Posts Populares

Prison Break – S05E03 – The Liar

Kaniel Outis ou Michael Scofield?

Depois de alguns plots incríveis realizados no episódio passado, Prison Break tem por obrigação sempre continuar em um ritmo frenético, ainda mais que essa temporada tem um número reduzido de episódios, logo não dá espaço para as famosas barrigas ou enrolações, por isso sempre pode e quero que venham coisas excelentes ao nível de Prison Break.

Que o Michael é inteligentíssimo todos nós sabemos, ainda mais em um país em plena guerra, onde consegue comprar as pessoas com pouco e foi assim que o Michael conseguiu comprar um garoto (o mesmo do primeiro episódio que o Lincoln correu atrás), onde ele fazia avião de papel e colocava um chiclete junto e essa criança devia passar para quem ele pedisse e obvio que essa criança fazia, só que dessa vez deu errado e ele acabou sendo pego por Lincoln que nada pode fazer com ela, pois nem ela sabia de nada, mas a mensagem em si trazia um recado do Michael, mas como sempre bem enigmática, porem se tratava de uma localização.

Ao chegarem ao local indicado pelo Michael, logo foi revelado que o dono era um americano e quando a Sheba, o Lincoln e o C-Note entraram vimos que era de lá que o Michael planejava tudo, desde a fuga até para onde ir, mas tinha um fator surpresa para eles, a aliança dele com o Abu Ramal que é um grande terrorista e nessa hora até eles ficaram na dúvida de quem realmente estariam ajudando. E esse Abu Ramal não presta nenhum pouco, além de ser extremamente preconceituoso como a maioria dos radicais a uma religião, pois ele quis matar um cara por ser homossexual, mas ele não olha que ele é terrorista e tira a vida das pessoas e ainda colocam como se Deus quisesse isso, mas por sorte o Michael conseguiu impedir isso, pois o gay em questão era uma das portas para a fuga.

Finalmente aquelas pessoas que tentaram matar o Lincoln e as pessoas da casa da Sara reapareceram, mas pelo semblante deles e o diálogo, fiquei na dúvida real de quem eles se tratavam, porque se o Michael é do EI, quem seria inimigo dele??? Os governos? Mas governos mandam matar a família? Vários questionamentos à primeira vista, mas logo depois eles conseguem hackear o celular de Sara para saber o que ela anda mexendo (algo bem Prison Break), mas a Sara então acaba encontrando o T-Bag, que infelizmente sumiu no episódio passado, só que dessa vez ele trouxe informações, aliás trouxe coisas que ele havia descoberto, como o caso do Kaniel Outis, deixando Sara perplexa, porém eu comecei a crê que era melhor ele como aliado.

Na prisão podemos ver que o Michael não é visto com um Deus todo, pois há que desconfiava dele, como um dos seus companheiros de solitária, pois ele tentava colocar na cabeça de um dos aliados do Michael a sua verdade, mostrando que o Scofield não é de confiança e que tentaria lhe usar e ele foi tentar tretar com o Michael (claro que com o Michael utilizando disso) e nesse meio tempo eles discutem e caem para a parte física e quando os guardas tentam separar, obviamente o Michael tinha um plano que era de pegar o relógio de um dos guardas.

E esse plano do Michael me deixou bem confuso, sobre a relação dele com o Ramal, pois ao pegar o relógio ele diz para seu parceiro algo, porém ao chegar na cela os guardas vão atrás do relógio e ele simplesmente não está com Michael, mesmo olhando tudo e ainda diz que só vão sair do presidio os da cela dele, pois é o único lugar, mostrando que ele possa está traindo o Ramal e com isso o EI, mas também mostrando que ele é o Michael e não o Kaniel Outis.  Outro fato bem interessante foi o Lincoln e a Sheba se separando do C-Note e indo atrás dos passaportes, mas chegando lá percebem que era uma armadilha, que no primeiro momento pensei que era traição da Sheba, mas depois que a vi apanhando e um antigo colega de escola dela que tentou estuprar querendo saber mais das pessoas com quem ela andava, fiquei mais receoso acerca da lealdade dela.

Mais uma pessoa que evoluiu no decorrer dos anos foi a Sara, que mesmo sem expressão alguma por parte da atriz, ela está bem mais esperta, primeiro ela teve a ideia de descobrir quem a hackeou e foi em um técnico, onde foi perseguida pelos comparsas a mando de “Poseidon”, mas eles chegaram tarde e ela já estava em outra loja da frente observando, só que um dos comparsas acabou vendo e a perseguindo, foi aí que ela teve a ideia de subir ao telhado e ficar encurralada, pois não teve coragem de pular em uma caçamba, mas ela aproveitando da situação esconde no próprio telhado e ouviu eles falando sobre o “Poseidon”, que levanta outro questionamento “Quem é Poseidon?”

A Sara finalmente descobriu quem a hackeou, pois o homem da loja a ligou, mas o mais incrível é que foi a própria Sara que se hackeou com suas digitais e ela na hora liga suas digitais o Kellerman e finalmente temos a certeza que a moça realmente está esperta e imediatamente liga para o T-bag descobrir com o agente de que se trata e pegar mais informações. Depois dos amigos de cela do Michael menos importantes fazerem planos, ele finalmente tem um papo com quem parece ser seu único aliado (Whip), mas pareceu que eles estão meio que trabalhando como fugir de prisões, será que tem registro na CLT? HAHAH’, mas falando sério, pareceu que o Michael com o decorrer dos tempos meio que se confunde com o personagem Outis que ele mesmo criou. E vimos que o Michael realmente não queria levar o Ramal, quando os guardas vão na cela dele e encontra finalmente o relógio, o deixando perplexo.

As cenas de fuga são sempre incríveis em Prison Break, mas essa tinha muitos fatores, como necessidade de um fator externo que eram apagar as luzes e o problema do EI, mas a luz foi finalmente apagada pelo C-note, só que o Ramal sabia do plano e fez uma espécie de rebelião, transformando a cadeia em uma espécie de guerra e nesse meio tempo o Michael começa a excetuar o plano de fuga, e meu coração começa acelerar, achando que tudo vai dá errado, porque eu tinha esperança que essa seria a fuga que ele sai e encontra o Lincoln, mas dá tudo errado e ele é capturado. O Lincoln preocupado com o irmão e com a Sheba sofrendo tortura, finalmente consegue fugir do local que estava preso e bate muito no torturador e salva a aliada, que estava muito sofrida.

E no fim vimos que sempre quisemos saber, quem era esse sujeito mentalmente e ele nos respondeu dizendo que era o Michael Scofield, em uma cena fazendo juras de amor a Sara e pedindo para que coloquem na lapide dele o nome verdadeiro, carregado de emoção e ainda de verdade, onde vimos que o nosso verdadeiro Michael ainda existe, mesmo tendo adotado o personagem Kaniel Outis.

Essa temporada de Prison Break sempre nos levantou dúvidas e respostas em todos os seus episódios até agora, mas creio que esse foi o mais esclarecedor, porque primeiro vimos que o Michael ainda é o nosso Michael, mas mesmo assim creio que ele ainda tem confusões mentais sobre ele o Kaniel Outis. Outro tapa na nossa cara é a evolução da inteligência e sem a forma ingênua da Sara. Mas o maior plot em nossas caras foi a fuga ter dado errado, porque todos esperávamos que daria certo e que eles partiriam fugindo a partir do próximo episódio, já que no Trailer mostra um reencontro dele com o Lincoln em algum momento.

Então é isso, um forte abraço e até mais.

Está no ar o 2º recrutamento de reviewers do Panela de Séries! Venha se juntar a nós paneleiros! Saiba mais clicando AQUI.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Phelipe

Bacharel em Direito, Cruzeirense, polêmico quando deve ser, além de muito confuso, autêntico e um pouco louco. Começou o seu amor por série com Prision Break e depois disso virou vício.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu