Posts Populares

Panelaço: Séries lançadas há 15 anos

Hora de conhecer algumas séries debutantes de 2018.

Quem diria que 2003 foi há 15 anos atrás? Quem diria que eu me viciaria em algo chamado séries, que sempre assisti? Fato é que em 2003 (parece que foi ontem), eu era uma criança de 9 anos e tinha pouco conhecimento do mundo, tanto é que muitas séries lançadas naquela época eu só fui assistir alguns anos depois e que entram no meu hall de iniciação de um seriador, talvez esse não tenha sido o melhor de lançamentos de séries, considero até fraco, porém teve séries que  iniciaram e marcaram toda a jornada desse seriador (creio que a maioria) e que em 2018 estão virando “mocinhas”, sendo debutantes.

NCIS

Considero esse tipo de série um marco na vida de qualquer seriador no inicio do século, pois muitas vezes não tínhamos o poder do controle remoto, então o ideal era assistirmos essas séries de investigação que são procedural, que não tínhamos a “obrigação de assistir” todos os episódios para entender, pois a maioria das vezes eram casos isolados. A série para quem não conhece é um grupo de agentes para investigar crimes na marinha, sempre com muita técnica e precisão, talvez essa série seja um marco para a TV americana, talvez por isso o sucesso existe até hoje, estando já na décima quinta, mas hoje em dia não faz mais parte da minha grande, pois cansei desse tipo de série, porém sempre é uma ótima série para ser sua “confort série”.

That’s So Raven

Se tem uma série que não merece hater de qualquer jovem/adulto é essa, pois acompanhou muitos de nós em vários almoços, pois assistiamos sempre na volta da escola. Talvez o nome em inglês não faça você entender, mas a série é conhecida no Brasil como “As visões da Raven”, que ficou muito famosa sendo transmitida no SBT. A série fala de uma jovem vidente, que só se mete em confusão por causa desse dom especial, nos fazendo ri horrores, a série é um dos maiores sucessos até hoje da Disney, tendo sido transmitida até 2007, mas que recenemtente ganhou um Spin-off, ou pode ser chamado de uma continuação chamada “Raven’s Home”, que fala da nossa vidente na sua vida adulta, sendo até mãe de gêmeos.

The O.C

Quem não se lembra de “The O.C um estranho no paraíso” aos domingos de manhã no SBT nem gente é, por mais que eu era quase um bebê e na época achava que entendia as coisas, sempre achei ela demais, pois nos foi retratado várias coisas extremamente importantes, na vida dos protagonistas, como o Ryan que é um dos meus personagens favoritos da vida, que com sua chegada, ele teve que lidar com um choque de cultura totalmente diferente da sua, conflitos como triângulos amorosos, pressão e muitas vezes até mesmo conflitos de geração, felizmente a série só teve quatro temporadas, pois foi nítida a queda de qualidade no decorrer das temporada e teve seu fim em 2007, mas até hoje faz parte da memória da maioria dos seriadores de uma geração.

Cold Case

MEU DEUS, eu sou apaixonado por essa série, vocês não tem ideia. Tenho certeza que é a melhor série procedural que eu assistir em toda a minha vida, tanto que eu conheci ela por volta de 2008/2009 no SBT e ela só durou na CBS até 2010, mas eu assisti ela toda na internet. A série retrata o dia a dia de um departamento de Polícia de Philadelfia especializado em resolver problemas antigos e que foram dados na policia da época “sem solução”, eram sempre casos antigos para serem investigados e resolvidos, graças a alguma prova nova que surgiu anos depois, a série sempre soube trabalhar perfeitamente o antigo e o atual de forma invejável e de forma coesa, ela não chegou a fazer muito sucesso no nosso país, mas nos EUA foi um grande sucesso que durou 7 temporadas.

One Tree Hill

Conhecida no Brasil como “lances da vida”, foi um grande sucesso do canal CW que estendeu a série o máximo que pode, sendo facilmente a melhor série do canal, mas se não basta ser a melhor é a minha favorita do canal. A série  que teve no seu inicio perfeito retratanto a vida dos irmãos Lucas e Nathan que o que tinham em comum a primeira vista era apenas o basquete, mas que no decorrer da série nos foi deselvovendo tudo de forma linda e incrivel, vimos um Lucas para ralizar seus sonhos passar por muita coisa, a série chegou a perder o Lucas, mas isso não nos deixou uma série fraca, porém deu muitas saudades na primeira temporada sem ele, fazendo com que a série perdesse um pouco de rumo até se acertar e provar porque era um sucesso.

Two And a Half Men

Hoje eu considero a série extremamente machista e misogina, mas no auge da minha adolescencia, eu não conseguia enxergar assim, mas sim ri muito do Jack, do Alan e do Charlie, sendo uma das poucas séries que assisti tanto dublado quanto legendado mil vezes, sendo que até hoje se eu zapear no canal e ver ela passando assistirei, com a mão na consciência. É um dos maiores sucessos da história, retratando a vida do Charlie, Alan e Jack morando na mesma casa, sendo que um era um milionário alcoólatra e ninfomaníaco, o outro era um pobre recém divorciado e que vivia basicamente as custas do irmão e um apenas uma criança precisando de educação e instrução. A série teve muitas polêmicas, tanto que tivemos substituição de protagonista, entrando o Walden Schmidt para fazer o papel do milionário, mas não tivemos o mesmo sucesso e a série acabou em sua 12º temporada apenas com um dos protagonistas iniciais.

 

Menção Honrosa

A Casa das sete mulheres

Aqui eu decidi “roubar”, pois não é uma série e sim uma minissérie e creio que um dos grandes sucessos da TV brasileira, que é a “Casa das sete mulheres”. Essa série me lembra muito a minha falecida avó, pois ela começava a passar em período de férias escolares e eu basicamente vivia na casa de minha vó e lá que eu assistia. Essa série creio que é um marco televisivo brasileiro ao trazer a perspectiva de sete mulheres com personalidades diferentes sobre a “Revolução farroupilha”, um dos grandes momentos históricos brasileiros. Essa série de grandes atuações, grandes momentos históricos sendo retratados, acho que vale muito a pena ser assistida por muitos.

Nesse panelaço escolhi as que me marcaram, mas que talvez tenham sido outras que marcaram vocês e espero seus comentários para que eu possa conhecer melhor a sua formação de seriador. HAHA

Então é isso, um forte beijo e até mais.

 

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Phelipe

Um cara Fitness, gosta de esportes e um escorpiano nato, apaixonado pela vida. Um "nerd" que curte balada e um baladeiro que curte coisas "nerds", porque a vida é muito curta para se apegar em coisas pequenas, logo pode observar que sou uma pessoa muito eclética em todos os sentidos da vida.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu