurante em que eles estão são assaltados e um dos assaltantes é um amigo de longa data de Rochlle, enquanto isso a babá que eles contrataram somem de cinco em cinco minutos e ainda traz o filho dela para Chris tomar conta. E tem também o episódio dos tickets se lembram? Se não lembram vejam só essa cena.

Mas nada, Nada irá superar o episódio do Halloween, acho que até hoje esses é um dos meus favoritos por dois motivos: Chris tem sua primeira dança e ainda canta uma das músicas mais famosas da série. O episódio de Halloween é mais ou menos assim; Rochelle manda Chris acompanhar os irmãos enquanto eles pedem doces no Halloween. Nesse meio tempo, Keisha convida Drew para a festa de sua amiga Lisa, só que para Drew é muito mais divertido ir pedir doces do que ir em uma festa beijar umas meninas. Chris então,  decide ir no lugar do irmão. O único problema é que ele acaba perdendo o endereço durante a volta para casa, depois de ser “bombardeado” com ovos no ônibus. Logo, ele pede a mãe para ir e ela deixa, mas ela pede que ele deixe o número do telefone e o endereço do local. Como ele não consegue recuperar os dados, ele acaba anotando qualquer coisa, e indo com Jerome (o ladrãozinho que chama Chris do “carinha que mora logo ali e sempre rouba um dolar dele) para o local. Mais tarde, ele leva um fora de Keisha na festa ao convidá-la para dançar, e acaba dançando com Lisa que compadecida do nosso menino nos rende essa cena aqui:

2ª Temporada

Na segunda temporada a vida de Chris é contada entre os anos de 84 e 85 e  temos algumas mudanças, Chris começa a trabalhar na mercearia do Doc e também tem a senhorita Morello, professora do Chris “simpatizante” com a causa negra e que ao mesmo tempo marginaliza os negros a tal ponto de achar que Chris mora em um barraco com a mãe drogada o pai alcoólatra e seus 6 ou 8 irmãos. Em meio a algumas mudanças outras coisas continuam iguais como por exemplo; Jerome continua roubando o Chris da melhor maneira possível, Caruso continua fazendo da vida de Chris um inferno e Greg se torna cada vez mais indispensável da vida de Chris. Já a Keisha se muda de Bed-Suty dando lugar a uma nova paixão no coração de Chris; Iveth que tinha fama de ser a periguete do bairro e que ficaria com ele fácil, fácil. Chris então a convida para ir ao cinema e ela da um belo de um bolo nele, logo em seguida para fazer um teste, ele a convida para ir a um show, mas descobre que ela é muito interesseira e da um fora na garota. Assim, Chris logo se apaixona por Tasha, neta de Louise Clarkson, uma mulher implicante que mora ao lado dele e que quer Chris bem longe de sua neta para que ele não a engravide e faça uns moleques descalço e catarrentos.

Como toda relação tem seus altos e baixos, Chris e Greg passam por uma breve crise quando Chris decide se candidatar a presidente do Grêmio e ao invés de nomear Greg como seu vice, ele chama o aluno burro, porém, muito pouplar da Corleone. Para bater de testa com ele, Caruso também se candidata e chama Greg para ser o seu vice e alimenta a rachadura na relação dos dois. Só que como uma amizade verdadeira não pode ser facilmente abalada, Gerg se recusa a armar contra Chris e ainda conta tudo para ele sobre os planos do Caruso.

Assim como na primeira temporada, a segunda nos deu de presente episódios muito mais que incríveis como quando a senhorita Morello distribui ovos para os alunos, e cada um deve cuidar do seu ovo como se fosse um bebê (detalhe: o ovo de Chris é um ovo marrom). Chris pensa que o trabalho seria moleza, mas Rochelle faz com que ele dê duro para cuidar do pequeno ovo e não queira ter um filho tão cedo. Tem o episódio do dia de ação de graças que é quase igual ao de chaves indo para Acapulco e também temos o que? o inesquecível Malvo e o episódio da corrente de ouro kkkkk’ Ao ver que Malvo iria roubar a corrente de ouro de Vanessa, Chris alerta a amiga e impede o furto. Malvo fica furioso e ordena que Chris deverá trazer-lhe uma corrente de ouro ou irá apanhar. Chris então passa o episódio todo tentando roubar um corrente de ouro e não obtém sucesso. Julius então vai resolver o probleminha do seu filho da seguinte maneira:

Temos váááárias outras cenas memoráveis como essa aqui da Rochelle descobrindo do cartão de crédito de Julius

Eu não sei vocês, mas eu me mijo com o episódio em que Tonya tenta matar Drew achando que ela era um lobisomem hahahahaha

 

3ª Temporada

Chegamos na terceira temporada que narra a história dos anos de 1985 a 1986 e Chris tem alguns laços reforçados como sua amizade com Greg, seu emprego no Doc´s e sua amizade com o dono da mercearia, também veremos Chris cada vez mais apaixonado por Tasha e dando o seu primeiro beijo que curiosamente não foi com ela. Logo no primeiro episódio temos uma grata surpresa, pois, Chris Rock o cara que inspira a série aparece no episódio como orientador de classe para ajudar Chris que esta indo mal nas notas. Algo de diferente que acontece nessa temproada é que pela primeira vez Caruso apanha de um aluno do Corleone, e perde toda a moral de valentão se tornando um medroso igual a Chris. Com Caruso fora do jogo, todos os valentões da escola resolveram aparecer e Chris começa a apanhar de um cara diferente a cada dia. Ele então faz com que Caruso volte a ser o valentão de sempre e que as coisas voltem a sua rodem natural.

Com o passar da temporada, Chris tenta cada vez mais conquistar Tasha e em uma dessas tentativas, Julius ganha um vale para um jantar em um restaurante hiper, mega badalado e ele então vê a oportunidade de levar Tasha e tentar conquistar a garota. Tentando ser descolado e bad boy para impressioná-la, Chris acaba fazendo merda ao responder a Rochelle que mete seu sapato no rabo de Chris. E as tentativas não param por ai não, tentando a todo custo beijar Tasha, Chris da um jeito de participar do jogo da garrafa, só que nem assim ele consegue beijar a amada.

Mas nada foi tão pesado do que a possível separação de Chris e Greg. Com o ano acabando e eles perto de formar, Para nã ose separarem os dois decidem se inscrever para a academia de ciências do Bronx onde só Nerds super dotados conseguem entrar. Greg foi aprovado pela escola, mas Chris infelizmente não conseguiu entrar e se vê agora separado de seu único e melhor amigo. Mas nem por isso deixamos de ter momentos memoráveis na terceira temporada vocês lebram do Puro Voodo? Menino, e o episódio do concursos de cabelo que a Rochelle se mete? Vocês lembram do Tsunami? Não? Olha aqui kkkkkkkk

4ª Temporada

E chegamos enfim na quarta e última temporada da série de minha vida. Na sua ultima temporada, a série se passava entre os anos de 1986 a 1987 e Chris começa a estudar no Tattaglia, uma escola que diferente da Corleone não abrigavam só brancos mas gente de todas a raças e tipos como por exemplo um episódio em que Chris terá contato com um andrógino. com uma leve esperança de que tudo seria diferente, Chris inicia em uma sala onde tem muitos negros mas ninguém ali queria nada com a hora do Brasil e então ele pede para mudar de sala e acaba caindo por infortúnio do destino em uma sala só com gente branca e um professor racista que vai pegar muito no pé dele. Na quarta temporada algumas coisas mudaram como por exemplo, na escola que Greg estudava ele era um valentão e todos tinham medo dele;

Sem ter muito sucesso com Tasha, Chris hora ou outra aparece com uma paquerinha e uma dessas paqueras bem inusitadas que nos rende um episódio inesquecível é o da Garibalda.  A garota mais chata, feia, alta e magra da escola Kelly (Garibalda), o convida para um encontro. Chris apenas concorda em sair com ela porque não quer ferir os sentimentos da menina, mas depois de ficar um pouco juntos, Chris percebe que realmente gosta da garota e que muito além de sua aparência ela é uma ótima pessoa, só que mesmo assim ele tem vergonha da garota e quando o time de futebol flagra os dois se beijando e começam a humilhar a garota Chris não faz nada e apenas a deixa ir embora. Depois de uma bela conversa com seu pai, Chris decide se declarar para Kelly, mas já é tarde demais, saca só:

(Pisa menos Kelly, eu te imploro!)

E as investidas amorosas falidas de Chris não acabaram so em Kelly não, Srta. Morello pede a Chris para que Denise Huxtable seja a sua parceira no baile do Tattaglia, já que todos os garotos negros da escola já tinham uma parceira, mas os pais dela, o Dr. Clint Huxtable e sua esposa, Blair Huxtable  não aceitam de imediato, pois, eles são ricos e Chris pobre e mesmo o fato deles serem negros não o impediram de cometer um ato de racismo com Chris. só que, pior do que a recepção da familia da Denise, foi a reação da familia do Chris quando souberam que ele iria para o baile com uma menina negra, rica, bonita e que estava gostando dele. Para muitos essa é uma das cenas mais hilariás da série e eu tenho que concordar hahahahahah

Depois de uma vida, diversar conquistas amorosas (SQN) e muitas histórias para contar, Chris resolve tomar coragem e pedir Tasha em namoro. E não é que a menina aceita? O que Chris não esperava é que seu relacionamento seria tão traumático como foi o seu. Tasha se tornou uma menina ciumenta, controladora e maluca que acabou tomando conta da vida de Chris que não aguentou muito e terminou com a moça. Ou seja, todo o esforço de anos não valeu a pena kkkkkkk

E como acompanhamos o crescimento de Chris como pessoa também vimos ele pela primeira vez em ano desafiar a mãe e se recusando a fazer as coisas de dentro de casa, pois, estava cansado de fazer tudo para Drew e Tonya. O resultado? Chris foi embora de casa mas depois voltou com o rabo entre as pernas

Ps: Esse é o meu episódio favorito

Por fim chegamos ao momento decisivo da série e onde tudo termina, Chris dá o melhor de si para evitar que chegue novamente atrasado na escola e perca o ano letivo, mas ele chega atrasado graças ao professor Thurman, e por isso ele terá de repetir o 1º ano do Ensino Médio, como ele não queria ficar mais um ano na escola, Chris  decide sair da escola e fazer o supletivo. O clima de tensão paira no ar, o tom de episódio clássico tocando Bon Jovi e quando Chris abre o envelope não sabemos se ele passou ou não no supletivo e ficamos órfãos de uma das melhores series de comédia da vida.

E assim encerramos esse Panela Velha mais do que especial e cheio de nostalgia e boas risadas. Todo mundo Odeia o Chris marcou toda uma geração e com certeza fez e faz a vida de muita gente feliz a cada episódio exibido. Não importa se você é velho ou muito jovem, com certeza irá amar e se identificar com muita coisa vivida por nosso garoto. E essa série é especial por tantos motivos, mas principalmente por abordar de temas tão sérios de uma forma tão divertida e leve sem tirar o real peso do problema. Muito obrigado Chris por fazer de nossas tardes momentos felizes e inesquecíveis. <3

Pera ai, achou que acabou? Cabou naaada, vem cá que eu vou te mostrar umas curiosidades muito legais sobre a série.

  • Apesar de ter sido cancelada, o final da série, coincidiu com a época em que o pai de Chris Rock morreu, e que ele largou da escola e foi tentar a vida de comediante.
  •  O nome real da mãe de Chris Rock era Rosalie, não Rochelle.
  •  A personagem Tonia, foi baseada no irmão de Chris, Tony Rock, que também é comediante.
  • Tichina Arnold, que interpreta Rochelle, é grande amiga de Tisha Campbell, também conhecida como a mulher de Michael Kyle, Jay. A amizade fez Tishaparticipar da série, como a mãe de Tasha, Peaches.
  • Na verdade, o melhor amigo de Chris na escola se chamava David Moskowitze não Greg Wullinger.
  • Ficou curioso para saber a nota de Chris na prova, no último episódio? Ela aparece pintada  no caminhão de Julius, quando ele está estacionando.

Agora sim terminamos, tchau bb´s e até a porxima!

Dam Souza
Dam Souza

Baiano que tem caruru e vatapá no sangue, aquele que é o canto da cidade e só discute com quem entende de Inês Brasil.
Deixe-nos um comentário!
  • Paulo Adriano Rocha

    Que panelaço, maravilhoso!

    Vale por essa retrospectiva, Dam.
    Felizmente, NEM todo mundo odeia o Chris, né? hehe

    • Dam Souza

      Nunca!! O mais amado por todos hahahahahah’ <3

%d blogueiros gostam disto: