Posts Populares

Panelaço: As Piores Traduções de Séries (Parte 2)

Que bagulhos estranhos são esses minha gente?

Olá pessoal, mais um panelaço na área e dessa vez estamos trazendo uma parte dois para todos vocês. Já fizemos um panelaço das piores traduções das séries, e caso vocês não tenham visto, basta clicar aqui e ir lá dar uma conferida (depois de ler aqui haha). Esse assunto gera certa polêmica, pois as traduções que geralmente são motivos de chacotas, muitas vezes são tão boas quanto o título original, e assim surge a polêmica de que devemos valorizar mais as nossas traduções (coisa que eu concordo e muito). Mas, há sempre aquelas traduções engraçadinhas, e que de certo modo arrancam certo riso quando vemos pela primeira vez né? Então vamos é falar delas haha. 

6º – A Química do Mal (Tradução da série Breaking Bad)

Sinopse: Walter White (Bryan Cranston) é um professor de química na casa dos 50 anos que trabalha em uma escola secundária no Novo México. Para atender às necessidades de Skyler (Anna Gunn), sua esposa grávida, e Walt Junior (RJ Mitte), seu filho deficiente físico, ele tem que trabalhar duplamente. Sua vida fica ainda mais complicada quando descobre que está sofrendo de um câncer de pulmão incurável. Para aumentar rapidamente a quantidade de dinheiro que deixaria para sua família após sua morte, Walter usa seu conhecimento de química para fazer e vender metanfetamina, uma droga sintética. Ele conta com a ajuda do ex-aluno e pequeno traficante Jesse (Aaron Paul) e enfrenta vários desafios, incluindo o fato de seu concunhado ser um importante nome dentro da Agência Anti-Drogas da região.

Aqui temos um título bem divertido, mas que faz bastante sentido para o contexto da série. Em uma tradução literal, Breaking Bad poderia ficar como “quebrando/liberando o mal”, mas além disso, Breaking Bad tem vários contextos dentro de expressões americanas. Trazendo essa expressão para o português, talvez seria algo como “pior do que está não fica”. Aliás, o título original da série permaneceu, e somente foi adicionado um subtitulo, que no caso seria ‘A Química do Mal’. Tudo faz bastante sentido para o contexto da série né? Então esse título é bem interessante, mas também engraçadinho kk. 

5º – Uma Família Perdida No Meio Do Nada (Tradução da Série The Middle)

Sinopse: O dia a dia de uma família disfuncional na pequena cidade de Orson, Indiana. Frankie (Patricia Heaton) e Mike (Neil Flynn) são as figuras centrais da família Heck. Eles lutam para criar e educar três filhos bem diferentes, Axl (Charlie McDermott), Sue (Eden Sher) e o pequeno Brick (Atticus Shaffer).

E temos aqui mais um exemplo bem engraçado para uma tradução que aí sim podemos dizer que é bem distante da tradução literal da série. Não posso dizer com toda certeza que o título traduzido tenha algo a ver com o contexto da série, pois eu realmente conheço bem pouco sobre ela, mas por algumas pesquisas que eu fiz, esse título é realmente um dos mais inusitados que temos, então entra aqui na nossa listinha tranquilamente haha. 

4º – Prisão Invisível (Tradução da Série Under The Dome)

Sinopse: Um misterioso e perigoso campo de força bloqueia Chester’s Mill, uma pequena cidade dos Estados Unidos, deixando todos os moradores presos no local. Enquanto tentam desvendar o mistério, eles descobrem cada vez mais informações sobre as vidas dos seus vizinhos. Algumas pessoas tentam tomar proveito do caos e logo um grupo de resistência, liderado por um veterano (Mike Vogel) da Guerra do Iraque, irá fazer de tudo para mudar essa situação e garantir a manutenção da paz.

Esse título aqui na verdade faz bastante sentido né? Afinal, a sinopse da própria série já profere isso. Em uma tradução literal, podemos chegar a algo como “dentro da cúpula”, então esse título, aliás, subtitulo, é realmente bem mais interessante haha. No entanto, sua comicidade talvez fique por conta do quão óbvio ele é ou talvez por sua redundância.

3º – S.O.S Malibu (Tradução da Série Baywatch)

Sinopse: S.O.S. Malibu ou Baywatch foi uma série de televisão do gênero ação e drama, criado por Gregory J. Bonann, em histórias que giravam em torno de salva-vidas das praias de Los Angeles, na Califórnia. As aventuras eram centradas em torno do trabalho de uma equipe de salva-vidas e suas relações interpessoais, com situações normalmente cercadas de perigos relacionados com a praia e outras atividades pertinentes, como ataques de tubarões e até bombas nucleares. Havia também salvamento de pessoas de afogamento que eram utilizadas em situações típicas do programa. A equipe era liderado pelo capitão Mitch Buachannon (David Hasselhoff) e um grupo seleto de jovens rapazes e garotas salvas-vidas, todos muitos perfeitos fisicamente, bonitos e inteligentes para proteger os cidadãos das belas e paradisíacas praias de Malibu, na costa oeste dos Estados Unidos. 

Mais um título pertinente ao contexto da série, mas bem cômico e igualmente criativo pelo termo “S.O.S”. Além da tradução brasileira, outra tradução que vale a pena relatar é a de Portugal, que acabou ficando como “Marés Vivas”. Não temos uma tradução para a série, então é bastante válido esse subtítulo não é mesmo? Um sucesso desses que ficou bem conhecido pela tradução da Globo. 

2º – Barrados No Baile (Tradução da Série Beverly Hills, 90210)

Sinopse: Originalmente centrada na rotina de um grupo de colegiais que residem na privilegiada Beverly Hills, a série acompanha a evolução destes personagens até a faculdade e posteriormente, em suas vidas adultas. Eles tornam-se amigos e inimigos, apaixonam-se e se decepcionam em infinitas séries de eventos que sempre os envolve. 

E temos aqui mais uma tradução bem engraçada e que creio eu, não combina tanto com contexto da série né? haha. Porém, trazer uma tradução viável para esse título era uma tarefa bem complicada, então a tradução veio da criatividade dos envolvidos. Além disso, o nome original é como um código postal daquela região de Beverly Hills, então ficaria estranho colocar algo como “postal 90210” de título não é verdade? hahaha. 

1º – Maldosas (Tradução da Série Pretty Little Liars)

Sinopse: Na pequena cidade de Rosewood, na Pensilvânia, as melhores amigas Spencer Hastings (Troian Bellisario), Aria Montgomery (Lucy Hale), Hanna Marin (Ashley Benson) e Emily Fields (Shay Mitchell) guardam complexos segredos. Alison (Sasha Pieterse), 5ª membra e líder do grupo, desapareceu há um ano e não deixou qualquer pista. As amigas recebem cartas misteriosas assinadas por uma letra e suspeitam que seja sua antiga companheira, mas a desconfiança que possuem em relação ao universo perverso no qual vivem provoca uma reflexão cada vez maior.

Que essas meninas não são boazinhas isso nós sabemos, mas ‘Maldosas’ foi resumir demais e deixar ainda mais cômica toda a situação. Se eu não me engano (me corrijam se eu estiver errado) a tradução se deve ao livro de mesmo nome, então porque não colocar na série também né? Porém, no caso dessa série, eu acho a sua tradução literal (algo como “pequenas mentirosas”) até mais interessante do que essa tradução. Mas choices não é mesmo hahahaha.

Menção Honrosa – Bagulhos Sinistros (Tradução de Stranger Things)

Sinopse: Long Island, 1983. Um garoto de 12 anos desaparece misteriosamente. A família e a polícia procuram respostas, mas acabam se deparando com um experimento secreto do governo. Enquanto isso, os amigos do menino iniciam suas próprias investigações, o que os levam a um extraordinário mistério envolvendo forças sobrenaturais e uma garotinha muito, muito estranha.

Calma minha gente, eu sei que tudo isso aqui não passou de uma brincadeira para promover a série, mas convenhamos, que tradução sensacional não é?! HAHAHAHAHA ela não poderia ser mais cômica e se encaixar perfeitamente para a série, e com toda essa jogada de marketing que eles fizeram, acho mais do que justo um espacinho para enaltecermos essa brincadeira maravilhosa aqui. 

Bom pessoal, eu espero muito que vocês tenham gostado. Deixem aí nos comentários suas opiniões sobre as traduções, e outras dicas de séries que tenham uma tradução divertida para quem sabe fazermos uma terceira parte desse panelaço. Ficamos por aqui pessoal, até a próxima. 😉

gostou da matéria? deixe um comentário!

Ricardo Souza

Tem gente que diz que sou um amorzinho, eu digo que sou um trouxa. Viciado em maratonar séries e ficar na bad depois de assistir tudo em um dia. Amo muito música indie, quando quiser me chamar pra ouvir Florence já sabe onde procurar. Mineiro do interior que não puxa o 'r' quando fala, mas adora um pão de queijo.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu