Posts Populares

Panelaço: As Melhores Séries de Vampiro

Seres sobrenaturais que dominaram a telinha!

Oi, gente! Hoje é dia de nosso Panelaço falar sobre um assunto polêmico e que já não tem tanto hype atualmente: Vampiros. Com o fim de The Vampire Diaries, uma fase praticamente se encerra, onde os vampiros foram romantizados e humanizados por muitas séries, filmes e livros. Então, nada mais justo que um Panelaço mais do que especial dedicado apenas pra essas séries, né nom?

Existem muitas séries, mas decidi colocar aqui as 7 que mais se destacam. Então caso você acompanhe alguma série que não está aqui na lista, fique à vontade pra me corrigir nos comentários.

6º Lugar – Being Human (UK)

A primeira série da nossa lista estreou em 2008, lá no Reino Unido. Com versões pra outros países, como Alemanha e Estados Unidos, “Being Human” tratava sobre a vida de 3 amigos, seres sobrenaturais, que viviam na mesma casa: um vampiro, um lobisomem e uma fantasma. Com muitos dilemas e plots que vimos em séries posteriores, “Being Human” foi uma das primeiras séries a romantizar estes seres sobrenaturais e torna-los mais humanizados. Com 5 temporadas e relativo sucesso, “Being Human” é o nosso 6º lugar da lista!

5º Lugar – Angel

A nossa lista segue com uma série importantíssima para o cenário dos vampiros na telinha. Uma das primeiras, com estreia em 1999, “Angel” contava mais sobre a luta de Angel, um vampiro com alma, que vivia em Los Angeles e combatia o mal. A série é na verdade um spin-off, e foi baseada no dia-a-dia de Angel como um detetive investigativo, que buscava julgar os demais vampiros que atormentavam Los Angeles. A série tinha um ar mais obscuro e, apesar de mostrar alguns vampiros como bons, focava mais nos seres do mal que eles se tornavam, já que não tinham alma.

4º Lugar – The Originals

Aproveitando que estamos falando de spin-offs, vamos falar de “The Originals”. A série estreou em 2013 e tinha como enredo principal as aventuras da família original dos vampiros, os Mikaelson. Comandada por Klaus, Elijah e Rebekah, a série se passa em New Orleans e mostra diversos desafios e inimigos do presente e passado, que os protagonistas devem enfrentar. Além dos vampiros, também temos lobisomens, bruxas, híbridos (vampiros + lobisomens) e até fantasmas. Atualmente a série está na sua quarta temporada, e você pode ver todas as reviews clicando AQUI.

3º Lugar – True Blood

Sucesso de audiência pela HBO, “True Blood” saiu um pouco do padrão das séries anteriores. Apesar de também romantizar o vampirismo, a série abordava outros pontos, como ficção científica (o sangue artificial criado para alimentar os novos vampiros) e sexualidade (muita putaria sim!). A série foi baseada nos livros “The Southern Vampire Mysteries”, de Charlaine Harris, mas se diferencia em muito à medida que as temporadas vão passando. Com 7 temporadas e nomes como Anna Paquin, Stephen Moyer e Sam Trammel, a série foi muito aclamada pela crítica, sendo sua trilha sonora indicada ao Grammy Awards e figurando nas paradas de sucesso. Além disso, muitas pessoas interpretam a série e a vontade de os vampiros serem aceitos entre os seres humanos como uma luta dos LGBT de serem aceitos pela sociedade. Uma prerrogativa um tanto quanto interessante, mas que você só vai poder concluir se assistir a série!

2º Lugar – The Vampire Diaries

Agora sim! A queridinha do Panela de Séries garante a medalha de prata na nossa lista. Baseada nos livros de L. J. Smith, “The Vampire Diaries” estreou em 2009 nos EUA e ganhou os fãs do mundo inteiro, uma vez que batia de frente com os filmes da saga Crepúsculo. Com 8 temporadas, “The Vampire Diaries” contava a história dos irmãos Salvatore e sua paixão por Elena, numa cidadezinha chamada Mystic Falls. As primeiras temporadas da série abordavam uma integração até então pouco explorada na TV, com dramas sobrenaturais e adolescentes, misturando lobisomens, bruxas, fantasmas e outros seres pouco conhecidos. As comparações com “Crepúsculo” sempre foram inevitáveis, e muitas vezes Stefan foi comparado com Edward, enquanto Elena era comparada com Bella. Graças à Deus, a série trilhou um caminho diferente e entregou episódios e temporadas com histórias maravilhosas!

1º Lugar – Buffy, A Caça-Vampiros

É óbvio que a primeira série sobre vampiros ficaria no topo da nossa lista! Criada em 1997, a série contava mais sobre a vida de Buffy Summers, que era a mais jovem na linhagem das Caçadoras, mulheres destinadas a lutar contra vampiros, demônios e outras entidades do mal. A série se passa em Sunnydale e mostra como Buffy faz de tudo pra acabar com esses seres sobrenaturais e manter a paz na terra. A série pouco romantiza os vampiros, até que Angel (da série acima) aparece e se torna o principal interesse amoroso de Buffy. Com indicações e prêmios de Emmy, Globo de Ouro, Saturn Awards e Golden Satellite Awards, “Buffy, A Caça-Vampiros” foi uma série importante para introduzir o universo vampiresco na TV e fez isso de maneira primorosa. Todos os episódios da série estão disponíveis na Netflix, fica a dica!

Menção Honrosa – The Strain

Bom, a menção honrosa de hoje vai pra “The Strain”, uma série que definitivamente não romantiza os vampiros. Aliás, os vampiros aqui são seres sem carisma nenhum. Criada por Guillermo del Toro e Chuck Hogan, em 2014, a série é baseada nos livros de Chuck, de mesmo nome. Trata sobre o vampirismo, mas de maneira diferenciada, com uma mitologia diferente de tudo que já vimos nas séries anteriores dessa lista. Apesar de pouco conhecida e aclamada, “The Strain” consegue entregar um roteiro interessante e que te prende, em apenas 10 episódios por temporada. Um thriller de suspense e ação que vai te deixar com os nervos à flor da pele!

.Então é isso, amigos! Se vocês gostam mesmo de vampiros e não querem ficar por fora de nenhuma série sobre o tema, as dicas estão aí! Espero que gostem, assistam e se divirtam com as séries!

Está no ar o 2º recrutamento de reviewers do Panela de Séries! Venha se juntar a nós paneleiros! Saiba mais clicando AQUI.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Gerson Elesbão

Nem tão complicado demais, mas nem tão simples assim: quebra-galho, colunista e seriador. Dificilmente atualiza o Banco de Séries, mas adora gongar as séries amadas pelo público. @gersonelesbao


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu