05 de janeiro de 2015
Scorpion – Recap. 1ª Temporada

Scorpion-Streaming-Scorpion-Serie-Streaming

Quando estreou essa Fall Season 2014/2015 algumas séries me chamaram atenção desde o trailer e uma delas foram Scopion, pela originalidade do tema e como o tema serie tratado na série, pois é raro vê séries que tratam os gênios como heróis e não como pessoas vitimizadas pelo sistema.

Scorpion é uma série que fala de super-gênios, o super é usado, pois eles são heróis. O Seriado é procedural com um caso toda semana, na qual eles tentam resolver, e salvar algo ou em alguém toda semana.

O nome da série é o mesmo nome da equipe de gênios formada por Walter O’Brien( o grande gênio e fundador  da equipe), Paige Dineen (única “normal” da série, ela é responsável por mostrar o mundo aos gênios, e é mãe solteira), Agente Cabe Gallo (responsável pela parte governamental da equipe), Toby Curtis (ele tem habilidade de ler as pessoas), Happy Quinn (mecânica e é responsável pelas invenções para solucionar os casos),  Sylvester Dodd(calculadora humana, faz todos os cálculos que a equipe precisa). Na série também tem o Ralph, que é o filho da Paige e que também tem habilidades de gênios e todos os gênios da equipe tentam ajudar ele a desenvolver suas habilidades e ajudar sua mãe nos cuidados com ele.

Scorpion me chamou atenção nesses 10 primeiros episódios, a forma como foi tratado o tema, mostrando que esses gênios tem sentimentos, que não servem apenas para desenvolver algo, mas também para ajudar no trabalho pesado, prendendo ou ajudando a prender bandidos, salvando crianças e até mesmo salvando a cidade.

No meio de vários acontecimentos, podemos ver no decorrer do seriado algumas situações pessoais de cada personagem, como o problema do Walter em ajudar a irmã e não querer compartilhar com ninguém, a Paige e seu filho com a volta do seu ex-namorado e pai do filho, o Tobby e seus problemas de jogo, Happy e seu problema um pouco conturbado com o seu pai, e Silvester com seu problema de confiança, TOC e ansiedade.

A série trás muitas situações cômicas, engraçadas, momentos em que shippamos a Paiger e o Walter, situações que nos deixam nervosos, juntando todos esses elementos eu considero essa de todas as estreias da Full Season 2014/2015, a minha favorita.

 

Phelipe
Phelipe

Bacharel em Direito, Cruzeirense, polêmico quando deve ser, além de muito confuso, autêntico e um pouco louco. Começou o seu amor por série com Prision Break e depois disso virou vício.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: