Posts Populares

Rise – S01E01 – Pilot [Series Premiere]

Aquele tipo de piloto promissor.

Pelos motivos certos, estarei trazendo reviews da série pela qual morria de ansiedade. Foi muito por acaso que encontrei sobre Rise, pois geralmente fico sabendo das notícias, mas eu simplesmente cliquei nos lançamentos futuros para esta mid season e tinha lá: “Rise (NBC)”. Ao ver a sinopse, já tive a certeza de que talvez estaria vindo, em breve, algo capaz de preencher o vazio que ficou após o fim de Glee. Sei que alguns têm ranço, por motivos compreensíveis, mas o seriado que acabei de citar, criado por Ryan Murphy, teve muito impacto em minha vida, desde a primeira vez que o assisti. E ao assistir este piloto, o qual será abordado aqui, me senti revigorado, no entanto, acredito que há muitos pontos em que a série deva melhorar.

Não me levem a mal, pois eu não esperava um Glee 2.0, mas é nítido que a produção e os executivos viram um momento propício para o lançamento da série, e usaram de artifícios suficientemente convincentes sobre a grande possibilidade de estarem trazendo algo para suprir as necessidades daqueles que realmente apreciam uma produção televisiva que agrega música à trama, aspecto esse explorado em alguns dos seriados presente na grade do canal CW. Nesta pauta em particular, digo que Empire chegou bombando, mas acabou perdendo-se no meio do caminho, inclusive tentaram fazer o mesmo com Star. E acaba nos levando direto para Rise, a terceira série musical que tenta hitar na tv aberta estadunidense após o término de Glee.

Mesmo com o episódio desenvolvido num ritmo consideravelmente rápido, Rise consegui, em sua premiere, trazer essa vibe colegial que está escassa na minha grade de séries, pois estou órfão de Teen Wolf também, e não tive tempo de começar Riverdale ainda. Mas acreditem quando digo que temos motivos suficientes para acreditarmos no potencial do novo drama, relacionado à música, do canal NBC.

O que me deixa triste, além do fato de não conhecer o criador da série, bem como suas produções televisivas anteriores, é não ter conseguido fixar bem o nome dos personagens. Outra coisa negativa é o elenco tão branco. Vão por mim, quando digo que sou uma pessoa ótima com nomes. A maneira como exploraram a storyline de cada um deles, mostrando que todos podem a vir render bons desfechos na trama, me deixou envolvido o suficiente a ponto de vir aqui e escrever a review. Aos amantes de Glee, musicais, colegial, eu acho ser uma boa adição. Engraçado mesmo foi ver Mr. Lou tendo que sair do clube de teatro e a galera vindo protestar me bateu uma nostalgia que nem consigo descrever direito. Sendo assim encerro minhas considerações sobre o episódio e aguardo esperançoso pelo próximo episódio, em termos de qualidade e de audiência.

No mais, convido-os para assistirem ao lindo vídeo promocional do que está por vir. Lembrem-se de ativarem as legendas, compartilharem suas opiniões sobre o episódio e/ou review e, se possível, darem dicas ou sugestões, pois tudo é bem vindo. Espero reencontrá-los em breve, abração e até a próxima!

PS: IRONIA EU ESTAR ESCREVENDO ESTA REVIEW JUSTO HOJE QUE FAZEM 3 ANOS DO FIM DE GLEE!!!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Antonio Netto

Estudante de Engenharia Química. Pernambucano engraçado, dono de uma gargalhada única e de um sotaque marcante. Apaixonado por comida, séries, química e cálculos. Até gosta de estudar mas, sempre que pode, está pelo mundo curtindo e falando da vida alheia.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu