Posts Populares

Scream Queens – S01E06 – Seven Minutes in Hell

Bem difícil um episódio divertido sem Denise dar às caras.

Scream Queens continua provando a todos nós que tem história pra contar, só não tá acontecendo de uma forma animadora. Semana após semana, minhas expectativas caem em relação à série e isso pode ser até positivo, se num futuro próximo ela venha a surpreender. Apresentando os três primeiros episódios regulares e logo após mais dois maravilhosos, a série mostra que pode acontecer, que no fim de tudo é realmente engraçada e não aquelas séries entediantes com meninas ricas e mimadas. O pior de tudo é que as expectativas eram altíssimas, tido em vista o elenco, mas ainda está faltando algo. Eu mesmo estava animadíssimo, após os episódios 4 e 5, que esse iria manter o nível, mas não foi o que aconteceu, é tão verdade que a série essa semana não teve queda de audiência, na verdade cresceu nos espectadores um pouco. Sem contar que não paro de torcer para que a série aconteça, que tragam mais episódios semelhantes aos dois anteriores, pois dada sua audiência, não vejo uma segunda temporada. A impressão geral que tenho de Scream Queens é de uma série que poderia ser sensação do público teen, mas não estão aproveitando o potencial da série, mesmo achando às vezes que nem há algo de tão interessante assim. Dito isso, vamos lá falar sobre o episódio. Por que não teve abertura nesse episódio? #Revoltado

MV5BMTAyMjgyOTU4ODZeQTJeQWpwZ15BbWU4MDIyNDAzMDcx._V1__SX1303_SY571_

Não me interessava nada que envolvesse a história e o legado da KKT, até que Zayday tornou-se co-presidente. Na verdade, nem me enche os olhos essa ideia de irmandade, o que gosto mesmo é da ironia, de algumas interações entre os personagens e das investigações em busca dos assassinos. Mas fico meio confuso às vezes, até porque todo mundo é suspeito nessa história e dado o decorrer desses episódios, não consegui montar nenhuma teoria, a não ser de que Gigi sabe das coisas e que a finada sapatona morreu sabendo quem é o assassino. O que fica piscando no meu consciente é o porquê das mortes, por gosto, vingança?
ps: As pistas que dão nessa porra não dá para fundamentar nada, só sabemos que Boone, Chanel #2, Gigi estão envoldidos e que o assassino conhece bem a mansão kapatosa.

MV5BMTUwNjA1Nzc2NF5BMl5BanBnXkFtZTgwNjM0MDMwNzE@._V1__SX1303_SY571_

Grace é tão entediante, ela devia realizar da vida que é a criança que nasceu na banheira, e esquece de dizer que o assassino deixou-a viver, assim como aconteceu com Chanel nº 5 e Zayday, foram todas poupadas. Por que será? Aí sim algo que me deixa intrigado, consequentemente me deixando um pouco animado pela série. Mas tenho de confessar, não suporto Chad, que personagem insuportável! Oberlin quando está com ele produz cenas exageradamente irritantes, uma bitch mimada com um galinha aproveitador, tão cliche e mesmo que os dialetos entre eles sejam bem verdadeiros, não dá, apenas não consigo. Diferente de Zayday e Earl (com aquele sotaque maravi) que shippo mais que tudo.

MV5BMjM3NDc3MTA2M15BMl5BanBnXkFtZTgwNzM0MDMwNzE@._V1__SX1303_SY571_

Jennifer nesse episódio estava bem presente nesse episódio, até soltou uma: “Eu só vim para cá, porque peidei ali e estava fedendo.” Representou! Quero só ressaltar que Lea Michele tem feito um trabalho incrível com Hester, sendo uma das personagens mais interessantes de toda a trama, trapaceiríssima, fura olho, entre outras atribuições. Fiquei passado que as duas se beijaram, eu hein, nós Gleeks passamos a série toda torcendo para que Rachel e Quinn beijassem e me  vem uma dessa na primeira temporada, valeu pela consideração Ryan Murphy.

347122

O que a festa do pijama trouxe de mais interessante foi só o relacionamento entre Chanel nº 3 e Sam, e o beijo? Gente, passado! Não sei o que dizer, principalmente sobre a #3, só sei que amo gente louca com histórias aleatórias e pessoas assim podem realmente fazer a série acontecer, mas até então nada. O episódio foi finalizando e a esperança de ter algo bombástico e nada, aquele detetive na casa e uma briguinha básica entre Grace e seu pai (sdds Pete) só para tomar tempo. Pior que essas raparigas nem ligam se tem gente morrendo ou não, aproveitaram para dançar um pouco e relaxar a mente. Só Freud explica essa série viu. Espero que traga episódios babados nas próximas semanas.

MV5BMTUwODkwNjc3MV5BMl5BanBnXkFtZTgwMTQ0MDMwNzE@._V1__SX1303_SY571_

Confiram a promo do próximo episódio (que espero e me parece que será babadeiro) e aproveitem para deixar suas opiniões sobre o episódio:

Não deixem de acompanhar as reviews e até a próxima!

nettao

gostou da matéria? deixe um comentário!

Antonio Netto

Estudante de Engenharia Química. Pernambucano engraçado, dono de uma gargalhada única e de um sotaque marcante. Apaixonado por comida, séries, química e cálculos. Até gosta de estudar mas, sempre que pode, está pelo mundo curtindo e falando da vida alheia.


Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu