Posts Populares

Panelaço: Séries que mereciam mais de uma temporada

– Oi? Como assim essa série não foi renovada?

– Que injustiça cara, essa foi a melhor estréia do ano!

– Como não deu audiência? Eu não conto? Minha audiência não basta? 

Quem nunca se fez essas perguntas não é mesmo? Quem nunca sentiu como uma parte de você fosse embora depois de descobrir que aquela série iniciante que você tanto se apegou não irá mais ser exibida, que nem ao menos teve uma segunda temporada para provar o seu valor. Pensando nisso, nós do Panela de Séries decidimos trazer para vocês um Panelaço só com algumas dessas séries. Siga-me os bons!

– Freaks and Geeks

Freak and Geeks é a típica série de comédia dramática estadunidense que tem tudo para ser febre entre os jovens da sua época e a série de fato conquistou seu espaço no coração de muita gente. Ela se passava no início da década de 80 e girava em torno da vida de Lindsay Weir (Linda Cardellini) e seu irmão Sam Weir (John Francis Daley) que frequentam o Liceu McKinley (McKinley High School) no início dos anos 80, nos subúrbios de Detroit. Depois da morte de sua avó Lindsay da meio que uma revoltada e vira uma I soy rebelde fazendo novos amigos, vulgarmente conhecidos como freaks. Este novo estilo de vida de Lindsay traz conflitos às relações com os seus pais, pois, ela era toda certinha e Geek e do nada despiroca e anda com umas pessoas bem truta, sacô?

exibida entre 1999 e 2000 a série dava muito o que falar e foi o inicio para atores como: James Franco, Seth Rogens e Jason Segel. No Brasil, a série era transmitida pelo canal Multishow. Mesmo com o Puro descaso por parte da NBC após uma campanha de lançamento quase inexistente, várias mudanças de horário e hiatos intermináveis, a série acabou cancelada após o décimo segundo episódio deixando uma média de 6,5 milhões de espectadores órfãos. causando protestos de milhares de fãs.

A série se encontra atualmente no catálogo da Netflix para quem quiser matar as saudades.

– Studio 60 on the Sunset Strip

Studio 60 on the sunset strip é uma série de televisão dos gêneros drama e comédia. A primeira temporada da série foi ao ar entre os dias 18 de setembro de 2006 e 28 de junho de 2007 na NBC. A série que mostra os bastidores de um programa de comédia  conhecido como Studio 60 on the Sunset Strip na rede de TV fictícia NBS (National Broadcast System) era inspirada no programa SNL (Saturday Night Live) e fazia uma crítica ácida não somente a televisão, mas ao governo americano também que passava por um momento bem delicado naquela época com o até então presidente George W. Bush. Ao contrário da sacanagem que a NBC fez com Freaks and Geeks, Nesse caso aqui a emissora fez tudo o que podia pra salvar a série. Mesmo com a baixa audiência eles encomendaram episódios adicionais para completar a temporada e até testaram um novo horário de exibição, porém, nada funcionou. Após o fim da primeira temporada com uma audiência média de 4 milhões de espectadores, a série não foi renovada.

Mesmo com a baixa audiência a série se saiu muito bem em relação as criticas e foram indicados a varias premiações como Golden Glob, Emmy Awards, e Satellite Awards. Com grandes personalidades no elenco como: Metthew Perry nosso eterno Chandler Bing e também com a rainha Sarah Paulson. A série foi exibida originalmente pela NBC e aqui no Brasil foi trasmitida pelos canais Warner Channel e SBT.

4º – Aliens in America

Aliens in America é uma sitcom americana produzida pelo The CW em 2007, pega só a vibe da série; pense que você é um estudante muçulmano de 16 anos e que está em um intercâmbio nos Estados Unidos. Deu para pegar a vibe meio Todo mundo odeia o Chris não é? Então, nós acompanhamos a vida de Raja Musharaff, que é muçulmano vindo do Paquistão, direto para os Estados Unidos para tentar ajudar Justin Tolchuck qie é um rapaz tranquilo e talz, também tem 16 anos e tenta sobreviver ao pesadelo que é o ensino médio para quem não faz parte da turma dos populares da Escola.  Sua mãe, Franny, não se conforma com esta situação e, numa tentativa de transformar Justin em um garoto popular, inscreve a família em um programa de intercâmbio, esperando que um inter cambista europeu boa-pinta pudesse ajudar seu filho. A bixinha estava esperando tudo, menos um muçulmano com cara de nerd. O bom é que Raja conquista rapidamente a simpatia de Justin não só por sua simplicidade e humildade, mas também porque os dois garotos compreendem o que é ser rejeitado quando se tem apenas 16 anos. Mesmo sendo uma comédia a série traz bons ensinamentos e tem um elenco muito carismático.

Infelizmente devido a falta de audiência a série teve que ser cancelada, acredito eu que por dois motivos: 1- A série tinha como tema principal um muçulmano o que pode ter causado uma certa rejeição da parte do público e 2- A série fazia parte da CW que era especialista em série do gênero jovem como Samllville e The O.C Aqui no Brasil a série foi exibida pela Warner Channel e o SBT.

3º – Moonlight

Há 600 anos, na noite de seu casamento, Mick St. John foi mordido por sua esposa Coraline e se transformou em vampiro. Mas agora ele luta por uma paixão impossível: o amor de uma jornalista chamada Beth Turner. Mick dorme em um refrigerador, acredita que o amor o alimenta, tem uma força sobrenatural e garante que ser vampiro não é nada divertido. Esse é o plano de fundo de Moonlight que foi exibida originalmente pela CBS. Muito da mitologia dos vampiros é deixado de lado nesse série como por exemplo: eles podem andar sob a luz do Sol, embora não por muito tempo, não morrem com estacas só ficam paralisados e são neutros quanto ao alho. A série tinha tudo para ser um sucesso é foi um ano antes da febre vampiresca de TVD, Crepúsculo e outros. Não se sabe ao certo o motivo do cancelamento da Série até hoje, mas foi uma pena não termos visto mais um pouco dessa estoria tão interessante. No Brasil a série foi exibida pelo canal Warner Channel.

2º – Firefly

Do mesmo criador de Buffy: A Caça Vampiros, Firefly tem toda uma vibe meio Star Wars o que já me faz amar por demais, só que, a série é muito além disso; tem uma história boa, bons atores e o tom de comédia, drama e ação eram todos muito equilibrado. Bom, a série se passava no ano 2517, após a chegada da raça humana em um novo sistema solar, e contava as aventuras da tripulação renegada da nave Serenity, uma nave espacial classe Firefly. Durante os episódios, somos apresentados a pessoas que lutaram no lado perdedor da guerra civil e agora vivem às margens dessa nova sociedade. De acordo com Whedon, criador da série, nada mudou no futuro: existem mais pessoas com tecnologia mais avançada, mas eles ainda têm os mesmos problemas políticos, morais e éticos. Tem como essa série não ser maravilhosa? Bom devido ao completo descaso da Fox para com a série, exibindo a estoria  fora de ordem e  retirando do ar sempre que havia algum evento esportivo mais importante para ser exibido, a série acabou sendo cancelada Com apenas 11 episódios exibidos. Mesmo assim Firefly em tão pouco tempo e com vários problemas conquistou uma legião de fãs, ela apresentou boas vendas quando foi lançada em DVD, e desenvolveu uma impressionante base de campanhas de suporte criadas pelos fãs. Também levou um Emmy em 2003 por ” Efeitos Visuais Especiais”. Tanto sucesso levou Whedon e a Universal Pictures a produzir um filme baseado na série, intitulado “Serenity” em homenagem a nave espacial apresentada no programa.

1° – The Whispers

Concordem comigo ou não, mas eu nunca vou superar o cancelamento de The Whispers. A série era simplesmente maravilhosa, com crianças literalmente mutantes e com atuações assustadoras. Sem contar que Lily Rabe ta aqui né bebê. A série explora o que acontece quando uma força paranormal chamada “Drill”começa a tirar a tranquilidade da terra usando os habitantes mais improváveis e confiantes no planeta; as crianças. O tom de mistério dado a série é muito legal e até um certo ponto da estoria você não sabe dizer o que Drill é ao certo. O final da temporada também é muito sugestivo e deixa indícios de uma segunda temporada que se realmente existisse seria de tirar o fôlego. A ABC cancelou a série alegando baixa audiência.

Menção honrosa – Drive

A série é definida com o pano de fundo de uma corrida de estrada ilegal, onde, várias pessoas estão competindo nos Estados Unidos da América. e à medida que o enredo se desenvolve, somos apresentados aos mestres invisíveis que patrocinam a corrida e dão um ar de mistério a série. A proposta em si era muito boa, a história era bem interessante assim como o seu personagem principal, só que na prática não foi como todo mundo esperava e ficou um pouco abaixo do esperado, porém, nada que uns ajustes não dessem conta. A Fox tratou logo de cancelar a série no seu quarto episódio devido a baixa audiência.

É isso pessoas, espero que vocês tenham gostado e que tenham visto pelo menos algumas dessas séries. Se não viu, corre, escolhe uma e assiste porque são todas muito boas. Se você tem alguma série que foi injustiçada e não ta nossa lista, deixa aqui nos nossos comentários que eu farei questão de compartilhar da sua dora Hahahaha’

Está no ar o 2º recrutamento de reviewers do Panela de Séries! Venha se juntar a nós paneleiros! Saiba mais clicando AQUI.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Dam Souza

Baiano que tem caruru e vatapá no sangue, aquele que é o canto da cidade e só discute com quem entende de Inês Brasil.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu