Posts Populares

Lucifer – S01E09/10 – A Priest Walks Into a Bar/Pops

Conseguirão matar o Lucifer?

Bom, review dupla devido ao meu atraso para com a série. Peço desde já desculpas por isso. Mas, quando eu achei que as coisas não poderiam melhorar, o episódio 9 A prist walks into a bar veio para provar o contrário.

O caso não foi lá muito bom, mas esse não foi nem o foco, e sim a relação entre Lucifer e o Padre Frank.

2

O caso é, que o padre Frank primeira mente foi pedir a ajuda de Lucifer para ele ajuda-lo a “recuperar” seu apadrinhado/’filho’ Connor. Connor estava se envolvendo com drogas e facções, e por isso Frank foi atrás de Lucifer para pedir ajuda. Lucifer logo se irritaria, pois, porque um padre iria atrás de seu maior inimigo? Bom, claro que o padre era diferente, e esse episódio mostrou isso ao longo de seu desenrolar.

3

Frank conquistou Lucifer, e o que vimos então foi uma relação de amizade e identificação. Apesar de o padre ter fé em Deus e Lucifer não, o questionamento aqui ocorre quando eles debatem se foram ou não abandonados por ele, e se Deus não teria ainda acabado de traçar seu plano. Lucifer até reflete um pouco sobre as palavras de Frank, o que foi realmente interessante.

4

Outra cena memorável foi ambos tocando piano, em um momento leve e de descontração. A construção da amizade foi sendo feita aos poucos, mas quando ao final do episódio, Frank é baleado e acaba morrendo, Lucifer se transtorna de tal maneira que eu achei até mais voraz do que no primeiro episódio quando Chloe quase morre. O fato é, Lucifer está realmente se humanizando, e isso poderá ser perigoso para ele, já que Amenadiel deu a missão para Malcolm de matar Lucifer.

Já no décimo episódio Pops, Novamente voltamos com um humor muitas vezes bem ácido que Lucifer já está acostumado a trazer.

O caso ocorre quando o cozinheiro Javier é assassinado supostamente por envenenamento. O principal suspeito é seu filho Junior, que acaba de voltar de viagem e ter uma briga com seu pai.

O caso novamente não foi dos melhores, apesar de sua reviravolta. O que chamou a atenção nesse episódio foram os humores, a jogada de usar Trixie, filha de Chloe e o desenrolar da história de Malcoml e Dan.

A cena do jantar foi muito engraçada, Lucifer jogou todas as cartas na mesa literalmente, apontando todos os erros de cada um ali presentes. Além disso, conhecemos também Penny, a mãe de Chloe, ela é uma mãe supostamente relapsa, e que fez Chloe nesse episódio praticamente se tornar outra pessoa.

5

A cena onde Trixie foge e vai até o bar de Lucifer foi bem diferente. Trixie conversando com Maze foi ao mesmo tempo irônico e interessante de se ver. Maze também aparentou um lado humano, já que ela foi até a doutora Linda e disse que pretende fazer novas amizades.

6

E Dan ao final do episódio confronta Malcoml, dizendo que não matará Lucifer, mesmo o detestando. Claro que Malcoml iria revidar e acaba deixando Dan inconsciente e terminando com Chloe pelo telefone.

Esse episódio foi bem menos interessante que o anterior, mas sinto que a série anda trazendo novos questionamentos, e com isso o nível dela volta a subir.

Bom, novamente peço desculpas pelo atraso, e nos vemos na próxima. Até mais. 🙂

gostou da matéria? deixe um comentário!

Ricardo Souza

Tem gente que diz que sou um amorzinho, eu digo que sou um trouxa. Viciado em maratonar séries e ficar na bad depois de assistir tudo em um dia. Amo muito música indie, quando quiser me chamar pra ouvir Florence já sabe onde procurar. Mineiro do interior que não puxa o 'r' quando fala, mas adora um pão de queijo.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu